Categorias

5 destinos não manjados da Europa

Quer fugir do roteiro turístico manjado e conhecer lugares incríveis não tão populares? Se liga nessas dicas de destinos maneiros que talvez nunca passaram pela sua caixola:


0061419f0feacf5dd2c5f930660dbac6

Carolina

Nomadic traveler, love worker! Sharing my experiences to inspire people to live the life they lo...

Mar 15, 2018

destinos-nao-manjados-da-europa

Polônia

Cracóvia

Embora seja citada como uma das cidades mais bonitas do mundo, não é um dos destinos mais procurados.

Localizada no sul da Polônia, Cracóvia já foi eleita capital da cultura europeia e é conhecida pela excelência de suas vodkas e agitados pubs.

A qualidade surpreendente dos chocolates artesanais produzidos na região é um adicional para os viajantes.

Encanta com ruas medievais, igrejas barrocas e tesouros da arte gótica.

Uma dica para quem estiver passando na região é visitar Wieliczka, uma das mais antigas minas de sal do mundo.

O local foi ocupado pelos alemães como armazém para fábricas de produtos militares durante a segunda guerra mundial e se tornou patrimônio da humanidade em 1978.

Varsóvia

Pra quem estiver visitando a Polônia vale a pena fazer uma paradinha em Varsóvia.

A maior cidade e capital do país é sede de numerosas indústrias e com uma cultura plural, marcada por invasões e guerras.

Em Varsóvia está localizado Auschwitz, um dos mais conhecidos campos de concentração da história, cenário de um dos maiores genocídios da humanidade.

É possível utilizar o trem para se locomover da Cravóvia para Varsóvia e a viagem dura em média 2h43.

Para quem quiser mais opções culturais, há a chance de conhecer o museu Marie Curie, nomeado assim em homenagem a polonesa e primeira mulher a receber o prêmio Nobel, por duas ocasiões, física e química.

Ela desenvolveu aparelhos de raios-x portáteis para os militares durante a primeira guerra mundial e ficou conhecida mundialmente por quebrar tabus discutidos até hoje por ser pesquisadora e mulher.

Para os amantes da natureza é possível fazer viagens de bicicleta e aproveita paisagens incríveis.

Hungria

Budapeste

É um destino manjado no quesito loucura, ótimos bares, muitas cervejas artesanais premiadas, história e cultura.

Localizada nas margens do rio Danúbio, a cidade que possui o maior sistema de águas termais do mundo e um mix entre jardins e arquitetura medieval.

Para quem estiver visitando a cidade vale a pena subir o Monte Gellért e ser presenteado com uma das vistas mais lindas da região.

Relaxar nas grandes piscinas de Szechényi, visitar o castelo de Buda, o Parlamento de Budapeste e a Praça dos Heróis.

budapeste

Espanha

Ilhas Canárias

Localizada na Espanha e do ladinho da África, as Ilhas Canárias são um ótimo destino para quem ama praia.

Os apaixonados por esportes encontram nas ilhas o cenário ideal para praticar surf, mergulho e trilha.

As paisagens são de tirar o fôlego, entre vulcões e águas cristalinas você pode assistir incríveis pores do sol bebendo deliciosos vinhos espanhóis.

Não se espante ao se deparar com um lagarto gigante enquanto atravessa a rua.

Ótimos restaurantes com vista para o mar e muitas lojinhas para comprar cartões postais com extraordinárias fotos e lembrancinha para a tia.

O arquipélago vulcânico é composto por 7 ilhas, as mais famosas são Lanzarote e Gran Canaria.

Tenerife é a maior de todas e tem o ponto mais alto da Espanha, um vulcão cuja última erupção foi há quase cem anos.

Irlanda do Norte

Belfast

A cidade que foi palco de conflitos políticos e religiosos entre católicos e protestantes é também um lugar repleto de paisagens maravilhosas.

O território pertence ao Reino Unido mas foi disputado pela Irlanda, e hoje está localizado na Irlanda do Norte.

A cidade é conhecida por ser o local onde o navio Titanic foi construído e toda a historia é contada no Titanic Museum.

Outro ponto turístico interessante é a famosa Rope Bridge, uma ponte de corda suspensa que conecta dois penhascos e a vista é deslumbrante.

Para quem fizer o passeio para a Rope Bridge é legal também visitar a Giant’s Causeway (Calçada dos Gigantes), o local é formado por pedras e colunas gigantescas resultantes de uma erupção vulcânica que aconteceu há milhões de anos atrás, foi cenário para a fotografia da capa do disco Houses of the Holy do Led Zeppelin.

Conta a lenda irlandesa que um gigante irlandês e um gigante escocês estavam em uma disputa porém precisavam atravessar o mar para ir ao encontro um do outro e não existia embarcação para a travessia, um dos homens resolveu construir uma calçada que ligava os dois lados e então poderiam se enfrentar.

O escocês era mais forte que o outro gigante e então a esposa do irlandês decidiu vestir seu marido como um bebê. Quando se deparou com o bebê, ele pensou “Se o bebê é desse tamanho imagina o pai” e voltou correndo pra Escócia destruindo a estrada enquanto percorria o caminho de volta para não correr riscos.

No quesito vida noturna há uma grande diversidade de pubs tradicionais irlandeses onde você provar a prestigiada cerveja Guinness.

E aí, preparado para novas aventuras?

Texto colaborativo com Paloma Monteiro, que viajou para Polônia e Hungria e deu várias dicas.


0061419f0feacf5dd2c5f930660dbac6

Carolina

Nomadic traveler, love worker! Sharing my experiences to inspire people to live the life they lo...

Mar 15, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar carolinacruz saber :-)


Comentários