Guia Worldpackers para conhecer João Pessoa, na Paraíba

João Pessoa é a capital da Paraíba e uma cidade cheia de história, natureza e opções do que fazer. Se você quer conhecer lá e ainda gastar pouco, confira esse guia!


0abc9e942e7f514952c38fa1bda6888d

Rosana Romão

Out 30, 2019

Jornalista, corredora e mochileira. Amo meu Ceará, mas sou curiosa e quero conhecer o mundo. Bora?

Guia de Jo

O Nordeste brasileiro é um verdadeiro paraíso: tem praias de água quente e areia clara, vegetação exuberante, culinária saborosa, calor o ano inteiro, vento refrescante e um povo simpático e acolhedor.

Tudo isso você vai encontrar em João Pessoa, na Paraíba: um lugar ainda pouco conhecido no tradicional roteiro turístico brasileiro, mas que tem muito a oferecer aos seus visitantes.

Confira agora um guia com todos os encantos de João Pessoa, na Paraíba:

1. Características gerais de João Pessoa

João Pessoa tem mais de 800 mil habitantes, é a terceira mais antiga capital do Brasil e tem história e cultura apaixonantes. É um lugar que cativa desde o início, pois tem praia acessível, arquitetura charmosa e boa estrutura para atender os turistas.

O deslumbrante azul do mar e o brilho intenso do sol tornam qualquer paisagem um verdadeiro cartão-postal. Para ficar ainda melhor, some a energia pulsante da cultura paraibana e a musicalidade do forró. Impossível não se imaginar lá, não é mesmo? Então veja agora as principais características do destino.

  • Capital com a tranquilidade do interior

Apesar de ser uma capital, João Pessoa é uma cidade muito tranquila. Com ritmo desacelerado e muitas belezas naturais ao redor, você vai sentir-se em uma casa de veraneio. Na praia, você vai encontrar pequenos prédios e casas com muros baixos e aconchegantes. De acordo com o artigo 25 do Plano Diretor da cidade, é proibida a construção de edifícios com mais de três andares de altura na orla.

Os deslocamentos também ganham um novo significado. Trajetos curtos podem ser realizados a pé ou de bicicleta, com uma agradável brisa no rosto, e os mais longos feitos de carro, sem grandes congestionamentos, como é comum nas capitais brasileiras. A velocidade máxima permitida na via urbana, por exemplo, é de 50 km por hora.

  • Segunda capital mais verde do mundo

Você sabia que João Pessoa é conhecida mundialmente? Ela recebeu o título de “segunda capital mais verde do mundo” durante a Conferência das Nações Unidas Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, em 1992. Grande parte disso se deve à presença do Jardim Botânico Benjamim Maranhão. A hipótese foi lançada em um artigo da Revista Marie Claire pelo publicitário Carlos Roberto de Oliveira e defendida pelo então prefeito Carlos Mangueira durante o evento.

Apesar dos dados atuais provarem o contrário, há quem diga que, na época, João Pessoa realmente se mostrava como a segunda capital mais verde do mundo e, consequentemente, a primeira do Brasil. Como não houve levantamento científico e nem contestação, então o título foi dado por aclamação.

O último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010, colocou João Pessoa em 4º lugar entre as capitais que apresentam maior arborização nas vias públicas, com 78,4%, atrás de Goiânia (89,5%), Belo Horizonte (83%) e Porto Alegre (82,9%). Entretanto, o título tornou-se orgulho dos pessoenses e é defendido até hoje.

Além disso, ao conhecer algumas áreas verdes de João Pessoa, você vai dar razão à fama atribuída à cidade. Anote na sua lista:

  1. Parque Solon de Lucena;
  2. Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica);
  3. Jardim Botânico Benjamin Maranhão;
  4. Universidade Federal da Paraíba.

João Pessoa, na Paraíba, é conhecida como a capital verde. 
  • Ponto mais oriental das Américas

João Pessoa é o ponto mais oriental do continente americano. O local exato fica em um pontal de areia, na Praia dos Seixas, vizinho à Barreira do Cabo Branco. No entanto, como não fica no alto da falésia e não há estrutura turística para receber os visitantes, o município construiu o monumento Rosa dos Ventos, no Farol do Cabo Branco, para simbolizar o marco.

  • Onde o Sol nasce primeiro

Por ser o ponto mais oriental das Américas, o Sol nasce primeiro na capital paraibana, mas esse fenômeno não ocorre durante todo o ano. Devido à rotação da Terra, O Sol movimenta-se para o norte e sul de diferentes formas dependendo da época do ano, mudando o ponto onde os raios solares batem primeiro. Mas, na maior parte do ano, o Sol nasce primeiro em João Pessoa, normalmente por volta de 4h55.

  • Terceira cidade mais antiga do Brasil

João Pessoa já foi território dos povos tabajara e potiguara, depois foi disputada por portugueses e holandeses até receber o título oficial de município, em 1585. O marco aconteceu apenas alguns anos após Salvador (1549) e Rio de Janeiro (1565), capitais mais antigas do país.

2. Como chegar

Agora que você já tem um panorama sobre a cidade, chegou a vez de descobrir como chegar lá.

  • Avião

De avião, basta comprar uma passagem para o Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, localizado em Bayeux, município vizinho que está a 11 km de distância da capital.

Há poucos voos diários e a maioria chega no horário da noite. A pequena oferta influencia no preço das tarifas, que costumam ser mais altas do que as capitais mais próximas, Recife e Natal, que ficam a aproximadamente 2h30 de carro de João Pessoa.

  • Carro

O principal acesso é a BR-101, que possui boa estrutura e sinalização. Vale a pena pegar a estrada e fazer pausas, pois há muitas cidades interessantes no caminho. Para quem vem de Natal (185 km), por exemplo, é interessante parar em Pipa. Se o ponto de partida for Recife (120 km), não deixe de conhecer as praias do litoral sul paraibano, como Tambaba e Coqueirinho.

  • Ônibus

O Terminal Rodoviário Severino Camelo fica no bairro Varadouro, a 9 km da Praia de Tambaú. Ele oferece boas opções para quem viaja pelo Nordeste, portanto, se você pretende fazer um mochilão por essa região, vale a pena deslocar-se de ônibus.

As principais viações que operam na Rodoviária de João Pessoa são: Itapemirim, Real Expresso, Progresso, Total e Guanabara. As passagens com partida/chegada de Recife e Natal custam cerca de R$ 35 na classe convencional.

3. Melhor época para visitar

O clima de João Pessoa é tropical úmido com temperatura média de 27º C, um lugar para visitar durante o ano inteiro. No entanto, as chuvas concentram-se entre os meses abril e julho. Já de agosto a outubro os ventos ficam mais fortes, ideal para os praticantes de windsurf e kitesurf. No verão, de novembro a fevereiro, o calor é predominante: as águas ficam mais límpidas e quentes, tornando o passeio mais bonito e relaxante.


Praia em João Pessoa no verão

4. Transporte

Os transportes de João Pessoa atendem diferentes necessidades e bolsos. Existem as agências de viagens que programam os passeios para que o turista não precise preocupar-se com nada, porém, é preciso seguir os horários e o ritmo da viagem.

Outra opção são os táxis, que dão mais liberdade ao passageiro. As tarifas costumam ser altas, mas também é possível acordar um preço fixo de acordo com o destino.

Viajar de carro dá mais comodidade e facilita os deslocamentos na cidade e nas regiões próximas (litoral norte e sul). Porém, quem não tem veículo próprio ou não pretende alugar um, os transportes de economia compartilhada, como uber, são uma boa saída. Eles funcionam bem e têm preços mais atrativos que o táxi.

O ônibus é a opção mais econômica: a passagem custa R$ 3,95 e é possível fazer integração entre os terminais — isto é, com uma passagem você utiliza mais de um ônibus. Contudo, a integração temporal só é válida para quem tem os cartões de ônibus das empresas de transporte. É uma boa opção para quem busca economia e não tem pressa para chegar ao destino. Uma dica: a frota dos veículos é antiga, portanto, não espere conforto.

Você já viajou de trem? Pois essa pode ser a sua oportunidade! João Pessoa e Região Metropolitana têm transporte ferroviário e a passagem custa apenas R$ 1. O trem liga a cidade de Santa Rita, passando por Bayeux (onde fica o aeroporto), João Pessoa e Jacaré a Cabedelo, extremo norte do estado.

5. Hospedagem 

Por ser uma cidade pequena com preços atrativos, é possível conseguir uma hospedagem próxima da praia com um bom custo-benefício. As opções atendem todos os tipos de públicos: há hotéis, pousadas e hostels.

Antes de escolher o lugar, confira qual o bairro e os atrativos mais próximos.Para quem gosta de conhecer a cidade a pé e ter vários serviços por perto, Tambaú é a melhor escolha. Ele é movimentado de dia e de noite e tem ótimas lojas e restaurantes. Manaíra é uma opção para quem prefere a vida mais urbana e Cabo Branco é ideal para sentir-se mais perto do mar e longe da cidade.

Se você viaja em um mochilão ou em uma viagem mais econômica, vale a pena fazer um intercâmbio de trabalho em João Pessoa. Ao se cadastrar na plataforma, você solicita a hospedagem gratuita e dedica algumas horas do seu dia a uma atividade indicada pelo anfitrião.

Por exemplo, que tal usar a sua simpatia de viajante para receber hóspedes em um hostel? Além da hospedagem gratuita, você ainda recebe outros mimos como: café da manhã, desconto em tours, lavanderia gratuita e quarto e cozinha compartilhada com a equipe do hostel. Além disso, é uma excelente oportunidade para fazer amizades e conviver com nativos, tornando a sua experiência ainda mais enriquecedora.


Hospedagem em João Pessoa

6. Alimentação

Essa é uma das grandes vantagens de viajar para o litoral nordestino: a culinária. Peixes, frutos do mar, carnes e o sabor do sertão formam um cardápio irresistível. Também há deliciosos pratos vegetarianos e veganos, além dos sucos com frutas típicas tropicais. Na sobremesa, os doces complementam a refeição e deixam um gosto de “quero mais”.

  • Tradicional

Existem restaurantes que são a cara de João Pessoa e merecem a visita, mesmo que seja uma única vez devido aos preços do menu. São eles: Nau Frutos do Mar, Mangai, Tábua de Carne e Empório Café. Outros oferecem uma vista agradável e bom custo-benefício, como o Vila do Porto e a General Store, no Centro Histórico.

  • Barata

Quem busca uma refeição mais econômica e de qualidade, com pratos de até R$ 20, pode ir ao Jardim Restaurante, Marítimos Fast Casual, Mar’oja Burguers, Cantina 101, Novo Oriente e Oliva Café Boutique. Nesses locais você encontra refeições completas e lanches saborosos com preços que cabem no bolso.

  • Vegana e Vegetariana

Uma boa notícia para os consumidores de comida saudável e sustentável: João Pessoa está ampliando o mercado vegano e vegetariano. Confira alguns restaurantes e lanchonetes com essa proposta:

  1. Dhyana Bistrô;
  2. Casa de Nara;
  3. Papoula Culinária Saudável;
  4. Espaço Karranka Culinária;
  5. Oca Restaurante Natural;
  6. The Garage Burger;
  7. Macaxeira Premium;
  8. Salsa It;
  9. Sapore d’Itália;
  10. Padoca do Cicico;
  11. Flamboyant.

7. O que fazer e João Pessoa

Engana-se quem pensa que o turismo local envolve apenas sol e praia, pois há muitos atrativos em João Pessoa. Não foi à toa que a Unesco lhe deu o título de “cidade criativa”. Veja a seguir.

  • Picãozinho

Que tal conhecer as piscinas naturais e ver a cidade de um ângulo diferente? O primeiro passo é consultar a tábua de marés e verificar os horários dos passeios. Em seguida, procure a Associação dos Proprietários de Embarcações turísticas da Paraíba (Apetep) e faça a sua reserva. Passe no quiosque que fica na Praia de Tambaú e agende o seu horário com antecedência, pois há limite de visitantes nas piscinas.

  • Centro Histórico

Por ser uma das capitais mais antigas do país, João Pessoa tem muitas construções históricas. Para quem gosta de arquitetura, história e cultura, é um passeio imperdível. Reserve uma manhã ou tarde para contemplar os prédios, as cores e finalize admirando o lindo pôr do sol no Rio Sanhauá. Inclua no roteiro:

  1. Bairro Varadouro e seu estilo art déco;
  2. João Pessoa Antiga;
  3. Centro Cultural São Francisco;
  4. Igreja Nossa Senhora do Carmo;
  5. Hotel Globo.

