Expert Juliana dá dicas de onde comer em Cusco

Cusco é uma das cidades mais legais que já visitei, principalmente quando se fala de preços justos! Os peruanos que moram nessa capital vivem para o turismo, porém não é como em outros locais turísticos que exageram na dose, eles mantêm num limite bem saudável. 

Nesse post vou falar sobre onde comer em Cusco com menos de 20 reais.

Antes de qualquer coisa, quem é mochileiro experiente sabe que comprar no mercado e cozinhar no hostel é o jeito mais barato de comer. O supermercado que fizemos compras lá se chamava Orion e ficava bem no centro da cidade. Fica a dica.

Agora vamos falar sobre onde comer fora em Cusco dentro da faixa dos 20 reais:

1. Área central - Plaza Mayor, Avenida El Sol com Calle Mantas

Reparei que os preços dos restaurantes de Cusco variam muito, mas via de regra, aqueles que ficam na rua mas turística em volta da Avenida El Sol e Plaza Mayor são de médio padrão e tem preço variando de 20 até 50 soles, que equivalem a 30 a 60 reais dependendo da cotação. É a mesma coisa que acontece em diversas capitais que já visitei: muitas pessoas não tem paixão por cozinhar, mas abrem restaurantes no centro da cidade com esperança de ganhar dinheiro devido ao enorme fluxo de pessoas. Normal. Funcionou por muito tempo.

Nesse mesmo ambiente do Centro histórico, como por exemplo na Calle Plateros,  você encontra hambúrguer sendo vendido num balcãozinho na rua pra você comer em pé. 

Em Cusco, as comidas de rua são milho, espetinho de carne, frango, queijo, batatas e, às vezes, um cui. Tem gente com churrasqueiras na esquina, ou na calçada pelas ruas do centro, é bem gostoso. Custa em torno de 5 reais, no máximo 10.

Nessas imediações centrais de Cusco você também encontra tudo da categoria de fast-food e coisas rapidinhas como pizza, hot-dog, hambúrguer, espetinho ou um prato de macarrão de 22 soles e coisas do gênero. Bon apetit! 


Onde comer em Cusco: comida de rua da região central

Pra quem está numa viagem econômica, como eu, isso é um prato cheio! 

Acho que faz parte da vida do mochileiro comer essas comidas de rua, mas não é exclusividade nossa. Mesmo pra quem está viajando num estilo que pode gastar mais, é legal comer essas coisas pra conhecer o que os locais costumam consumir no dia a dia. Por isso, nosso próximo assunto vai encantar quem gosta de comida peruana local

2. Dentro do bairro San Blas e a região boêmia


Almoço no mercado San Blas. Mais imagens de Cusco no instagram @virandogringa

A gente ama batata frita, mas sempre tem aquela hora que você precisa comer algo mais saudável, uma saladinha, um legume refogado, um arroz e feijão, né? Nessa hora, sobe a ladeira e vai pra dentro da cidade, na direção dos bairros boêmios!

Vai "chover" restaurantes vegetarianos e veganos com menu de 15 soles! Incluindo entradinha, principal, salada à vontade, sopa, suco e sobremesa. Não passei nem um pouco de fome por não ter carne. 


Onde comer em Cusco: Restaurantes vegetarianos

Pergunte no hostel sobre como chegar no Mercado San Blas ou o Mercado San Pedro, onde você pode comer um almoço completo por 5 soles. Isso mesmo, cin-co so-les!


Prato feito no Mercado San Blas. Mais imagens de Cusco no instagram @virandogringa

O prato é bastante variado, no meu tinha: salada, carne temperadinha com cebola e tomate, arroz, batata e legumes refogados, grãos cozidos e caldo à vontade. Não é super mega luxo, mas é uma comida saudável, limpa e bem temperada.

O mercado está quase sempre lotado neste horário e tem pessoas de todas as idades e origens almoçando ali. Alguns comerciantes vão ter mesinhas mais adaptadas para turistas e outros já vão ter desviado completamente do espírito simplista do mercado. Eu fujo desses e tento comer onde todo mundo come, que é onde ficam as melhores cozinheiras de comida local: as locais.


Onde comer em Cusco: Mercado de San Blas

Os almoços de "cincão" são esses onde se serve o prato na mão e se senta nos bancos, como uma plateia assistindo a cozinheira preparar uma comida caseira deliciosa e nutritiva por um preço acessível. No Mercado San Blas e Mercado San Pedro tem dezenas de restaurantes de baixo custo. Me apaixonei.

Nos mesmos mercados existem outras cozinheiras que preferem servir algo mais elaborado focado no turista econômico (ou no mochileiro como nós), aí tem frutos do mar, outros pratos mais legaizinhos pra comer por 10 soles, 12 soles, 15 soles, que dá no máximo 20 reais.

3. Pra aquele dia que você quer rasgar

Às vezes, quando bate aquela curiosidade, ou aquela larica, ou aquela saudade de casa, seja qual for seu motivo tem hora que a gente tem vontade de comer uma comida sofisticada, sabe? Cheia de frufru?

Em Cusco tem um monte de opção mega sofisticada de 500 reais, mas eu não como em lugar assim e imagino que você também não. Tentei achar um lugar que fosse massa, bonito e servisse comida boa e pensadinha, mas que não custasse um rim.

Achei esse restaurante que atingiu o extremo do meu orçamento de pagar por comida no Peru: 54 soles, ou seja, uns 65 reais. Era uma comida muito saborosa e vegetariana, tinha jardins verticais nas paredes e fiz umas fotos daquelas bem bloguerinha. Falo sobre esse lugar no Virando Gringa.


Onde comer em Cusco: várias opções de lugares fofos e com comidas gostosas 

Voltando aos nosso precinhos e informações que interessam pros Worldpackers: nos bairros boêmios você encontra dezenas de lugares pra comer na faixa dos 15 soles. A cada dia eu parava em um deles e confesso que de muitos eu saí sem saber o nome. 

Um outro padrão que percebi foi que a maioria dos menus mais baratos são vegetarianos, mas não deixam de ser extremamente saborosos e variados! O Peru é riquíssimo em espécies vegetais, castanhas e grãos, então seu prato nunca vai ser só alface, tomate e pepino, vai muito além! 

Outra coisa legal de lá foi a tranquilidade quanto a higiene. Não passei mal em nenhum restaurante, o que é uma beleza em comparação a outros países que já passei. 

Cusco tem muitas coisas pra experimentar, se joga e descubra!

Tem alguma sugestão de restaurante ou bairro legal pra comer em Cusco? Deixa nos comentários!

Perguntas sobre esses e outros destinos? Me manda um recadinho nas redes sociais do Virando Gringa - instagram, facebook, blog.


83c7d46f2267b3467948759dc509165d

Juliana

Engenheira, tradutora e autora do Virando Gringa, segue lá! Gosta de falar de viagem muito barata...

+ Ver mais

Nov 15, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Juliana saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor