Quer uma passagem de até US$500 grátis?
Envie sua resposta até 31/07 e tenha a chance de ser premiado.

12 coisas para fazer sozinha no dia a dia: divirta-se na sua própria companhia

Descubra neste texto diversas opções de coisas para fazer sozinha e confira dicas para começar a viajar em sua própria companhia!

Bárbara Nicoli

Set 25, 2023

6min

coisas-para-fazer-sozinha

Ter pessoas queridas por perto é incrível; relações saudáveis são essenciais para a felicidade. No entanto, um bom relacionamento consigo mesma também importa. Afinal, nem sempre teremos companhia. Por isso, fiz uma lista com 12 coisas para fazer sozinha diariamente. 

A experiência de passar um tempo consigo mesma pode ser uma grande autodescoberta, além de ser essencial para o nosso bem-estar emocional e mental. E não estamos falando de nada extraordinário. Você pode encontrar um novo hobby em atividades simples do dia a dia, como as que você vai conhecer no texto a seguir. Confira!

Veja também: 

12 coisas simples para fazer sozinha no dia a dia



Quando estamos sozinhas, conseguimos refletir sobre a nossa vida, pensar no presente e no futuro, ter insights e estimular a nossa criatividade. Por isso, é tão importante dar valor a esses momentos. Existem várias coisas para fazer sozinha e aproveitar a solitude. Aqui vão algumas opções:

1. Começar um novo hobby

Iniciar uma atividade diferente é uma maneira de focar nos seus interesses, de adquirir novas habilidades, de passar o tempo e de descobrir novas coisas para fazer sozinha. 

Pode ser aprender a tocar um instrumento, fazer uma pequena horta, cozinhar pratos típicos de outras regiões ou até mesmo se aventurar na arte da cerâmica. A jornada de aprendizado é estimulante e pode abrir portas para novas paixões.

2. Ver séries e filmes

Nada como se perder em uma boa série ou filme para uma escapada mental. Faça maratonas de suas séries favoritas ou explore diferentes gêneros de filmes. É uma ótima maneira de relaxar e se divertir sozinha.

3. Ir a um restaurante legal

Não é por que estamos só, que não podemos ir a um restaurante legal. Escolha um restaurante que você sempre quis experimentar, peça seus pratos favoritos e aprecie a refeição sem pressa.

Ir a um restaurante sozinho é uma oportunidade valiosa para se reconectar consigo mesmo e explorar seus gostos pessoais de maneira única.

4. Passar horas em uma livraria ou biblioteca

Se você é um amante de livros, uma livraria ou biblioteca é um paraíso. Passeie pelos corredores, explore as prateleiras, folheie os títulos intrigantes e mergulhe em mundos literários diferentes. É um refúgio tranquilo que permite que você se perca nas palavras e na imaginação.

5. Ir ao cinema

Escolha um filme que você esteja ansiosa para ver, compre pipoca e outras guloseimas, e aproveite a telona do cinema. Ao invés de adiar essa experiência até encontrar companhia, abrace a oportunidade de desfrutar do filme no cinema do seu jeito.

6. Passear na sua cidade como se fosse turista

Redescubra os encantos de sua própria cidade explorando-a como um turista. Visite pontos turísticos, desfrute de cafés aconchegantes, relaxe em parques e explore bairros históricos que possivelmente tenham passado despercebidos em sua rotina.

7. Fazer compras sem pressa

Reserve um tempo para fazer compras sem a pressão do relógio. Entre em lojas, galerias e mercados locais. Experimente roupas, escolha presentes especiais para você ou para outros e aproveite o seu tempo livre para fazer compras de maneira relaxada.

8. Escrever em um diário

Mantenha um diário para registrar seus pensamentos, sentimentos e experiências. Escrever é uma forma terapêutica de se expressar e refletir sobre a vida. Além disso, ao reler suas escritas, você pode acompanhar seu crescimento ao longo do tempo e relembrar de momentos esquecidos na memória.

9. Cozinhar

Ao explorar coisas para fazer sozinha, a cozinha se torna um refúgio de possibilidades infinitas. 

Desperte a chef que há em você e prepare refeições deliciosas. Experimente receitas novas ou coloque um toque pessoal em pratos clássicos. Cozinhar é uma forma criativa de se expressar e, no final, você ainda desfruta de uma comidinha gostosa.

10. Caminhar ou pedalar pela cidade

Movimente-se sem grandes metas e desafios. Aproveite para explorar a sua cidade a pé ou de bicicleta. Faça isso escutando seu podcast favorito ou uma playlist animada. Além de exercitar o seu corpo, você vai relaxar a sua mente! 

11. Escutar música

Tire um tempo para escutar as suas músicas favoritas e aproveite que está sozinha para cantar e dançar. Ouça aquele estilo musical que você deixou de lado, sabe-se lá o porquê. E explore também novos artistas e ritmos!

12. Viajar

Viajar é uma das melhores coisas para fazer sozinha. Planeje uma viagem num final de semana ou nas suas férias e tenha essa experiência! É uma oportunidade incrível de conhecer novas culturas e lugares, além de ser uma boa dose de aventura.

Para te ajudar a começar essa aventura solo, reunimos algumas dicas valiosas para você embarcar em uma viagem sozinha. Confira a seguir!

Dicas para começar a viajar sozinha



Depois que você fizer a sua primeira viagem sozinha, perceberá o quão gratificante é se aventurar por aí na sua própria companhia. A liberdade de explorar novos destinos e culturas sem companhia é uma oportunidade única para se conectar consigo mesma e com o mundo ao redor. Confira algumas dicas:

  • Comece planejando uma viagem curta, como passar um final de semana numa cidade próxima. Isso não vai demandar muito do seu tempo e você vai se sentir segura por estar perto de casa.
  • Pesquise um hostel com boa avaliação para se hospedar. É o melhor tipo de hospedagem para viajantes que estão sozinhos, pois possuem ambientes compartilhados ideais para a interação entre os hóspedes e troca de experiências.
  • Não fique paranoica com a questão da segurança. Claro que não podemos deixar de lado alguns cuidados básicos, mas acredite: existem muito mais pessoas boas do que más por aí. O mundo não é aquele horror que vemos na televisão.
  • Embarque com a mente aberta e enfrente as novidades com uma atitude positiva. Experimente coisas novas ao invés de recusá-las e não julgue os costumes dos outros por ser diferente dos seus. Viajar com a mente aberta é essencial e faz com que você se adapte em qualquer lugar do mundo.

Leia mais sobre viajar sozinha:

Faça um voluntariado pela Worldpackers



E aqui vai a melhor dica para viajantes solo: A plataforma da Worldpackers é a maneira ideal para começar a viajar sozinha. Primeiro, porque você nunca estará verdadeiramente sozinha, a menos que queira. Geralmente, há outros voluntários, funcionários e hóspedes com os quais você pode interagir, passear e até preparar refeições juntos.

Há vários tipos de anfitriões na comunidade e você escolhe o que mais combina com o seu estilo. O voluntariado pode ser feito em hostels, ecovilas, surf camps, centros holísticos, colivings, sítios de permacultura, entre tantos outros.

A plataforma está presente em mais de 140 países, ou seja, você pode até mesmo ir pro outro lado do mundo sozinha! E sabendo que lá você vai ter um anfitrião lhe esperando. Cada vaga tem suas próprias características e tudo é acordado previamente entre o voluntário e o anfitrião.

Você ajuda o anfitrião com algumas horas de trabalho por semana e recebe em troca a acomodação e outros benefícios. Existem vagas de curta e de longa duração, então você pode fazer um voluntariado nas suas férias do trabalho mesmo ou pode tirar um ano sabático e passar mais tempo em cada lugar.

Outra coisa legal da plataforma é que ela possui seguro e suporte, então caso você tenha que interromper a sua experiência por algum desacordo com o anfitrião, a equipe da Worldpackers lhe ajuda a encontrar um novo voluntariado. E reembolsa despesas com acomodação, caso seja necessário.



Você tem mais alguma sugestão para acrescentar na lista de coisas para fazer sozinha? Deixa aqui nos comentários! E se você gostou dessas dicas, siga as redes sociais da Worldpackers para acompanhar as novidades: estamos no Instagram, no Tiktok e no YouTube!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor

Mais sobre esse tema