Tire suas viagens do papel com ajuda de experts em viagem!
Torne-se membro até 29/02 e participe de webinars exclusivos com viajantes experientes.

TOP 12 lugares para viajar no Nordeste e como economizar

Procurando lugares para viajar no Nordeste? Confira dicas de destinos com muita história, cultura e belezas naturais que vão desde cânions até praias paradisíacas.

12min

lugares para viajar no Nordeste

Que o mundo é bonito a gente sabe, mas você já conheceu os melhores lugares para viajar no Nordeste brasileiro? Nessa região tem um pouco de tudo: dunas de areia, praias paradisíacas, chapadas, montanhas, cachoeiras, sertão... 

E como se não bastassem todos estes cenários deslumbrantes, o Nordeste também é uma região riquíssima em cultura e com uma das melhores gastronomias do país.

Tem cordel, mamulengo, Frevo, Coco, Cavalo Marinho, dendê, acarajé... É tanta coisa que só de imaginar já dá vontade de colocar a mochila nas costas e sair por aí desbravando cada um dos 9 estados da região.

E quer jeito melhor de desbravar a região do que fazendo voluntariado com a Worldpackers? Desse jeito você vive experiências inesquecíveis e não paga por hospedagem. São dezenas de vagas com diversas opções de trabalho voluntário no Nordeste para aperfeiçoar suas habilidades enquanto viaja.

A seguir, vou compartilhar com você os TOP 12 lugares para viajar no Nordeste, destacar seus principais atrativos e dar dicas de vagas muito legais em cada um deles.

Leia também: As 20 melhores comidas típicas do Nordeste

12 Melhores lugares para viajar no Nordeste

1. Chapada da Diamantina (BA)

Situado no coração da Bahia, o Parque Nacional da Chapada da Diamantina tem cerca de 70 mil km² de pura beleza natural. Suas paisagens não poderiam ser mais diversas, incluindo desde grandes cerrados com paredões montanhosos até belíssimas cachoeiras e grutas de deixar qualquer um de queixo caído.

A região abriga cerca de 28 cidades e a principal porta de entrada para o Parque é a cidade de Lençóis, que fica a 430km de Salvador. Outras cidades, como Mucugê e Igatu, costumam atrair diversos turistas com seus festivais literários e musicais, além das suas belezas naturais.

Já deu para perceber que atrações não faltam, não é? Seja você uma pessoa aventureira que curte ecoturismo ou alguém que prefere desfrutar da natureza mais sossegado, este destino é uma ótima opção para quem busca estadias mais longas, pois há sempre novos lugares para se explorar. 

Veja que legal esta experiência do Cadu aprendendo permacultura na Chapada Diamantina e confira também as vagas de voluntariado em Lençóis e em outras cidades da região, como Mucugê.

Entre os principais pontos turísticos da Chapada estão a Cachoeira da Fumaça, Poço Azul, Poço Encantado, Gruta Azul, Gruta da Fumaça, Cachoeira do Buracão, Vale do Pati e Morro do Pai Inácio.

2. João Pessoa (PB)

Também conhecida como “Porta do Sol”, João Pessoa, capital da Paraíba, é a 8º cidade mais populosa do Nordeste e tem esse apelido por ser o ponto mais oriental das Américas e onde o sol nasce primeiro no continente americano.

Além de ser bastante conhecida pelas praias paradisíacas e piscinas naturais, a cidade possui grande valor histórico, sendo uma das mais antigas do país (data de 1585), além de ter sido palco para importantes acontecimentos como a Revolução de 1930.

Para quem gosta de uma festa, é ali que acontece o evento Folia de Rua, que serve de aquecimento para os carnavais de Salvador e Olinda. 

Mas se é de sombra boa e água fresca que você busca, pode apostar que destinos como a Praia de Tambaú e Praia do Bessa são uma ótima opção. O mar de João Pessoa costuma ser esverdeado e na maré baixa forma piscinas naturais.



Lá o sol nasce mais cedo também. Apesar de seguir o horário de Brasília, poderia facilmente se encaixar no fuso horário de Fernando de Noronha (uma hora a mais). Por isso, muita gente costuma dizer que João Pessoa é ótimo para quem adora madrugar.

Outro lugar que não pode faltar na visita é a Praia do Jacaré. O pôr do sol além de ser espetacular vêm acompanhado com trilha sonora no saxofone! O evento já ficou tão famoso que até virou patrimônio cultural e imaterial da Paraíba.

Curtiu? Confira as opções de voluntariado em João Pessoa pela Worldpackers.

3. Pipa (RN)



Um dos lugares para viajar no Nordeste que mais têm atraído turistas recentemente é Pipa, no Rio Grande do Norte. O vilarejo é todo charmoso com ruas de paralelepípedos, luzes coloridas e lojinhas encantadoras, além de muitas opções de restaurantes e casas de festas que convidam as pessoas a aproveitar noite adentro.

A região fica localizado a apenas 85Km de Natal, capital do Estado. E embora muita gente pense que Pipa é uma praia, ela é na verdade uma região composta por outras praias do litoral de Tibau do Sul.

Uma das suas praias mais famosas é a Praia do Amor, onde a orla forma um coração. Outras atrações da região são as falésias, formações rochosas com imensos paredões, cavernas e até cenotes. Na Praia do Curral também é possível nadar com golfinhos.

E o que é melhor: você pode aprender a surfar enquanto troca trabalho por hospedagem num hostel através dessa vaga de voluntariado em Pipa.

4. Jericoacoara (CE)



Considerada em 1994 pelo Washington Post como uma das dez praias mais bonitas do mundo, Jericoacoara é uma vila de pescadores dessas que te teletransportam para um ambiente rústico e mágico, preservando o melhor da natureza.

Os postes de eletricidade dão espaço às luzes das estrelas, enquanto as ruas permanecem sendo de areia. Ali, o tempo parece repousar sem pressa de ir ou chegar.

Apesar de ter ganhado muita fama nos últimos anos, Jeri – como é chamada pelos mais íntimos – foi declarada em 1984 como Área de Proteção Ambiental, evitando que grandes prédios e construções tomassem conta, o que ajuda a manter a simplicidade da vila.

Entre lagos, dunas, praias e mangues, Jericoacoara segue como um ótimo destino para quem aprecia o melhor da vida bucólica, mas também para quem curte viver aventuras como tirolesa, tour de buggy, windsurf e outras. 

A vila fica a 298 km de Fortaleza e só é possível chegar lá em veículos 4X4, por conta das ruas de areia. Além disso, é cobrada uma taxa de turismo no valor de R$ 30 por 7 dias.

Já pensou em fazer voluntariado nesta vila e aproveitar o melhor da região Nordeste? Que tal ser voluntário em um eco hotel em Jeri?

5. Salvador (BA)



Primeira capital do Brasil, a cidade baiana é um prato cheio para quem gosta de cultura, história e praias incríveis, além da deliciosa gastronomia.

Cada canto traz uma história. No Pelourinho, a conhecida varanda onde Michael Jackson gravou seu clipe junto ao Olodum. No Rio Vermelho, a casa de Jorge Amado. Em Itapuã, o farol que inspirou Vinícius de Moraes e Dorival Caymmi.

É que Salvador tem essa magia de transpirar arte e contar histórias. É ali onde a luta entre colonizador e colonizado ganha voz. Onde elementos afro-brasileiros se destacam e contam a história de suas origens. Onde as lágrimas encontram repouso em Iemanjá.

Pelourinho, por exemplo, era o nome de um instrumento de tortura utilizado para punir os negros, mas hoje o espaço foi ressignificado. Palco de muitas atrações, o local é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco

Por toda a cidade é possível observar prédios do período colonial e elementos da cultura afro-brasileira como a capoeira, o candomblé, o dendê e muitos outros.

Salvador também tem um ritmo mais lento e calmo. Ótimo para quem busca relaxar e repousar em seus mares. 

Um passeio que eu super recomendo é pegar a linha de ônibus que passa pela orla (1001, 1035) e observar as praias. São tantas opções para conhecer que fica até difícil saber qual é a mais bonita. 

Para conhecer todas, você já sabe, né? Faça um voluntariado em Salvador!

Leia também: Festas juninas no Nordeste: história, tradições e onde curtir

6. Morro de São Paulo (BA)

Localizado a apenas 60km de Salvador, Morro de São Paulo é um paraíso de 5 praias, muita festa, paz e natureza. É que entre as cinco praias você pode escolher se prefere o agito, mais próximo do centro com restaurantes e melhores infraestruturas; ou uma praia mais rústica, afastada, com piscinas naturais e sossego.

Para chegar à ilha, saindo de Salvador existem três opções: por mar (escuna), semi-terrestre (ônibus e lancha) ou aéreo (helicóptero). Os valores variam dependendo da sua escolha, mas as melhores opções em termo de custo-benefício são por mar ou semi-terrestre.

Ao chegar em Morro de São Paulo, assim como em Jericoacoara é necessário pagar uma pequena taxa de turismo, no valor de R$15.

No centrinho, já é possível sentir o clima do local. Uma mistura de festa, calmaria e mar. As praias possuem águas claras, calmas, com piscinas naturais e uma areia clarinha. É um paraíso e um destino ótimo para quem gosta de praticar snorkeling. Uma boa dica é admirar o pôr do sol na Toca do Morcego.

Se estiver com tempo sobrando, por que não aproveitar para tomar um banho de argila na Praia da Gamboa? É nesta região que boa parte dos moradores da ilha mora. 

Outros passeios que podem ser bacanas são fazer um tour completo ao redor de Morro de São Paulo ou conhecer Boipeba, uma ilha vizinha tão bonita quanto Morro. 

Veja as opções de voluntariado disponíveis em Morro de São Paulo e Boipeba.

7. Maceió (AL)



Por que choras, Caribe? Vou te dizer... A região Nordeste tem uns lugares tão lindos que até são apelidados de caribes brasileiros. E Maceió é um deles.

Localizado em Alagoas, Maceió é destino certo para qualquer época do ano. Apesar de ser o destino preferido de muitos no verão, no inverno ele não deixa a desejar. As temperaturas variam de 20 a 32ºC e dificilmente chove.

As águas das praias são seu principal charme. São azuis-esverdeadas como as do caribe, com ondas calmas, água morna e diversos corais ao redor. Costumam ser ótimas opções para quem viaja com crianças ou simplesmente para quem prefere um mar mais calmo com piscinas naturais.

Vale destacar que existem muitas praias e atrações ao redor de Maceió que valem muito a visita, como a Praia do Carro Quebrado, com águas cristalinas e falésias incríveis.

Outras atrações da região são Praia do Francês, Praia do Gunga, Praia Pajuçara, Ponta Verde, Praia Jatiúca e Ipioca.

Ficou a fim de conhecer? Que tal ajudar na recepção de um hostel em Maceió e aproveitar ao máximo este destino paradisíaco sem pagar por hospedagem?

8. Porto de Galinhas (PE)



Outro destino do Nordeste brasileiro com piscinas naturais incríveis e maravilhoso para quem gosta de mergulhar com os peixes!

Mas vale ressaltar: a cidade fica a apenas 60km de distância de Recife, portanto costuma ter as praias bem lotadas. Isto porque não só turistas do mundo inteiro vêm visitar Porto de Galinhas, como os próprios moradores de Recife passam por lá para aproveitar o verão e os fins de semana.

Ou seja, faça o possível para evitar a alta temporada se quiser aproveitar ao máximo a região.

Uma boa dica é ficar de olho nas fases da lua também, já que ela influencia diretamente na maré e afeta as piscinas naturais. Geralmente é na Lua Nova e Cheia que as piscinas estão mais cristalinas e rasas, com maré mais baixa durante a manhã. Nessas fases da lua fica mais fácil conseguir observar os recifes.

Mas saiba que não só de piscinas naturais se faz Porto de Galinhas! Existem muitos lugares bacanas para conhecer por lá, desde feirinhas de artesanato e ótimos bares e restaurantes.

As principais atrações da região são: Praia dos Carneiros, Praia de Muro Alto, Praia e Pontal de Maracaípe e o projeto Hippocampus, um centro ambiental dedicado à preservação de cavalo-marinhos. Partiu voluntariar em Porto de Galinhas?

9. Arraial d’ajuda (BA)



Situada entre Porto Seguro e Trancoso, no Litoral Sul da Bahia, Arraial D’ajuda vem ganhando cada vez mais fama com seu vilarejo hospitaleiro e charmoso, além das suas praias paradisíacas.

O lugar - que também é conhecido como “esquina do mundo” - possui opções para todos os gostos com muita diversidade, um calendário cultural farto e uma vida noturna agitada. Ali você encontra de tudo um pouco: desde a comida caseira mais simples, até o prato mais renomado e premiado. Tem espaço para tudo e para todos.

Quando a maré baixa, as barracas ganham espaço na areia e o barulho das ondas se mistura com o som que vem lá do Beco das Cores na Rua Mucugê. Se você quer curtir um som ao vivo, experimentar diferentes sabores de sorvete ou fazer compras em lojinhas, saiba que esta rua é o destino certo. Arraial tem até festival de culinária, chamado de “Festival Esquina do Mundo”.

Para quem gosta de sossego, o mar em Arraial D’ajuda tem seus encantos com seus recifes, águas azuis-cristalinas e falésias lindas. Na região ainda é possível tomar um banho de argila na Lagoa Azul, próxima à Praia da Pitinga. 

 Outros destinos famosos por ali são a Praia dos pescadores, Praia Mucugê e a praia deserta de Taípe, bem mais ao sul. 

Veja também as vagas de voluntariado em Arraial d'Ajuda para conhecer esse destino sem pagar por hospedagem.

10. Olinda (PE)



Ô, linda! Uma das cidades com maior importância para a história do Brasil imperial, a pernambucana Olinda é mesmo encantadora. Desde 1982, seu centro histórico é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Entre suas ladeiras e ruas estreitas com chão de pedra é possível admirar arquiteturas antigas, igrejas barrocas e um lindo oceano ao fundo.

O destino também é muito conhecido pela sua cultura, do frevo aos bonecos gigantes de Olinda e os mamulengos (fantoche típico da região Nordeste que representa figuras populares). Quem gosta de passeios culturais vai adorar visitar o Museu dos Mamulengos e a Casa dos Bonecos Gigantes.

Outro ponto turístico bem legal de conhecer é o Mercado de Artesanato, todo coloridinho com diversas opções de produtos e aqueles guarda-chuvas característicos de frevo compondo cenário. 

Olinda é bastante visitada durante o período do carnaval, por conta das festas e dos blocos de rua que deixam o Sítio Histórico lotado e alegre. Mas há opções para conhecer o ano todo, com direito a muita boemia à noite.

Quer estender sua visita e curtir a atmosfera artística e boêmia sem pressa? Confira essa vaga de voluntariado em Olinda. Outra opção é voluntariar no Recife, capital e cidade vizinha.

11. Aracaju (SE)

Capital de Sergipe, Aracaju é um dos lugares para viajar no Nordeste com as praias mais lindas da região, além de ser considerada uma das cidades com menor desigualdade e estilo de vida mais saudável do Brasil. Ótimo destino para conhecer e fazer um voluntariado, não é mesmo?

Entre dunas, praias, rios e mares, a cidade é bastante procurada no verão, mas também guarda seus encantos e reserva atrações turísticas especiais para o inverno. 

As Festas Juninas de Aracaju estão entre as mais animadas do Brasil, além de contar também, com vários esquentas como o Pré-Caju antes do carnaval. 

Outra atração super bacana da cidade é o Museu da Gente Sergipana. Interativo, conta um pouco sobre a cultura do Estado através da sua história, folclore e tradições. Próximo a ele fica o Largo da Gente Sergipana, com esculturas gigantes.

Não deixe de explorar a diversidade que o Nordeste brasileiro oferece e aproveite para conhecer o Mangue Seco e a Praia do Saco – que já foram inclusive cenário de novelas – ou o pantanal Sergipano em Pacatuba (cerca de 45km de Aracaju). Outra opção é ir de lá até o Cânion do Xingó.

A cidade ainda conta com a Orla de Atalaia e seu caranguejo gigante, teleféricos, oceanário no Projeto Tamar e muitas praias lindas como a de Aruana. Faça um voluntariado em Aracaju e aproveite!

12. Natal (RN)



Se você quer variedade, Natal é o destino certo. Quanto mais você conhece a capital do Rio Grande do Norte, mais descobre coisas novas. É que ali, além de praias belíssimas, você ainda encontra lagoas incríveis, dunas para se aventurar, trilhas, forró e muito mais!

Para se ter uma ideia de quão especial é este destino, a Praia de Camurupim foi considerada em 2021 pelo Traveller’s Choice como a 4ª praia mais bonita da América do Sul. E não para por aí! A 27km da capital está o maior cajueiro do mundo, que entrou para o Guinness Book em 1994.

Conhecida como “cidade do sol", devido ao seu baixo índice pluviométrico, Natal também é famosa pelos seus passeios de buggy nas dunas. No Parque Ecológico Dunas de Genipabu você pode fazer isso e também praticar ski-bunda.

Se estiver procurando praia, outra dica boa é a Praia do Forte, tranquila e praticamente deserta durante a semana. Ali também está o famoso Forte dos Reis Magos, considerado marco inicial da cidade. 

Ele data de 1596 e uma das suas principais características é que ele marca a transição entre a arquitetura medieval e pré-moderna. É considerado também patrimônio cultural brasileiro.

Que tal curtir esse destino delicioso enquanto ajuda nas redes sociais de uma pousada em troca de hospedagem? Confira essa vaga de voluntariado em Natal.



Leia também: Conheça o litoral do Piauí: um guia das melhores praias do estado

Viu só quantos lugares incríveis para viajar no Nordeste? E não para por aí, viu? Esse foi nosso TOP 12, mas com certeza viajando com a Worldpackers você pode encontrar muitos outros, inclusive aqueles menos conhecidos e explorados.

Isto porque além de te ajudar a economizar, voluntariando com a Worldpackers você tem uma oportunidade de emergir mais na cultura local, conhecendo pessoas do mundo inteiro e moradores que vão adorar compartilhar contigo um pouco mais deste nordeste brasileiro lindão que está te esperando por aí.

E se tiver mais dicas de lugares para viajar no Nordeste, conta aí nos comentários!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor


Mais sobre esse tema