Igreja de São Francisco, no centro histórico de João Pessoa

  • Estação e Farol de Cabo Branco

Vamos de museu? A Estação Cabo Branco reúne um acervo rico sobre a história da Paraíba e sobre as manifestações artísticas modernas. O prédio tem o formato octogonal e leva a assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer.

Depois da visita, caminhe até o Farol de Cabo Branco, um dos cartões-postais da cidade. Ele fica na Ponta dos Seixas, o ponto mais oriental do continente americano.

  • Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica)

Essa é uma ótima pedida para quem viaja em família ou com crianças. Também conhecido como Bica, o espaço reúne animais e muitas espécies de árvores. O parque está localizado no centro de João Pessoa e é bem conservado, além de oferecer lanchonete para os visitantes. O ar puro e o verde ao redor rendem um excelente passeio e belas fotos.

  • Jardim Botânico Benjamin Maranhão

O Jardim Botânico ou Mata do Buraquinho nada mais é do que a maior floresta semi equatorial nativa plana densamente cercada por área urbana de todo o mundo: são mais de 515 hectares de Mata Atlântica preservada.

Lá você vai encontrar diversos tipos de entretenimento: trilhas, auditório, espaços de estudo e pesquisa, área de lazer e muito mais. O lugar é motivo de orgulho dos pessoenses e deu respaldo ao título de “segunda capital mais verde do mundo”.

  • Feirinha de Artesanato de Tambaú

Se você gosta de comprar presentes e lembrancinhas, não deixe de conferir as peças da Feirinha de Artesanato que fica na Praia de Tambaú. Tem roupas, bolsas, calçados, acessórios, tudo com o bom humor e bom gosto paraibano. Os preços são atrativos e muitas vezes é possível pechinchar.


Feira de Artesanato de Tambau

  • General Store

Imagine um lugar que reúne loja, cafeteria, cervejaria e um rooftop com uma bela vista para o pôr do sol sobre o Rio Sanhauá: essa é a General Store. O espaço também traz atrações musicais e valoriza os artistas da terra. É um excelente passeio para conhecer pessoas e se divertir com os amigos.

  • João Pessoa do nascer ao pôr do sol

Esse é o passeio mais famoso de Jampa, oferecido por várias empresas de turismo em combinações diferentes. O mais tradicional começa na Praia da Ponta dos Seixas, mas requer disposição para acordar cedo, afinal, estamos falando da cidade onde o Sol nasce primeiro, às 4h55. Mas veja pelo lado bom: você será uma das primeiras pessoas do continente a ver os primeiros raios de sol.

Depois, é a vez de passear pelas piscinas naturais, conhecer praias, visitar a Areia Vermelha — uma ilha que se forma em alto mar — e finalizar o dia no tradicional Pôr do Sol do Jacaré, no município de Cabedelo.


Pôr do sol do Jacaré, passeio tradicional de João Pessoa

Por falar em regiões mais afastadas, vale a pena conhecer lugares como a Praia do Bessa, a praia e as falésias de Coqueirinho e a famosa Tambaba, praia de naturismo mais conhecida do Brasil.

Depois de ler esse texto, é possível entender porque João Pessoa, na Paraíba, é uma das capitais com melhor qualidade de vida do Nordeste. Se um único passeio como turista já é marcante, então imagine passar uma temporada! E o melhor: com a ajuda da Worldpackers, você pode fazer isso sem pagar aluguel ou hospedagem.

Viva a cultura paraibana da forma mais imersiva possível e desfrute da natureza exuberante e da simpatia de seu povo. Você irá conhecer o lugar onde nasceram grandes artistas brasileiros, como Ariano Suassuna, Zé Ramalho, Elba Ramalho, Chico César, Jackson do Pandeiro e Sivuca. Que tal fazer a sua história na cidade também?

Gostou do guia e ficou com vontade de conhecer João Pessoa? Então clique em “obrigado” e compartilhe esse conteúdo com os seus amigos!


0abc9e942e7f514952c38fa1bda6888d

Rosana Romão

Out 30, 2019

Jornalista, corredora e mochileira. Amo meu Ceará, mas sou curiosa e quero conhecer o mundo. Bora?


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor