Categorias

Como escolher o intercâmbio ideal na Worldpackers

Para encontrar a oportunidade ideal de voluntariado na Worldpackers, você pode seguir esses dois simples passos: criar um perfil completo que destaque suas experiências e buscar anfitriões que têm a ver com o que você busca para sua viagem.


A94de3575f30c71e99546aa33cc4add7

Josane

Two years ago I left Brazil to live around the world. After I've been to Colombia for 6 months, n...

Jul 11, 2018

Escolher a oportunidade certa é meio caminho andado para uma ótima experiência

Desde que voluntariei pela primeira vez pela Worldpackers, me dei conta do quão importante é saber fazer as escolhas corretas sobre onde e como voluntariar de acordo com o seu estilo.

Tive essa experiência três vezes e, somente na quarta, depois de alguns equívocos no meio do caminho, finalmente acertei em cheio.

Isso porque, por mais legal que seja o lugar e o anfitrião que vai receber você, se o tipo de trabalho ou a localização (entre outros fatores) não combinam com seu estilo de vida e também com seu propósito de viagem, poderá ter muitas frustrações nas suas experiências.

Nesse artigo, vou compartilhar o processo que usei para encontrar a minha anfitriã atual pela Worldpackers, um hostel maravilhoso na costa espanhola.

Antes mesmo de escolher a melhor oportunidade para você, é importante saber como usar o site (ou app pelo celular) da Worldpackers, para conseguir se apresentar bem e poder se conectar com os anfitriões para oportunidades de trabalho voluntário.

Aos marinheiros de primeira viagem nessa aventura, aqui vão umas dicas práticas de como fazer parte dessa incrível comunidade que está conectando um montão de gente pelo mundo afora. 

1º passo: crie um perfil que destaque seu propósito de viagem e seus talentos

1. Preencha as informações pessoais

  • Coloque seu nome ou o nome como você é conhecido e prefere ser chamado (apelido). Evite criar nicknames como de contas de instagram ou e-mails. Tenho visto algumas pessoas que fazem isso e acho que não ajuda a apresentar você para que o anfitrião te conheça melhor.
  • Também indique o país de onde você é e a cidade em que está no momento. Essa última você pode mudar cada vez que viaja para um lugar diferente, assim fica mais fácil saber por onde anda no momento.
  • Por último, coloque também sua idade, pois há oportunidades para diferentes idades e assim é possível ver para qual delas você se encaixa. Uma informação a ser lembrada é que é obrigatório ser maior de idade para ser um Worldpacker.

2. Adicione foto de perfil e descrição

  • Na dúvida de qual foto escolher, é sempre melhor uma selfie, para que o anfitrião possa ver você melhor, ou uma em que você esteja interagindo com algo que faz parte da suas especialidades, como cozinhar, ensinar ou preparar bebidas, por exemplo.
  • Na descrição, escolha um título e um resumo que definem quem é você, o que você faz ou o propósito de sua viagem. Não esqueça de indicar sua especialidade de trabalho, as datas que pretende viajar e o itinerário de onde deseja ir.

3. Adicione seus idiomas, habilidades e fotos de viagens

  • Importante sinalizar os idiomas que você fala e o nível de cada um, especialmente para quem quer fazer viagens internacionais, a maioria das oportunidades exige no mínimo nível intermediário de inglês ou da língua falada no país.
  • Da mesma maneira, é importante indicar suas habilidades. Mesmo que você não tenha experiência nenhuma, demonstre interesse em qual delas gostaria de aprender.
  • Conte um pouco da sua história, experiências de vida ou profissionais. Quanto mais informações você der, melhor será para anfitrião te conhecer e encaixar na oportunidade ideal.
  • Publique fotos suas, de suas experiências de viagens, coisas que represente um pouco de você. Mesmo que nunca tenha viajado antes, com certeza cada vez que você saiu de casa foi uma viagem na sua própria cidade. Compartilhe esses momentos!

Deixo aqui meu perfil na Worldpackers para te ajudar a construir o seu. 

Um bom perfil ajuda muito na hora de escolher a oportunidade ideal e ser aceito

2º passo: como encontrar a oportunidade ideal

Antes de saber das oportunidades que cada anfitrião oferece, é preciso saber o que você deseja. Cada vez mais, vejo como essa é a principal preocupação de muitos que me procuram para tirar dúvidas por aqui.

Já me mandaram mensagens para saber o que perguntar ao anfitrião e minha resposta é bem clara: pergunte a si mesmo o que precisa e se dará conta do que deve saber dele.

1. Já pensou no propósito da sua viagem?

Quando eu decidi viajar, meu plano era bem claro: queria morar na Espanha. Já havia vivido seis meses na Colômbia, gostaria de dar continuidade às práticas do meu espanhol e ao mesmo tempo seguir com meu trabalho como nômade digital.

Isso me ajudou muito a encontrar oportunidades em que o número de horas semanais eram compatíveis com meu trabalho, assim como estar em contato com espanhóis nativos diariamente para poder praticar o idioma.

Então pense bem no que quer e quais são as suas necessidades. Quer viajar porque vai fazer um ano sabático? Deseja morar mais tempo em cada cidade? É só um curto período de férias, ou vai fazer mochilão e quer conhecer muitos lugares? O foco é aprender idioma? Quer ajudar outras pessoas como voluntário social?

2. Que lugar faz o seu estilo?

Minha primeira experiência como voluntária não foi muito boa. O lugar era incrível, a anfitriã super generosa, o trabalho bem tranquilo, mas a oportunidade não atendia às minhas expectativas pelo meu estilo de vida e rotina que oferecia, por ser em uma região um pouco longe da cidade.

Explico: sou uma pessoa muito urbana, detesto praia e calor, montanha, viagens de aventuras com mais contato com a natureza (não me julguem!). Quando não posso estar em grandes centros, ao menos fico em cidades onde eu possa ter acesso a tudo e conhecer mais pessoas.

Além disso, meu trabalho para o Brasil é sempre nos dias úteis e só tenho os fins de semana livres para aproveitar. Então, se sou voluntária também no fim de semana em um lugar que é distante, acabo não me divertindo, nem conhecendo gente, por não ter tempo de ir de um lugar a outro.

Depois de bater muito a cabeça, finalmente encontrei o lugar ideal para mim na Espanha: sou voluntária somente no período da manhã (o que é ótimo porque o Brasil ainda está dormindo a essa hora). Tem praia mas é urbano e não faz muito calor no verão, posso praticar meu espanhol, conhecer pessoas e ter fácil acesso à cena cultural da cidade.

E ainda é um clima de casa, um verdadeiro lar. Tudo tranquilo, para poder viver e trabalhar sossegada, sem aquele ambiente de zona e festa o tempo todo, como na maioria dos hostels. Se você procura diversão dentro de casa, por exemplo, já sabe que esse onde estou não é o seu perfil.

Pergunte a si mesmo, o que faz mais seu estilo? Prefere praias lindas e o sol queimando? Pode tentar lugares como Malta. Sua habilidade é fazer bons drinks e quer aprender inglês? Esta oportunidade aqui na África do Sul pode ser a sua cara. É vegetariano, ama o Rio de Janeiro e manja de fotografia, que tal esta?

Ou ainda pode escolher ao que se refere à atmosfera do lugar: festa, retiro espiritual ou meditação, ambiente mais família, prefere contato com a natureza, ou é de metrópoles como eu? Na Worldpackers há opções para tudo: montanha, neve, esportes de aventura, artes, entre muitos outros.

3. Quais são as suas habilidades e o que gosta de fazer?

Outra coisa importante a considerar é o que você sabe fazer de melhor ou mesmo o que tenha muita vontade de experimentar. Isso já vai diminuir muito a chance de qualquer frustração no meio do caminho. Eu, por exemplo, como sou muito comunicativa, tenho voluntariado mais em recepção de hostels.

Outra coisa, você pode fugir do óbvio e adaptar suas habilidades a diferentes tipo de oportunidades. Por que não fazer do seu próprio lazer o seu trabalho voluntário? Como dar aulas de surf, por exemplo.

4. Tem alguma rotina ou necessidade específica?

Se assim como eu, você também viaja com uma rotina já estabelecida de outros trabalhos e vai precisar de mais horas livres porque tem outros compromissos profissionais, deve prestar atenção nos números de horas semanais de cada oportunidade.

Ou por exemplo, se você quer aproveitar o verão em cidades super ensolaradas, pesquise bem antes de se candidatar. Muitas cidades, mesmo nessa estação, costumam ser mais nubladas e até chove muito.

Pesquisando bem sobre cada lugar e planejando direitinho as datas, você vai saber o que fazer na hora de começar a buscar a sua oportunidade ideal.

Na Worldpackers você vai encontrar três opções de trabalho voluntário para escolher: intercâmbio de trabalho, impacto social e projetos ecológicos. Uma vez que definiu qual das três você se interessa, pode aumentar sua busca criando filtros por lugar, período, habilidades, dentre outros. É super fácil.

Para se candidatar a uma vaga, basta escolher uma delas, aplicar, definir o período que deseja ir, enviar uma mensagem de interesse e esperar que o anfitrião aprove. Uma vez aprovado, já pode começar a fazer as malas.

Se você seguir esses passos, você estará mais perto de encontrar a oportunidade perfeita (ou as oportunidades perfeitas) para começar sua aventura pela Worldpackers.

Espero que eles funcionem para você como funcionaram para mim. Se tiver qualquer outra dica para compartilhar sobre sua experiência encontrando seu anfitrião, não deixe de compartilhar com a gente!


A94de3575f30c71e99546aa33cc4add7

Josane

Two years ago I left Brazil to live around the world. After I've been to Colombia for 6 months, n...

Jul 11, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar jobeckman saber :-)


Comentários