10 dicas para se dar bem em seu programa de voluntariado!

Ultimamente tem crescido muito as viagens com voluntariado, onde a pessoa pode ficar em um hostel ou ONGs, por exemplo, trabalhando em troca de hospedagem e alimentação. Essa é uma forma incrível de conhecer mais a fundo a cultura e as pessoas de outros lugares.


Bf5915b101170546565f2add5a1970e0

Juliana @ju.almaviajante

Turismóloga por formação e viajante por opção, sempre tive sede pelo novo, o diferente e o exótic...

+ Ver mais

Set 24, 2018

amigos vendo uma linda paisagem

Ser voluntário e ajudar em hostels com suas habilidades por algumas horas do seu dia e em troca dormir no local, com algumas refeições inclusas, sem pagar nada por isso? Acho que não é nada mal!

Sem contar toda experiência adquirida, ainda dá tempo de conhecer as belezas do local!

Eu tive a oportunidade de ser voluntária por três vezes em hostel em alguns destinos do Brasil. Resolvi então fazer uma lista com dez dicas que gostaria de ter lido antes dessas grandes experiências de viagens.

Ao ser voluntário, por mais que seja apenas por quatro horas do seu dia, as pessoas estão esperando algo de você. Mostre comprometimento por ter conseguido aquela vaga e espero que você goste de todas as dicas abaixo. (:

1. Seja maleável

Por estar em um ambiente totalmente fora do seu, tente ser o mais maleável possível e tenha jogo de cintura, pois você estará convivendo com pessoas diferentes, que possuem costumes e criações diferentes;

2. Aprenda a conviver com as diferenças

Se as pessoas que convivem sempre com você já são diferentes, imagine pessoas de outros estados brasileiros, ou de outros países, com as experiências que tiveram pela vida. 

Conviver com pessoas diferentes é ótimo porque elas sempre têm algo de novo para ensinar.

Aceite as pessoas como elas são, deixe elas serem assim e tente aprender com isso. Aprenda com as diferenças e com as experiências que elas te proporcionam;

3. Conviva com seus medos

Acredito que nas viagens sempre temos alguns medos e barreiras para quebrar, principalmente se você for ficar muito tempo em um mesmo destino ou se vai viajar sozinho! Acalme-se e pense positivo, porque vai dar tudo certo!

Pense que sempre que estiver enfrentando um medo, você estará quebrando uma barreira esaindo da sua zona de conforto; 

4. Deixe tudo organizado com seu homestay

Antes de ir para o destino, tente deixar tudo organizado com seu homestay (ou o máximo que conseguir), como os horários e dias da semana que você irá trabalhar, dias de folga, o que inclui no seu programa de voluntariado - café da manhã, almoço, jantar e passeios - para evitar possíveis desentendimentos quando chegar por lá;

5. Compre apenas a passagem de ida

Se você for ficar bastante tempo, dependendo do seu destino - válido mais para destinos nacionais, onde não interfere comprar os trechos em separado - recomendo comprar apenas a passagem de ida.

Caso queira voltar antes ou até estender o seu programa de voluntariado, você não precisará ficar correndo atrás de tentar mudar a passagem em cima da hora e gastar mais dinheiro;

6. Viaje leve

Coloque na mala somente aquilo que você tem certeza que vai usar. Ficou na dúvida? Não leve! Por mais que você fique bastante tempo, sempre acaba utilizando mais as mesmas roupas, lavando e revezando entre elas;

mulher sobre pedras vendo um lago

7. Seja proativo

Além de você estar ali para conhecer os lugares, você também está para ajudar em primeiro lugar, então ajude sempre! Esteja disposto, mostre-se disponível e comprometido e as pessoas sempre retribuirão o seu gesto, com toda certeza!

8. Seja simpático

Toda energia que vai, volta! Seja alegre e simpático com as pessoas e elas também serão com você. Busque ser com os outros como você gostaria que fossem com você. Isso em qualquer situação!

9. Vá com a mente aberta

Esteja com a mente aberta para as novidades, as culinárias diferenciadas, os costumes, as tradições e as diferentes maneiras de ver o mundo! 

10. Faça por amor

Como tudo na vida, é importante saber o porquê de estar fazendo aquilo.

Não adianta apenas querer mostrar para as pessoas, tem que realmente fazer por querer ajudar as pessoas, pois faz parte de quem você é, do seu “do for love”, do seu propósito. Se não, não tem sentido!


Bf5915b101170546565f2add5a1970e0

Juliana @ju.almaviajante

Turismóloga por formação e viajante por opção, sempre tive sede pelo novo, o diferente e o exótic...

+ Ver mais

Set 24, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Juliana @ju.almaviajante saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor