De Epidemia à Pandemia: o que os viajantes precisam saber sobre o Coronavírus

O Coronavírus gerou uma crise global e a resposta humana imediata é o pânico. No entanto, ficar desesperado não traz nada além de medo. Vamos superar juntos.


653e8eb020ddc22a5e00bb9b3f556483

Elceli

Mar 13, 2020

Um belo dia resolvi virar a página, tirar um período para repensar outros rumos para minha vida, buscar minha verdadeira essência e fazer o que sem...

coronavirus aeroporto

A situação do Coronavírus na Europa

Em 8 de março, a Itália decretou medidas restritivas de aglomerações e deslocamento em toda a região da Lombardia, Vêneto e Emilia-Romagna. Um dia depois, a quarentena foi estendida para a Itália inteira, na intenção de conter a propagação do vírus e não saturar o sistema de saúde.

Como numa cascata, nos dois últimos dias, estas mesmas ações foram tomadas por mais governos europeus: eventos proibidos, aulas suspensas, voos cancelados e checagens nas fronteiras.

Somente aqui na Itália são 10.149 casos com 631 mortes, o que coloca o país como o terceiro mais afetado do mundo, só ficando atrás do Irã e China. A recomendação é: "Fique em casa". Para deixar o município somente com uma autocertificação para "provar as necessidades de trabalho ou emergências de saúde".

Principais países afetados pelo Coronavírus

Acontece que, a partir desta quarta-feira (11/03), o COVID-19 foi declarado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma pandemia. Mais de 110 mil pessoas foram infectadas e quase 4 mil morreram em todo o mundo.

Entram na lista com casos confirmados a China, Irã, Estados Unidos, Coréia do Sul, Japão e Cingapura. Os países da Europa mais afetados pelo declínio de turistas são Itália, Espanha, França e Alemanha.

Na América Latina, a presença do vírus foi confirmada oficialmente na Argentina, Brasil, Chile, Equador, Peru, México e República Dominicana.

O colapso no mercado financeiro a partir do COVID-19

Para agravar a situação, a economia global tem sido gravemente afetada pela disseminação do novo coronavírus, principalmente na Europa, e um dos setores mais atingidos é o da aviação. As companhias aéreas estão sofrendo com os pedidos de cancelamentos, devido ao medo que as pessoas têm de serem infectadas ao viajar.

As regras de companhias aéreas costumam não permitir alterações e cancelamentos gratuitos nas tarifas mais baratas. Porém, em situações especiais de crise, como essa, é comum que as empresas sejam mais flexíveis, especialmente para bilhetes comprados até o fim de janeiro ou começo de fevereiro, quando o surto começou a tomar maiores proporções.

É recomendado entrar em contato com a companhia aérea o quanto antes e estar atento às suas redes sociais porque as orientações são atualizadas conforme o avanço da doença. Confira as datas permitidas para trocas, cancelamentos e quanto aos países de destino afetados.

Segundo especialistas, este é o maior desastre da história do turismo. A situação é tão grave que as estimativas de perdas para o setor de turismo, como um todo, podem chegar a US$ 70 bilhões (R$ 324 bilhões). Estamos falando sobre a indústria do turismo, que tem sido um dos setores que mais crescem em todo o mundo nas últimas décadas. 

Com tudo isso colapsando, os setores mais afetados foram companhias aéreas, hotéis e operadoras de turismo.

Segundo a BBC news, as bolsas mundiais sofreram um tremendo baque. Os investidores estão preocupados com o impacto do coronavírus ao redor do mundo e grandes mudanças nas bolsas de valores podem afetar investimentos de fundos de pensão e de poupanças individuais. A última semana de fevereiro registrou o pior desempenho do mercado desde a crise econômica de 2008, para se ter noção do colapso no mercado financeiro.



Precaução e cuidados durante a crise

Sabemos que a mudança de comportamento frente aos cuidados com a higiene são fundamentais para a não contaminação: 

  • Lavar as mãos frequentemente. Principalmente após assoar, espirrar, tossir ou contato direto com pessoas doentes.

O vírus é transmitido por via respiratória, através de pequenas gotículas do nariz ou da boca expelidas por tosse, espirros ou secreções de pessoas infectadas. Por isso, a OMS considera importante manter uma distância superior a um metro (ou seja, três pés) de uma pessoa doente e redobrar os cuidados com a higiene.

Para informações atualizadas o Ministerio da Saúde criou o Coronavírus - SUS, um app que visa conscientizar a população sobre o COVID-19.

Devo ou não cancelar minha viagem? 

Essa pergunta está atormentando milhares de turistas que já tinham se programado para visitar a Europa. Muitos estão planejando e aguardando a tão sonhada férias há tempos.

Cancelar ou não cancelar era uma questão de opção individual até a semana passada.

O conselho para quem ainda não se decidiu é que confira sempre os informativos oficiais dos destinos, as orientações das cias aéreas e da ANVISA, para evitar desconforto durante a viagem ou preocupação com os riscos do coronavírus. 

Se possível adie sua viagem, agora não é o momento perfeito para realizar passeios, até porque todas as atividades culturais estão canceladas até o início de abril.

Se já estou na Europa, devo retornar?

Se estiver ainda pela Europa e não tiver condições de retornar, fique onde está, esta é a melhor escolha. 

Entretanto, as medidas preventivas na Europa toda estão mudando drasticamente a rotina de quem já está em viagem. O momento não é de pânico, mas de cuidado e responsabilidade, união e solidariedade. Estamos todos diante do mesmo desafio.


coronavirus italia

A minha perspectiva como viajante na Itália

Há pouco mais de 10 dias vim de Portugal para a Itália, onde eu realizaria um sonho: percorrer a região natal dos meus nonos. 

Até que a proibição de locomoção deixou-me de mãos e pés atados. Aproveitando esta pausa, tive uma conversa bem informal com o administrador do hostel onde estou e pude ter uma visão mais intimista de como toda esta crise está afetando o setor hoteleiro.

Duilio está à frente deste hostel desde 2019. Ele morava em Buenos Aires, onde tem um albergue no bairro de Palermo, o Malevo Muraña Hostel, até que um dos sócios fundadores de Ostello Bello, que é um grande amigo dele, lhe ofereceu a administração de Assis Bevagna.

A rede Ostello Bello existe desde 2011, quando fundaram o primeiro albergue em Milão e em 2019 foi escolhida pela Hostelworld como a Melhor Cadeia de Albergues do Mundo. A rede é composta por:

  • 4 hostels em Mianmar
  • 2 hostels em Milão
  • 1 em Como, Itália
  • 1 em Bevagna, Itália
  • 1 em Gênova

Espera-se que mais dois sejam inaugurados em 2020, em Florença e em Palermo (Sicília)

Acredito que o sucesso desta empresa seja o lema: esta casa não é um hotel! E este lema é levado bem a sério, mais parece uma casa, de tão à vontade que se fica aqui.


coronavirus europa

Estamos em um borgo medieval, na região da Úmbria, vizinhos das famosas Assis, Bevagna, Montefalco, Spoleto, todas cidades com muita história e lugares gastronômicos, pois estamos na Rota do Vinho Italiano, mais precisamente na Rota do Sagrantino. 

É também uma importante região de produção de azeite. Muitas pessoas vêm exclusivamente para beber e comer.

A Torre del Colle é, na verdade, um ponto de encontro, com outras pessoas, encontro consigo mesmo, encontro com a espiritualidade e com a natureza.

Duilio diz que o mais impressionante aqui é ver a adaptação dos hóspedes à rotina do acordar com o cantar dos pássaros, ao silêncio e a contemplação da natureza, que mais parece uma pintura renascentista. 

“ Isso é visível, essencialmente, naqueles que vêm das grandes cidades”, ele diz.

Em relação ao impacto econômico, trazido pelo surto do Coronavírus, ele afirma que será de curto prazo e bastante violento. 

 “A rede hoteleira é uma indústria com custos fixos muito altos. A suspensão do tráfego turístico acarreta em países,como a Itália, um enorme dano econômico. Estima-se que 35.000.000 de turistas a menos nesta temporada”.

E conclui, “O desafio é manter o nível alcançado ao longo de todos esses anos de trabalho e dedicação ao retornar à normalidade. Não desanimaremos e esperamos que tudo se resolva logo, da melhor maneira e com o menor número de afetados, o que é realmente a coisa mais importante.


653e8eb020ddc22a5e00bb9b3f556483

Elceli

Mar 13, 2020

Um belo dia resolvi virar a página, tirar um período para repensar outros rumos para minha vida, buscar minha verdadeira essência e fazer o que sem...


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor