Categorias

Como fazer um tour Worldpackers pela França

Conheci um dos países mais charmosos da Europa e juntei aqui algumas dicas de como passear por lá da melhor forma possível.


0485d73db877f3281927ec99c2d465d3

Viviane

I am a blogger, journalist, English teacher and a christian missionary. Fond of traveling, I can ...

Mar 28, 2018

voluntária Worldpackers em Mer, na França

Conhecida como a região dos castelos medievais, o Vale do Loir é o cenário perfeito para viajantes que querem explorar o interior da França, viajar no mundo histórico europeu e ainda ficar localizado a poucas horas de Paris.

Meu destino inicial no Vale foi a cidade de Mer, onde fiquei como voluntária no Felicidade Hostel.

De lá é possível percorrer toda essa região cheia de castelos de trem e você poderá conhecer cidades históricas como: Blois, Tours, Chambord e até a cidade de Orleans, onde viveu a heroína histórica, Joana D'Arc.

1. Transporte e deslocamento

Para percorrer todas essas cidades será necessário o uso de trens, pois como é uma região relativamente pequena, não há ônibus nem outro tipo de transporte mais acessível.

O que é possível, caso queira economizar um pouco mais, é utilizar o aplicativo de carona, pois alguns viajantes na região utilizavam esse recurso de carona compartilhada para não pagar muito pela viagem de Mer ou outra cidade do Vale do Loir até Paris.

2. Alimentação

Na Europa a alimentação é bem barata, mesmo sua moeda não sendo tão forte como o euro. Na França, por exemplo, a culinária faz jus à fama. Tudo é muito delicioso. Você não vai se arrepender nem mesmo com os congelados vendidos em supermercados.

Para não gastar muito, use abuse de restaurantes populares, comidas de rua e das guloseimas vendidas nos supermercados. 

3. Passeios e atrações

Tudo depende do que você gosta, mas as cidades do Vale do Loire são bem pacatas, especialmente na temporada de inverno.

No verão, como em todo país frio, elas têm fama de ferver de visitantes e de serem bem badaladas.

Caso viaje no inverno, como eu, há opções de visitas a museus e castelos que são lindíssimos e você se sentirá dentro da história antiga de reis, rainhas e príncipes. Infelizmente, não há visitas a castelos de graça, mas os valores dos ingressos são bem razoáveis e se economizar bem antes da viagem dá para conferir boa parte deles.

Uma coisa bem legal a fazer e que pode te custar bem pouco ou quase nada é pedalar de Mer ao castelo de Chambord. A pedalada dura cerca de 40 minutos e você curte a paisagem, além de atravessar o parque natural de Chambord. Se tiver sorte, consegue ver um alce ou outro animal semelhante no caminho.

Ao sair do parque para o asfalto você pedala com a vista linda do castelo de Chambord a sua frente. Não deixe de curtir esse passeio.

castelo da época medieval na França

4. Lazer nas cidades da região

Cada cidade nessa região tem um castelo para visitação, por isso, ainda que faça um bate e volta de Mer, por exemplo, você consegue conhecer os centros históricos de cada uma delas, parar em um maravilhoso café francês, degustar as delícias da França e ainda visitar o castelo estabelecido na cidade onde estiver.

Nessa região você poderá visitar as cidades de Blois, Tours, Chambord, Beaugency, Amboise e, ainda, Orleans.

Orleans é a cidade maior entre elas e você poderá encontrar uma ou outra galeria de arte de graça se pesquisar bem.

Em Amboise vale muito a pena a visita ao castelo onde Leonardo da Vinci viveu até sua morte. Lá, além de conhecer os aposentos e as áreas comuns da casa do artista, você também poderá conhecer as miniaturas de suas engenhocas e suas criações que ficam espalhadas pelo jardim do castelo. Há uma réplica da pintura de Monalisa, mas caso queira ver a original terá ir ao Museu do Louvre.

Para isso, somente terá que esperar o trem que sai de Amboise até Paris que fica há pouquíssimas horas de qualquer uma das cidades citadas acima. Vale a pena!!!

5. Vistos

Para chegar até Paris ou qualquer país da Europa não é necessário visto para brasileiros, a menos que deseje ficar além dos três meses permitidos para circular pela Europa.

Claro que cada caso é um caso e sugiro que leia o Guia completo para voluntariar na Europa que já foi publicado aqui no site.

6. Mochila

Caso vá no inverno, não pode faltar luvas. cachecóis, casacos, botas e meias nessa viagem, pois essa região costuma ser muito fria nos meses de inverno.

No verão, vá preparado pois se essa região é linda no inverno, imagine nos dias de sol e calor.



0485d73db877f3281927ec99c2d465d3

Viviane

I am a blogger, journalist, English teacher and a christian missionary. Fond of traveling, I can ...

Mar 28, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar VivianeOliveira saber :-)


Comentários