Coisas que você precisar saber antes de tirar um ano sabático

Como seria a sua vida após voltar de um “ano sabático” cheio de experiências? Como você enfrentaria os problemas? Seus planos continuariam os mesmos?

As pessoas acreditam que só é possível viajar quando estamos de férias ou com grana sobrando, mas estão completamente enganadas.

Viajar não é só para desfrutar, mas também para refletir sobre como você está vivendo.

Por isso, eu resolvi escrever esse artigo para te mostrar quanto custa um ano sabático e sua importância para resolver os problemas da vida de forma criativa.

Confira o que você vai aprender aqui se ler este artigo até o final:

  • O que é um Ano Sabático;
  • Porque é necessário tirar um Ano Sabático;
  • Vantagens x Desvantagens;
  • O que fazer no seu Ano Sabático;
  • Como executar o plano do seu Ano Sabático;
  • Ano Sabático vale a pena: História de transformação.

Muita gente acha que tirar um período sabático é coisa de gente preguiçosa, mas na verdade, sair da zona de conforto é um ato de coragem.

Antes que você descubra se o ano sabático vale a pena, assista ao último episódio da 3ª temporada do programa Porta Afora, apresentado por Fabio Porchat e Rosana Hermann.

1. O que é o ano sabático

O primeiro passo é descobrir qual o real significado de um ano sabático

A primeira coisa que você precisa saber: o ano sabático não é férias. É um momento de reflexão sobre o que você realmente deseja fazer da vida.

O termo surgiu através das tradições do costume judaico, que consistem no dia de descanso para os judeus.

Na bíblia, o ano sabático é conhecido por Shemitá, que na tradução literal do hebraico significa “libertação”.

No Torá, o livro sagrado dos judeus, ano sabático é descrito como a fase de repouso da terra, onde não podia cultivar a agricultura.

Segundo as normas da bíblia judaica, o ano sabático ocorre de sete em sete anos, sendo seis anos de cultivo e um para o descanso e recuperação.

Nota-se um sistema muito parecido nas leis trabalhistas dos judeus, que trabalham seis dias e descansam um.

O período sabático sempre foi considerado como oportunidade de crescimento, mas nos dias atuais poucas pessoas tem ciência da sua importância.

Como diz Luiza Antunes, no blog 360meridianos: "Não é todo mundo que quer isso, ou não é todo mundo que sabe que precisa disso."

Quer saber se você precisa de um ano sabático? Então continue lendo e descubra quanto custa um ano sabático e por que é necessário.

2. Por que é necessário tirar um ano sabático

Por que é necessário tirar um ano sabático?

O intuito não é largar tudo sem pensar, mas esquecer de tudo para pensar em como resolver os paradigmas da vida.

As pessoas acreditam que para resolver os problemas de forma criativa precisamos trabalhar duro sem parar nenhum minuto.

Ao tirar um ano sabático e aprender diversas coisas, poderá tomar as melhores decisões, comunicar-se de maneira mais adequada e desenvolver bons relacionamentos interpessoais.

Quando resolvi tirar o meu ano sabático, eu nem sabia exatamente o que estava fazendo, mas depois de alguns meses comecei a enxergar a vida com mais clareza.

Talvez você ainda seja um funcionário e agora está pensando: “Eu preciso pedir as contas do meu emprego para tirar um ano sabático?”

No Brasil, esse tipo de descanso não tem nenhum apoio trabalhista, mas se você for um bom funcionário talvez consiga convencer o seu chefe.

Por exemplo, Steve Jobs conseguiu tirar um ano sabático na Índia, enquanto ainda trabalhava para empresa de video games Atari.

Como Jobs sempre foi um ótimo profissional, a empresa permitiu que ele ainda tivesse seu emprego garantido quando voltasse.

3. Vantagens e desvantagens do ano sabático

Como tudo na vida tem o lado positivo e negativo, preciso te alertar sobre as vantagens e desvantagens de tirar um tempo para refrescar a mente.

Começando pelas vantagens:

  • Aprender novos idiomas é a melhor parte. Eu, por exemplo, aprendi espanhol em três meses quando estive no Chile.
  • Vivenciar culturas e costumes diferentes do seu, diariamente.
  • Ter mais tempo livre para se dedicar às pessoas que você ama.
  • Conhecer pessoas e fazer amizades inesquecíveis.
  • Ócio criativo: encontrar as melhores soluções, pensando com a mente limpa.

Já as desvantagens:

  • Não ter renda fixa como garantia.
  • Vão te chamar de vagabundo: não entendem por que estará fazendo isso. Eu recomendo que você nem tente explicar, poucos vão entender.
  • Dinheiro curto: tirar um ano sabático é viver com o menos possível.

4. O que fazer no seu ano sabático

O que fazer durante seu ano sabático

A primeira coisa é iniciar o planejamento do seu roteiro, definindo os lugares que você gostaria de ir.

É importante lembrar que isso não será exatamente uma viagem de férias, onde você vai gastar o seu dinheiro nos melhores hotéis.

Muito pelo contrário, o intuito de um ano sabático é fazer você viver um período minimalista.

Vamos combinar, não é todo mundo que tem condições de bancar um ano de hospedagem em hotéis.

Fique tranquilo, porque se você ficar aqui comigo até o final, eu vou te mostrar quanto custa um ano sabático e como você pode reduzir os custos drasticamente sem perder o conforto.

Depois de definir o seu roteiro, é hora de comprar as passagens.

Caso você vá viajar de avião, eu recomendo que você compre as passagens usando milhas, porque assim você pode economizar muito.

Mesmo que você não tenha cartão de crédito para acumular milhas, eu vou te ensinar a comprar com milhas sem ter milhas, é só você continuar lendo.

Agora se a sua viagem for para cidades vizinhas você pode ir de ônibus, que é muito mais barato.

Além de viajar de ônibus, você também pode pegar caronas pagando somente preço de custo.

Depois que você já tiver organizado o seu roteiro e o meio de transporte, é hora de encontrar a hospedagem.

Aqui eu vou te ensinar como você pode tirar o seu ano sabático sem pagar pela hospedagem.

É isso mesmo que você leu, “sem pagar”!

Além disso, também existem formas de você viajar grátis até de avião.

Por exemplo, você sabia que todo cidadão brasileiro tem o direito de voar gratuitamente nas aeronaves da Força Aérea Brasileira?

Para conferir outras dicas para viajar de avião sem pagar, é só solicitar gratuitamente, via Messenger, o e-book: O Viajante Inteligente - O Guia Essencial para Viajar Grátis.

5. Como executar o plano do seu ano sabático

Depois de organizar o cronograma da viagem, é hora de botar tudo em prática e começar as reservas.

Começando pela compra de passagens, para isso você pode usar o site 123Milhas.

123 Milhas

Se você ainda não conhece, esse é o maior site de negociação de passagens aéreas por troca de milhas.

Isso significa que mesmo sem ter pontos você poderá comprar as suas passagens com até 50% de desconto sem precisar de cartão de crédito.

Você lembra que no capítulo anterior eu falei sobre pegar caronas por preços de custo?

Então, para isso tem a plataforma BlaBlaCar, que é um aplicativo criado na europa com intuito de ajudar os viajantes a reduzir custos com combustível.

BlaBlaCar

A pesquisa é muito simples, depois que você realizar o seu cadastro na plataforma e enviar todos os devidos documentos, é só buscar pelo ponto de partida e destino.

Depois você verá todas as oportunidades de pessoas que irão fazer o mesmo trajeto que você, caso algum esteja de acordo com o seu cronograma é só se aplicar.

A parte mais legal do BlaBlaCar é que o pagamento é feito direto para o motorista, não tem nenhum custo para usar o aplicativo. Legal, né?

Além dessas opções, se você tiver até 29 anos pode solicitar um ID Jovem e conseguir viajar de graça.

Agora que você já sabe como executar seu planejamento de transporte de forma econômica, é hora de buscar as hospedagens.

A ferramenta que vamos usar para realizar essa busca será a própria Worldpackers. Aqui você vai se aplicar para os inúmeros intercâmbios de trabalho pelo mundo.

Continue lendo para descobrir 3 lugares incríveis ao redor do Brasil para você fazer intercâmbio de trabalho no seu ano sabático.

1. Manejamento de agrofloresta em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.

Manejamento de agrofloresta em São Gonçalo

O Sítio Pedagógico Folhas Tenras, no Rio de Janeiro, se caracteriza como um centro de aprendizagem e conhecimento, o qual fomenta e desenvolve diversas atividades que buscam proporcionar ao ser humano a conscientização, a sensibilização, como também um sentimento de pertencimento a uma comunidade global em prol de um futuro regenerativo e sustentável.

2. Educação de crianças em Itacoatiara, Manaus, Brasil

Educação de crianças em Itacoatiara

A Escolinha Itacoatiara, em Manaus, é uma casa colorida em um bairro simples onde apenas os viajantes ficam e ensinam as crianças do bairro.

Na Escolinha você pode ensinar o básico do Inglês ou outro assunto que você conheça como matemática, pintura, espanhol, música, jogos, esportes ou o que você acha que faz sentido!

Os voluntários têm que organizar suas aulas totalmente sozinhos.

3. Reparos gerais em Porto Seguro, Bahia, Brasil

Reparos gerais em Porto Seguro

O Projeto Gatinho Zen, em Porto Seguro, é uma ação destinada aos gatos de rua de Arraial d'Ajuda, aprimoramento humano e cultura de paz.

O projeto é tutor de 18 gatos resgatados (todos castrados) e que hoje vivem juntos no local.

O voluntário poderá ajudar pintando e criando artes nas paredes e no espaço, ajudar a manter a grama cortada e eventuais reparos.

Agora, pra fechar com chave de ouro, vou contar a minha história de transformação durante um ano sabático, confira a seguir:

6. Uma história de transformação

História de superação

Sabe quando você chega naquele momento da vida que já não aguenta mais? Viver da mesma forma. Se relacionar com as mesmas pessoas. Comer a mesma comida.

Eu tinha enjoado disso. Tinha enjoado da minha vida mecânica e sistêmica. Não aguentava mais viver dentro de um condicionamento social.

Foi aí que eu resolvi seguir meus impulsos: largar tudo e começar a viajar.

Comecei indo ao México, isso no início de 2017, um momento de conflito nas fronteiras por causa do novo governo de Donald Trump. Isso resultou na minha deportação, ainda dentro do aeroporto, sem qualquer justificativa lógica.

Minha frustração foi tamanha que resolvi ir para Florianópolis, já que a imigração mexicana me mandou de volta.

Viajei por oito meses pelo Sul do Brasil, depois passei mais três meses no Chile.

Esse tempo de viagem me fez aprender muita coisa e refletir mais sobre os trabalhos que eu exercia para ganhar a vida.

Durante esse tempo de viagem eu resolvi fazer alguma coisa, então criei o projeto Vivendo de Viagens, para ajudar pessoas que desejam viver viajando, profissionalmente ou esporadicamente, de forma econômica.

Meu ano sabático me fez enxergar o mundo com outros olhos e hoje eu consigo viver do estilo de vida viajante. 


B5e32b768e637f658243e86eeb484fa9

Maicon, da Vivendo de Viagens ✈️

Sou um Nômade Digital desde 2013, desejo ajudar você a viajar melhor, mais barato e ainda ganhar ...

+ Ver mais

Set 16, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Maicon, da Vivendo de Viagens ✈️ saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor