Cancelamento de viagens na pandemia: como contornar essa situação?

Além do problema econômico, a saúde mental de quem teve a viagem cancelada é uma das maiores responsabilidades das empresas em tempos de pandemia.

5min


412ce93f0d4edde2449c03a61b5b22f8

Lisiane

Set 22, 2020

Historiadora e jornalista, resolvi dois meses antes de completar meus 30 anos, partir para uma aventura de um ano. Deixando de contar apenas as hi...

viagem cancelada pandemia

No mês de março, com a chegada da pandemia no Brasil, 85% das viagens que estavam marcadas para os dias, semanas e meses seguintes tiveram que ser canceladas, por causa dos sérios riscos à saúde causados pelo novo coronavírus, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Agência de Viagens- Abav. 

Naquele período, voos internacionais sofreram maior impacto e a demanda por voos domésticos caiu significativamente, principalmente com o fechamento de algumas fronteiras entre estados e países, além de várias outras restrições.

Por sua vez, as plataformas de e-commerce voltadas para vendas de pacotes de viagem, hospedagens e passagens aéreas também tiveram uma queda de 63% nos sete primeiros meses deste ano por conta da pandemia no Brasil.

Em agosto, o Conselho Mundial de Viagens e Turismo fez uma previsão de até 197 milhões de empregos perdidos no mundo todo e um prejuízo estimado de 5,5 trilhões no PIB global devido aos impactos da pandemia no setor de turismo.


viagens canceladas coronavirus

A frustração de não poder viajar na pandemia

Compromisso, férias, sonho, entre tantas outras palavras para definir o motivo dos planos feitos com antecedência para aquela viagem que teve de ser cancelada por causa da Covid-19. Uma realidade mundial e de emergência que milhares de pessoas estão tendo que passar, mais que isso, saber lidar com problemas intermediários, entre eles o cancelamento de viagens, que tem gerado impacto no bolso e no emocional de quem tinha planos.

Poder adiar a viagem ainda possibilita ter um tempo respirar e repensar os planos para os próximos meses, mas aqueles que tiveram que cancelar terão que ir atrás de seus direitos. De acordo com recomendações dos órgãos ligados aos direitos dos consumidores, essa é uma situação que requer medidas diferentes do que as que são tomadas normalmente em casos de cancelamentos feitos por clientes, já que nesse caso se visa o bem comum e a saúde de todos.

Como lidar em casos de cancelamento de viagens na pandemia?


viajar na pandemia

De acordo com a Secretária Nacional do Consumidor - Senacom, para viagens marcadas até o final de maio, para países atingidos pelo coronavírus, os clientes têm direito a receber o reembolso mesmo se o cancelamento partir dele. As companhias aéreas nestes casos estão sendo bem flexíveis, mesmo com a alta demanda de pedidos de cancelamentos nas últimas semanas e garantindo a devolução do valor investido aos clientes.

1. Faça contato e tente reembolso

É importante que contato para remarcação ou cancelamento de passagens aéreas seja pelo mesmo canal utilizado na hora da compra. Se comprou em alguma agência de viagens física, entre em contato por telefone com seu agente. Se foi pela internet no site da empresa aérea, cancele através da plataforma. Assim será mais fácil ter uma resposta direta e eficaz, além de impedir que fique passando de um atendente para outro.

2. Acione órgãos competentes

Se não tiver um retorno positivo ou ter algum tipo de problema que o faça sentir prejudicado em uma negociação direta, após o primeiro contato para tentar o cancelamento sem multa, o ideal é acionar de imediato órgãos de direito do consumidor como o Procon do seu estado.

3. Sem prejuízos

Em relação às hospedagens, algumas empresas como Airbnb, Booking e Decolar estão garantindo cancelamento gratuito para quem fez a reserva em períodos específicos. Alguns hotéis e hostels também estão sendo flexíveis diante da situação atual e garantindo cancelamentos sem custos, basta entrar em contato e ver se essa possibilidade está disponível no lugar onde você fez reserva.

Já na Worldpackers, alguns planos estão incluindo seis meses a mais na anuidade para compensar esse período em que viajar se tornou bem mais difícil.

Além de lidar com detalhes burocráticos e com a enxurrada de informação sobre a pandemia que não param de ser disparadas a todo instante em todos os meios de comunicação, é preciso saber lidar também com a frustração por não ter os planos alcançados e as expectativas atendidas. Outro problema que merece a atenção devida. 

Por isso, reunimos algumas dicas que podem ajudar a cuidar da sua saúde mental em tempos de pandemia.


saúde mental em tempos de pandemia

Transformando frustração em aceitação

O sentimento de frustração surge quando algo esperado não acontece, criamos expectativas e nos sentimos impotentes quando a realidade mostra exatamente o contrário. Isso está acontecendo com aqueles que planejaram viagens por meses ou até anos e agora tem que lidar com os anúncios de voos cancelados.

O desânimo e a decepção são consequências da frustração que podem causar desestruturação emocional. Para que isso não ocorra é importante aceitar o que está acontecendo, entender os motivos para a frustração e usar isso ao seu favor de alguma forma, neste caso preservando a sua saúde. 

E quando tudo isso passar não tenha medo de tentar novamente e planejar uma nova viagem, provavelmente vai fazer tudo com menos expectativas e tendo mais certeza do que busca.

Tenha um novo foco na pandemia

Não fique remoendo o que te trouxe frustração, principalmente porque ela não foi culpa sua, então treine a sua resiliência e encontre algo positivo para investir suas energias. Sua viagem cancelada pode abrir espaço para planejar outra, mais alinhada com seu momento atual. Essa situação vai mudar! 

Que tal começar a rever algum projeto que estava sendo adiado? Busque coisas novas e aproveite o período de isolamento imposto para barrar a contaminação pelo coronavírus e seja útil ajudando outras pessoas ou organizando a sua vida.


pandemia no brasil

Filtre informações e controle a ansiedade

Manter a saúde mental é um desafio que precisa ser levado a sério. Em tempos como o que vivemos, mesmo sendo seres sociais, temos que nos isolar pelo bem comum. Então faça isso de forma saudável e evite especulações ou fake news que geram preocupação e ansiedade, busque fontes confiáveis para se atualizar dos fatos.  

Estabeleça uma rotina em casa e tenha um espaço organizado para trabalhar ou estudar, isso é fundamental para que tenha uma rotina produtiva e se sinta inspirado para fazer novos planos.

Busque ajuda e apoio

Se não conseguir lidar com a frustração da viagem cancelada, tristeza e ansiedade provocadas pela soma de tudo o que está acontecendo atualmente, não pense duas vezes e busque apoio

Na internet vai encontrar psicólogos e terapeutas que estão oferecendo atendimento gratuito online para que possa ter um profissional para expor o que te incomoda e assim ter mais qualidade de vida durante o período de isolamento.

Lembre-se de que tudo isso vai passar e por mais que projetos tenham sido adiados ou cancelados, o importante é focar na solução dos problemas e sempre ter em mente que novos planos podem ser feitos a qualquer momento. 


412ce93f0d4edde2449c03a61b5b22f8

Lisiane

Set 22, 2020

Historiadora e jornalista, resolvi dois meses antes de completar meus 30 anos, partir para uma aventura de um ano. Deixando de contar apenas as hi...


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor