Como ganhar dinheiro enquanto você é voluntário em um hostel

Nada melhor do que viajar, conhecer gente nova, ir para festas, conhecer a história da cidade, e de quebra ganhar uma graninha extra enquanto voluntariando em um hostel.

3min


913b4bf87860f7a085fd3f99e65c0d75

Gustavo

Out 13, 2018

"O mundo é muito grande pra se viver em apenas uma cidade" E é pensando nisso que eu escolhi ter a experiência de morar um tempo em cada lugar, ...

ganhar-dinheiro-enquanto-voluntariando-em-um-hostel

Quando eu fui Worldpacker em Curitiba, conheci meus queridos chefes, que eram pessoas que também foram voluntários em outros hostels e que, pela experiencia e porque gostavam, continuavam a trabalhar no mesmo ramo.

Isso ajuda bastante porque quando a pessoa passou pela mesma experiência que você está passando, é mais provável que ela tenha mais consciência das dificuldades e necessidades presentes.

E foi aí que eu ganhei uma grana extra!

O hostel em que eu trabalhei, propiciava, no balcão da recepção, um espaço para que os voluntários pudessem vender algo que sabiam fazer.

Tinha um voluntário que adorava fazer colares budistas, era o que ele sabia fazer e era o que ele expunha no balcão com uma plaquinha bem simpática.

Bem, então eu quis fazer alguma coisa também, pensei, mas o que fazer?

Fazer algum artesanato, será? Foi quando meu amigo, também voluntario, disse – comida!

Quem não gosta de comer? Vamos fazer uma torta!

Então fomos pro mercado comprar os ingredientes pra fazer uma torta vegana, receita da vovózinha – disse ele.

Não sei se ele disse aquilo pra fazer marketing ou se realmente era, mas em todo caso, deu muito certo.

A torta saiu linda – vou ser bem sincero, eu desconfiei depois que vi ele cortando a cebola – mas ficou boa mesmo.

Bah! a gente riu muito fazendo aquilo.

Vendemos muito bem, o hostel estava cheio, foi ótimo.

Eu não acredito que em todos os hostels vai haver a possibilidade de vender sua arte na recepção, mas não custa nada perguntar pro responsável o que ele acha da ideia.

Minha amiga vendeu mousse de maracujá em um hostel de Floripa, depois que ela perguntou.

Outra ideia muito boa é usar algum espaço do hostel pra dar aula.

Conheci uma menina que dava aula de inglês particular enquanto era voluntária em um hostel, também em Florianópolis.

Às vezes você sabe uma dança e queira usar o espaço para dar a aula, então o ideal é que você primeiramente peça permissão pro seu chefinho e vai anunciando a aula em facebook, olx, etc.

Mas a grande dica que eu dou é: não tenha medo de tentar, de fazer e de perguntar.

Tinha um chefe meu que um dia me disse algo que eu levo pra vida.

Eu dava aula de alongamento e tinha chovido muito no dia, tanto que o espaço que eu usava pra dar aulas, ficou alagado.

Com uma cara de dó eu vi meu chefe e fui em sua direção, pronto pra dizer que não teria como dar a aula, que a chuva tinha estragado, que a vida era injusta, que isso, que aquilo.

Mas antes que eu soltasse as primeiras letras, meu chefe olhou pra mim e disse: Gustavo, não me venha com problemas, me venha com soluções.

Soa um pouco ríspido, mas não leia desta forma, não foi.

O lance é que na mesma hora minha mente ligou uma chave e eu disse: Estou levando o pessoal pra quadra coberta e faremos algo diferente hoje.

É isso! faça acontecer, tenha ação!

Algumas dicas não são apenas para destinos específicos, mas sim para economizar em todas as viagens! Se você quer se tornar um especialista no assunto, pode fazer o curso da Worldpackers de Como Viajar Barato e aprender todas as dicas para viajar mais e gastar menos.

E boa sorte com a sua arte, seja ela qual for.


913b4bf87860f7a085fd3f99e65c0d75

Gustavo

Out 13, 2018

"O mundo é muito grande pra se viver em apenas uma cidade" E é pensando nisso que eu escolhi ter a experiência de morar um tempo em cada lugar, ...


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor