Como economizar 40 Euros por dia em Granada

Pensamos em viagem e logo imaginamos os gastos e na quantidade de dinheiro que precisaremos, isso é sem dúvida uma das principais preocupações. Mas você já pensou que, ao invés de nos preocuparmos tanto com os gastos, é possível economizar e muito enquanto viajamos?


Be64e59a32080edd6d2b898ea947d20c

Nathália

Doing and sharing an alocentric tourism, because I believe that tourism make a better world and a...

+ Ver mais

Set 13, 2018

Compartilho minha experiência economizando pelo menos €40,90 por dia viajando pela Espanha, em uma das cidades mais mágicas, que tem o monumento mais visitado de todo o país e que, pela segunda vez consecutiva, foi eleita a melhor cidade para se visitar no mundo – Granada.

A cidade eu já tinha em mente há anos, queria muito conhecer Granada. A escolha do local até foi fácil, dessa vez queria estar mais no centro, um local que me possibilitasse fazer tudo caminhando e ali tinha o Lemon Rock.

Além de oferecer a hospedagem, tinha duas refeições inclusas e uma das avaliações me chamou atenção, opções vegetarianas e veganas. O receio então ficou por conta de estar em um hostel, quarto compartilhado, falta de privacidade e muita festa.



Mas vamos para o que de verdade interessa, ECONOMIA!

  • Hospedagem – a diária no Lemon Rock custa em média €18.
  • Alimentação – em Granada é possível tomar um café da manhã por €3.

No almoço sempre encontram-se restaurantes com um menu de pelo menos €9,90, no Lemon Rock custa €12,90.

O jantar normalmente fica por conta das famosas “tapas” de Granada, geralmente as pessoas saem para tomar alguma coisa e junto com a bebida acompanha um aperitivo (tapa) muito bem servido. Em média o custo sai a €10 e por sorte assim que cheguei no Lemon me informaram que o jantar também estava incluso. Portanto, economizava com o básico (hospedagem e alimentação) por dia pelo menos €40,90.

  • Diversão – Lemon Rock é um hostel com um bar bastante famoso na cidade, ou seja, a diversão é sempre garantida. Todos os dias tem algum show, músicas de boníssima qualidade que vão do blues ao rock garagem. Tive a oportunidade de ver de perto shows incríveis que custavam em média €20 e para mim o custo era zero.


Em Granada tem diversas opções para fazer “free tours”, a de caminhar sem rumo pela cidade é uma excelente escolha para encontrar muita diversão e paisagens “impactantes” que mudam todo o tempo. Na Alhambra (o monumento mais famoso da cidade) é possível fazer algumas partes de graça.

Tive ainda a oportunidade de presenciar a Semana Santa, uma festa digna de respeito que também já foi eleita como a mais espetacular do país, o povo toma conta das ruas com procissões, é incrível! E depois ainda a festa de Corpus Christi, que é uma celebração à primavera cheia de cultura andaluz.

Além disso, ainda conheci gente de todo o mundo no hostel, fiz amigos para a vida e todo aquele de receio de estar em um quarto compartilhado, falta de privacidade e excesso de festa se transformou em uma grata experiência.

Por mais incrível que possa parecer, eu aprendi a falar espanhol. Não estou falando de algumas poucas palavras, eu me comunico em espanhol de verdade, sou capaz de me expressar e nem precisei pagar um curso, ou seja, ainda economizei uma nota!

Depois pouco mais de um mês em Granada te digo com segurança viajar é economizar!!!


Be64e59a32080edd6d2b898ea947d20c

Nathália

Doing and sharing an alocentric tourism, because I believe that tourism make a better world and a...

+ Ver mais

Set 13, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Nathália saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor