5 atrações que você tem que conhecer na sua viagem para Bonito

Meu voluntariado me deu a chance de conhecer uma das regiões mais belas do nosso Brasil. Nesse artigo dou algumas dicas do que conhecer em uma viagem para Bonito.


Cd3cfc30cc31a9907ff66c4ba05ba852

Aline Fernanda

Travel blogger - www.clicknaviagem.com.br | Writer | Explorer | Photographer | Nature Lover

Nov 01, 2018

Voluntária em viagem para Bonito

Bonito leva em seu nome um dos adjetivos mais usados por centenas de turistas do mundo todo que visitam os atrativos da cidade e da região anualmente.

Localizada no Estado do Mato Grosso do Sul, a cerca de 300 quilômetros da capital Campo Grande, a pequena cidade faz parte do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, junto com os municípios de Jardim, Guia Lopes da Laguna e Bodoquena, que se sustentam basicamente do ecoturismo e do artesanato.

A fauna e a flora são riquíssimas e proporcionam ao visitante experiências de contato com a natureza que vão além da simples observação. 

A cidade é movimentada o ano todo, mas fica bem cheia em feriados e período de férias escolares. Nestas datas os valores dos passeios estão sujeitos a alterações, podendo ficar até 30% mais altos. 

Os melhores meses para passeios de flutuação, uma das modalidades mais procuradas em Bonito, são os meses entre maio e setembro, já que não chove tanto na região. No período de dezembro e março são as cachoeiras e os campos que ficam cheios de vida, considerando o volume maior de chuvas. Para quem está preocupado com a temperatura da água, no inverno ela é mais fria sim, mas os atrativos fornecem roupas de neoprene adequadas e todos os equipamentos necessários para proporcionar ao visitante uma ótima experiência.

Os ingressos para visitação só podem ser adquiridos em agências habilitadas que estão espalhadas pela região. Os preços são tabelados pelo governo municipal e os vouchers são emitidos através de um sistema específico, onde o órgão consegue fazer o controle inclusive do número de visitantes, para que os passeios não descumpram com as regras de conservação ambiental adotadas.

Os locais a serem visitados ficam em regiões mais afastadas e é necessário algum meio de transporte para deslocamento. O Balneário Municipal é o atrativo com preço mais acessível e o mais próximo da área central de Bonito, fica a seis quilômetros de distância e dá para fazer o percurso de bicicleta. Para os demais casos recomendo o transporte compartilhado em vans, adquirido nas agências no momento da compra dos passeios. Cheguei a utilizar moto táxi em algumas oportunidades também, mas apenas nos trechos com menos de 15 quilômetros. Vale lembrar que muitas estradas da região são de terra e após fortes chuvas algumas delas ficam escorregadias e com muita lama.

É importante ressaltar que a maior parte dos atrativos tem número limitado de visitantes e quem for passar pouco tempo na cidade precisa se programar com antecedência, especialmente se estiver planejando a viagem para um dos períodos de maior procura.

São muitas atrações turísticas na região, mas relacionei algumas que tive a oportunidade de conhecer e super recomendo a quem estiver voluntariando na cidade.

Confira 5 atrações para não deixar de conhecer  durante sua viagem para Bonito:

1. Arvorismo

Fiz o arvorismo no Hotel Cabanas, próximo à área central de Bonito, onde também são oferecidos outros tipos de atividades como boia cross, caiaque e trilhas. O circuito de arvorismo leva em média uma hora e meia para ser concluído e para quem gosta de altura, como eu, é uma experiência bem bacana, já que alguns pontos ficam a 15 metros do chão. 

Os 18 obstáculos são de nível moderado e o percurso é acompanhado por profissionais preparados que dão o suporte necessário. Também são utilizados todos os equipamentos de segurança exigidos para este tipo de atividade. O último obstáculo do circuito, e parte mais refrescante do passeio, é uma tirolesa que só para quando o visitante toca as águas do Rio Formoso.


Viagem para Bonito - Tirolesa

2. Balneário Municipal

O Baneário Municipal é um lugar muito agradável, arborizado e com boa estrutura, oferecendo restaurantes, banheiros, locais para prática de esportes, áreas para descanso e estacionamento. No Rio Formoso, que corta o Balneário, o visitante pode fazer flutuação e mergulho livre (snorkel) enquanto interage com as piraputangas, peixes que podem chegar a 50 centímetros de comprimento.


Viagem para Bonito - Balneário Municipal 

3. Boca da Onça

Muito indicado para quem curte trilhas e cachoeiras! A Fazenda Boca da Onça fica na cidade de Bodoquena, onde já se tem uma vista sensacional do Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Fiz o passeio que passa pelas cachoeiras e piscinas naturais da fazenda, com percurso de quatro quilômetros, com paradas para banho e degraus, que se somados, chegam a 3.000. Na fazenda fica também a maior cachoeira do estado, com 156 metros de altura.


Viagem para Bonito - Boca da Onça

4. Gruta do Lago Azul

Uma das mais belas cavernas alagadas do mundo, este atrativo é o principal cartão postal de Bonito, e não é a toa que leva o título. A Gruta do Lago Azul é um lugar mágico e grandioso que impressiona a todos os visitantes. O passeio tem duração curta, pelo fato de ser um dos mais procurados, mas a vontade e de passar horas contemplando a beleza e sentindo a energia do lugar.


Viagem para Bonito - Gruta do Lago Azul

5. Nascente Azul

Este foi o último atrativo que conheci, mas um dos que mais gostei. Fui até a Fazenda com uma amiga de Campo Grande, que conheci durante voluntariado na Ilha de Malta, e passamos um dia muito agradável, já que o local dispõe de restaurante, áreas para descanso e caminhada em meio a natureza exuberante da região e piscinas naturais. Fizemos a flutuação na Nascente Azul, que como o próprio nome diz, é uma nascente de águas cristalinas onde se encontra uma grande variedade de peixes e vegetação. O passeio é simplesmente demais!

Extra: Abismo Anhumas

Sim, este é o passeio mais caro de Bonito, mas eu não poderia deixar de falar dele.

A experiência é simplesmente sensacional e tive o privilégio de conseguir um bônus na época, então acabei pagando menos de 17% do valor total do atrativo. 

Resumindo, o Abismo Anhumas é uma das maiores cavernas inundadas do mundo e para chegar ao seu interior é preciso fazer um rapel de 72 metros de altura. 

Dentro da caverna é feita a flutuação nas águas claras que chegam a 80 metros de profundidade, enquanto são observados os cones de calcário submersos, alguns deles com aproximadamente 20 metros de altura. 

Para sair da caverna o limite mental e corporal são testados, pois é feita a ascensão pelo mesmo local onde se entra na caverna, ou seja, é necessário subir os 72 metros em movimentos que envolvem braços, pernas, abdômen e exigem concentração. 

Costumo dizer que o passeio tem um valor justo, considerando o preparo dos profissionais, os equipamentos utilizados e o misto de emoções proporcionado aos que decidem viver essa aventura.


Viagem para Bonito: Abismo Anhumas

Bonito estava na minha lista de destinos a serem visitados desde a primeira vez que ouvi falar do lugar e sem dúvida minhas expectativas foram totalmente superadas. 

Em minha viagem para Bonito tive a chance de conhecer alguns dos melhores e mais belos atrativos da região, vivi uma experiência muito bacana no meu voluntariado no São Jorge Pub Hostel & Agência, consegui muitos descontos e cortesias em passeios em Bonito, fiz amigos para a vida toda e, especialmente, me diverti muito durante todos os 30 dias na cidade!

Confira as oportunidades de voluntariado em Bonito e aproveite para conhecer as belezas naturais da região Centro-Oeste do Brazil.



Cd3cfc30cc31a9907ff66c4ba05ba852

Aline Fernanda

Travel blogger - www.clicknaviagem.com.br | Writer | Explorer | Photographer | Nature Lover

Nov 01, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Aline Fernanda saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor