Quer uma passagem de até US$500 grátis?
Envie sua resposta até 30/04 e tenha a chance de ser premiado.

Melhores anfitriões da Worldpackers em 2021

Na sétima edição do prêmio Best Places to Collaborate, selecionamos os 60 melhores anfitriões da worldpackers, que cumpriram os critérios e receberam avaliações excelentes dos voluntários.

16min

melhores-anfitrioes-worldpackers-2021

Se em 2020 passamos por um enorme desafio para a humanidade, em 2021 começamos o processo de recuperação! O mundo inteiro se mobilizou com a vacinação, para que a gente possa voltar a viajar sem preocupações em breve.

Na sétima edição do prêmio Best Places to Collaborate, selecionamos os 60 melhores anfitriões da worldpackers, que cumpriram os critérios e receberam avaliações excelentes dos voluntários!

Esta premiação foi criada pela equipe da Worldpackers pra agradecer os anfitriões que compartilham do nosso propósito de transformação e desenvolvimento a partir da colaboração com voluntários do mundo todo, em mais de 150 países.

Melhores anfitriões da Worldpackers

Os melhores anfitriões para voluntariado são aqueles que proporcionaram boas experiências aos voluntários, tiveram um impacto positivo para o planeta e ajudaram sua comunidade local. Alguns cumprem os três critérios ao mesmo tempo, outros são mais fortes em critérios específicos!

Os selecionados deste ano seguiram superando os desafios da pandemia e conduzindo projetos que sustentam algum desses 3 pilares fundamentais:

- Desenvolvimento da comunidade: impacto e consciência social;

- Intercâmbio cultural: imersão na cultural local, prática de idiomas, conexão com viajantes internacionais e pessoas locais;

- Restauração do nosso planeta: consciência ambiental, sustentabilidade e conexão com a natureza.

Melhores anfitriões da Worldpackers: América do Sul

1. La Humahuacasa – Humahuaca, Argentina

Descritos pelos viajantes como muito receptivos e acolhedores, os anfitriões do hostel La Humahuacasa merecem nosso reconhecimento por conseguirem fazer com que qualquer pessoa se sinta em casa no seu espaço, não importa de onde ela venha.



2. World Hostel – Florianópolis, Brasil

As paisagens paradisíacas do norte da ilha de Florianópolis são o cenário perfeito para conhecer outros voluntários e hóspedes, principalmente se quiser praticar espanhol com os argentinos e uruguaios que passam por lá. O World Hostel fica a duas quadras da praia e recebeu nota máxima em todas as avaliações de voluntários.

3. Tetris Container Hostel – Foz do Iguaçu, Brasil

As avaliações sobre o Tetris enfatizaram o profissionalismo dos anfitriões e o visual moderno do hostel. Para quem quer sentir como é uma experiência internacional sem precisar sair do Brasil, é possível praticar inglês e espanhol nesse ambiente acolhedor em Foz do Iguaçu.

4. Social Hostel – Curitiba, Brasil

Social Hostel já é um hostel tradicional em Curitiba. Com um visual incrível, na região central, perto de bares, restaurantes e da ciclovia na Avenida Sete de Setembro. Além do ambiente acolhedor e de boas cervejas locais, o social também recebe pets.



5. Porto Alegre Hostel Boutique

Um ótimo lugar para quem gosta de saborear um churrasco e vinhos locais, o Porto Alegre Hostel Boutique entrou na nossa lista de premiados por acolher muito bem os voluntários e promover a troca cultural, com passeios na cidade e um ambiente receptivo, além de ter escala de trabalho flexível.

6. Zili Pernambuco Hostel, Camping Urbano, CoWork, CoLiving e Arte – Recife, Brazil

Localizado no coração de Recife, o Zili traz muitas experiências em uma só, com muita arte e integração. Voluntários podem ajudar com pintura, jardinagem e até escrevendo artigos para o site do hostel. Os anfitriões Luigi e Vanja receberam muitos elogios sobre sua receptividade, especialmente de viajantes que estavam fazendo voluntariado pela primeira vez!



7. Parque Pico dos Cabritos & Templo Arcanjo Miguel – Extrema, Brasil

Esse anfitrião é para quem gosta de se conectar com a natureza, pois fica em meio ao Parque Ecológico do Pico dos Cabritos, na serra da Mantiqueira, em Minas Gerais.

A parceria entre a Pousada Saúde Melhor e Templo Arcanjo Miguel contribui para a restauração do planeta trabalhando com projetos ecológicos e também ajuda muita gente em seu processo de cura espiritual.

8. Villa Virtudes – Guarapari, Brasil

O anfitrião Joaquim foi muito elogiado pelo seu empenho e dedicação, por estar sempre disposto a solucionar dúvidas dos voluntários, além de manter um ambiente incrível na casa que abriga o Villa Virtudes, a 400 metros da praia!

9. Meu Hostel – Maceió, Brasil

O Meu Hostel fica numa das regiões mais lindas do litoral brasileiro. A anfitriã Aline construiu um espaço aconchegante com vagas concorridas que recebe viajantes do mundo todo!



Os voluntários elogiaram as tarefas tranquilas, além da organização e flexibilidade da anfitriã.

10. Green Haven Hostel – Ubatuba, Brasil

Com base nas experiências de voluntariado do Vinicius pelo mundo, o Green Haven foi preparado para receber voluntários que querem conhecer a Mata Atlântica e o litoral norte de São Paulo. Foi elogiado pelo estilo aconchegante e a comida excelente no café da manhã.

11. Hostel da Vila – Ilhabela, Brasil

O Hostel da Vila foi premiado pela sua excelente estrutura para receber voluntários num cenário paradisíaco e também por contribuir para a restauração do planeta em sua comunidade local!



Esse anfitrião fez parte de um dos Beach Cleanups, recebendo voluntários que ajudaram a limpar as praias de Ilhabela.

12. Ô de Casa Hostel – São Paulo, Brasil

Quem fica no Ô de Casa está num dos hostels mais tradicionais do Brasil, no centro da maior cidade do país, São Paulo.

Foi elogiado pelos voluntários pela organização das tarefas, facilidade de praticar outros idiomas e pela possibilidade de bônus para voluntários que contribuem acima da média.

13. Romã Ashram – Águas de São Pedro, Brasil

Um espaço de cura e conexão com a Terra, é isso que você pode esperar no Romã Ashram. Esse anfitrião foi premiado pela contribuição para restauração do nosso planeta, fornecendo alimentação vegana a hóspedes e voluntários, além de ajudar a comunidade no caminho do autoconhecimento.



14. Chalé Bamboo – Praia de Paúba, Brasil

A anfitriã Mel e sua equipe foram super elogiados por deixar todos os voluntários a vontade, se sentindo em casa. Além disso, o Chalé Bamboo contribui para a restauração do nosso planeta e desenvolvimento da sua comunidade.

15. Vila Bonete – Ilhabela, Brasil

Localizada numa comunidade com apenas 300 moradores, a Vila Bonete é um espaço único que contribui para a restauração do planeta e recebe voluntários para todo tipo de função desde jardinagem até preparação de drinks, a um minuto da praia.

16. Alma Vira Lata – Ubatuba, Brasil

A ONG Alma Vira-Lata conta com voluntários para cuidar de cães abandonados, fornecendo vacinas, castração e depois procurando novos lares para que eles tenham um final feliz em suas histórias.



Oferecem alojamento com wi-fi e permitem que voluntários de todo o mundo possa conhecer o litoral de São Paulo e usufruir das várias praias e cachoeiras nos períodos de folga.

17. Pousada Atelier Aly da Costa – Iguape, Brasil

A Pousada Atelier Aly da Costa é um espaço que contribui para sua comunidade, onde os voluntários e hóspedes podem aprender sobre arte e cultura local.

Uma experiência para quem quer se sentir totalmente em casa, convivendo com a família da anfitriã Aly enquanto ajuda nas tarefas e curte as praias da região.

18. Lamparina Hostel – São Paulo, Brasil

Um espaço novo num dos melhores bairros de São Paulo para mochileiros, o Lamparina Hostel contribui para a comunidade resgatando o espírito mochileiro numa das maiores cidades do Brasil.

O anfitrião Vitor e equipe foram elogiados pela cozinha excelente e organização, além de possibilitar um ambiente internacional onde os voluntários podem praticar inglês.

19. Nazaré Uniluz – Nazaré Paulista, Brasil

O Nazaré Uniluz contribui para a comunidade oferecendo vivências, cursos e práticas meditativas, promovendo o autoconhecimento e o despertar da consciência.



Com mais de 40 anos de experiência na área de voluntariados, receberam excelentes avaliações dos membros da worldpackers, principalmente para quem gosta de experiências ecológicas.

20. Pura Vida Hostel – Rio de Janeiro, Brasil

Um castelo medieval perto da praia no Rio de Janeiro já chama atenção por si só. O Pura Vida vai além do seu visual pitoresco.

O anfitrião Felipe foi elogiado pela limpeza e organização do espaço, além de proporcionar um ambiente que abriga a todos, desde quem gosta de festa até quem veio para curtir a natureza.

21. Selina Lapa - Rio de Janeiro, Brasil

Com um terraço ao ar livre e vista da cidade maravilhosa, o Selina Lapa Rio de Janeiro foi premiado pela promoção de intercâmbio cultural, e elogiado pela estrutura: restaurante, cafeteria, quartos com ar-condicionado, bar, lounge compartilhado e Wi-Fi gratuito em todas as áreas.

22. Ilhéus Olivença Camping – Ilhéus, Brasil

Limpeza e atendimento são algumas das atividades dos voluntários no Camping Ilhéus Olivença, que fica pertinho da praia e entrega uma experiência de camping para quem ama a natureza. Foi premiado pela excelente estrutura e pelo ambiente propício para a troca cultural em um dos lugares mais lindos da Bahia.

23. Canto da Praia Beach Hostel – Arraial do Cabo, Brasil

Premiado por promover a troca cultural e oferecer oportunidades de crescimento para os voluntários, o Canto da Praia Beach Hostel inovou, oferecendo comissão por vendas de passeios e dando a oportunidade para voluntários de comercializar sua arte dentro do hostel.

24. Puleiro HostelBar – Salvador, Brasil



Um espaço que estimula o senso crítico, o espírito artístico, e a formação de opiniões, o Puleiro HostelBar foi premiado este ano por incentivar o intercâmbio cultural, reunindo pessoas do mundo inteiro para ouvir boa música brasileira.

25. Adios Amigos Hostel – Arraial d’Ajuda, Brasil

Três sócios jovens que gostam de trocar experiências com viajantes do mundo todo e aprender mais sobre suas culturas – esse é o perfil do Adios Amigos Hostel, na Bahia. Foram elogiados pelos voluntários pela sua receptividade e pelo ambiente de respeito e cooperação.

O hostel possui amplos espaços de convivência como sala de televisão, churrasqueira, biblioteca, jardins, além de redes, instrumentos musicais, filmes e vídeo games para entregar a melhor experiência possível a hóspedes e voluntários.

26. Pousada Tatu do Bem – Lencóis, Brasil

Uma casa no meio da mata para quem ama tomar banho de rio e cachoeira, a Pousada Tatu do Bem é o lugar perfeito para se conectar com a natureza e esquecer um pouco o stress do cotidiano no interior da Bahia. Os anfitriões Shirley e Eduardo também são mochileiros e entendem as necessidades dos voluntários.

27. Merced 88 Hostal & Cowork – Santiago, Chile

Abrigando mochileiros e também nômades digitais, o Merced 88 é um hostel e coworking liderado pela Loreen, bem no centro de Santiago. Foi elogiado pelas trocas culturais, os voluntários podem aprender idiomas, fazer amigos de outros países e curtir a noite da capital.



28. Sir Mangle Beach Hostel - San Bernardo del Viento, Colômbia

O Sir Mangle Beach Hostel é o lugar perfeito para conhecer a Colômbia longe de grandes centros urbanos como Bogotá. De frente para a praia, os hóspedes e voluntários podem aproveitar o mar do caribe e aprender muito com o anfitrião Juan Carlos, engenheiro ambiental que tem o sonho de construir hospedagens ecológicas que ajudem na restauração do planeta. Que chevere!

29. Karandi Hostel – Ballena Bay, Costa Rica

Ballena Bay é um dos lugares mais paradisíacos da Costa Rica, um sonho para quem gosta de observar os animais, praticar mergulho e tirar muitas fotos do mar azul turquesa.

O Karandi Hostel é um lugar amplo e arborizado, onde hóspedes e voluntários podem relaxar e se conectar com a natureza.

Os voluntários elogiaram a organização e cumprimento com os horários, além da boa estrutura e do ambiente acolhedor.

30. Hacienda Colonial Murillo – Cusco, Peru

O anfitrião Luis conta com a ajuda de voluntários há mais de cinco anos, para cuidar da fazenda que herdou do avô. Tem feito um trabalho excelente para transformar o espaço de forma ecológica, recebendo cerca de 15 voluntários por vez.



O Hacienda Colonial Murillo é um projeto incrível, perfeito para quem quer conhecer gente nova e de outros países, além de explorar o Vale Sagrado.

Melhores anfitriões da Worldpackers: América do Norte

31. Hostik – Mérida, México

O anfitrião Javier foi elogiado pelas instalações sempre limpas, confortáveis e bonitas. O Hostik também fica na capital do estado de Yucatán, uma das regiões mais ricas em cultura do México, o que proporciona muitas oportunidades de aprendizado para hóspedes e voluntários.

32. Mayan Monkey Hostel – Cancún, México

Um hostel exemplar, com uma decoração incrível, staff bem treinado e tarefas organizadas para os voluntários, o Mayan Monkey foi muito elogiado nas avaliações e merece estar entre os melhores anfitriões da Worldpackers em 2021.



33. Base Camp Mexico – Orizaba, México

O Mario está entre os melhores anfitriões da Worldpackers em 2021 pelo seu trabalho no Base Camp Mexico, um hostel bem decorado, que recebe pessoas de todo mundo e apresenta a cultura mexicana aos hóspedes e voluntários.



34. Hostal el Alebrije - Valle de Bravo, México

No Hostel el Alebrije os voluntários se sentem como membros da família, com seus horários respeitados e suas necessidades atendidas com simpatia e bom-humor. O terraço e a paisagem do valle del bravo também chamam a atenção!

35. Hotchtel Glamping – Tecolutla, México

O Hotchtel Glamping tem cabanas construídas com materiais locais e um ambiente propício para trocas culturais entre viajantes que querem conhecer Tecolutla, a praia mais próxima da Cidade do México. 

É um ótimo destino para voluntários que querem conhecer o litoral, mas não querem ir para a badalada (e mais cara) Cancún.

36. Casa Kraken Hostel - Puerto Vallarta, México



Há alguns metros da praia e do centro de Vallarta, o Casa Kraken Hostel recebe pessoas de todo o mundo fazendo voluntariado pela worldpackers. 

Os anfitriões adoram apresentar a cidade, os bares, restaurantes, galerias de arte e integrar hóspedes e voluntários.

37. La Redonda Hostel – Sayulita, México

A postura da anfitriã Lucero condiz muito com os valores da Worldpackers: liderar pelo exemplo, valorizar a troca e o respeito. O La Redonda Hostel é mais que uma hospedagem, buscando oferecer uma experiência completa para um voluntariado no México ou apenas uma viagem.

Sayulita é uma pequena cidade entre a praia e as montanhas, mas tem muitos lugares secretos incríveis para curtir a natureza.

38. Hamakua Guesthouse and Camping Cabanas - Hawaii County, Estados Unidos

O arquipélago do Havaí já mora no imaginário de pessoas do mundo todo como referência de paraíso tropical. Quem fica no Hamakua Guesthouse aproveita a natureza e a troca cultural com os viajantes, em maioria europeus e norte-americanos.



39. ITH Beach Bungalow Surf Hostel - San Diego, Estados Unidos

Fazer um voluntariado nos Estados Unidos, na frente da praia, com café da manhã incluso... Parece um sonho, mas é o que você encontra no ITH Beach Bungalow Surf Hostel, em San Diego.

O anfitrião David foi elogiado por ser um líder nato, integrando os voluntários do mundo todo, para que todos se sintam em casa.

40. Green Tortoise Hostel - King County, Estados Unidos

A equipe do Green Tortoise Hostel foi elogiada pelos horários flexíveis, suporte aos voluntários, excelente ambiente e dicas do staff para quem quer explorar Seattle.

Valorizando os viajantes que preferem ficar por várias semanas ou meses, o anfitrião Rex incentiva o intercâmbio cultural, contribuindo para que a Worldpackers seja cada vez mais uma comunidade inclusiva.

Melhores anfitriões da Worldpackers: África

41. White Rose Organization – Arusha, Tanzânia

Nosso único anfitrião premiado em todo seu continente, a White Rose Organization realiza um trabalho muito especial com crianças na Tanzânia. 

Os membros da ONG acreditam que nosso futuro depende de como cuidados na educação na primeira infância. Por isso, se esforçam ao máximo para oferecer educação e formação pessoal para os meninos e meninas de sua comunidade local.



Voluntários são essenciais nessa jornada e podem ensinar desde idiomas até esportes. Em 2021, a ONG precisou de ajuda especialmente com reformas e construções, recebendo pessoas do mundo todo para ajudar.

Receberam excelentes avaliações de todos que passaram por lá, incluindo pessoas de diversos países como Brasil, Espanha e Estados Unidos.

Melhores anfitriões da Worldpackers: Europa

42. St Christophers at the Bauhaus – Bruges, Bélgica

No St. Christophers at the Bauhaus você vai conhecer uma cidade histórica que já é um clássico de quem visita a Europa. Proporcionando muito aprendizado com passeios de barco e visitas aos locais mais importantes da cidade, o proprietário Stephen está entre os melhores anfitriões da Worldpackers na Europa.



43. Funk Lounge hostel – Zagreb, Croácia

Votado como um dos hostels mais desejados para voluntariar em 2015 pela comunidade da Worldpackers, o Funk Lounge foi premiado esse ano por continuar promovendo a troca cultural entre hóspedes e voluntários do mundo todo.

44. Charles Bridge Hostel and Apartments – Praga, República Tcheca

"Sua segunda casa em Praga", o Charles Bridge Hostel and Apartments foi elogiado pela receptividade do anfitrião Jerry, que proporciona um ambiente de troca cultural e tem planos de oferecer serviços de guia turístico nessa linda capital europeia.



45. Le Chant des Pierres – Dordogne, França

Em 2018, um casal resolveu morar em uma fazenda no interior da França, com os 4 filhos e todos os animais de estimação, que incluíam galinhas, porcos, cachorros e outros. Essa é a história do Le Chant des Pierres, onde os voluntários podem aprender francês num ambiente familiar e próximo da natureza.

46. Michaelshof Sammatz – Sammatz, Alemanha

Um dos anfitriões mais concorridos, o Michaelshof Sammatz é um espaço no interior da Alemanha que proporciona um ambiente internacional, cheio de troca cultural, onde os voluntários podem aprender diversas habilidades desde barista, jardineiro até cozinheiro de comidas típicas.



Esse anfitrião contribui nos três critérios: intercâmbio cultural, restauração do nosso planeta e desenvolvimento da comunidade. As construções contam com energia solar, e diversos alimentos da cozinha vem de fazendas orgânicas ou são colhidos no local.

47. Creagh House – Ballinrobe, Irlanda

A Creagh House foi muito elogiada pelos voluntários, principalmente para quem viaja durante o verão, quando tem muita gente hospedada, música e dança típicas da Irlanda, passeios na floresta e canoagem!

48. Ostello Bello Assisi-Bevagna – Perugia, Itália

Para os anfitriões do Ostello Bello Assisi-Bevagna é importante que os hóspedes se sintam bem-vindos e apoiados durante sua estadia. Numa cidadezinha histórica no interior da Itália, em uma região famosa pelos vinhos e pela porchetta (carne de porco), esse anfitrião foi premiado pelas trocas culturais e ótimo atendimento.

49. Alvor Ar de Mar – Alvor, Portugal

A anfitriã Cristina foi elogiada pelos voluntários por ter ajudado na sua adaptação, cuidando das necessidades de cada um individualmente e construindo um ambiente onde todos se sentem em casa para aproveitar o cenário paradisíaco do litoral português no Alvor Ar de Mar.



50. Nations Gerês - Bed & Breakfast – Gerês, Portugal

Os anfitriões Klaudia e Carlos foram elogiados pelos voluntários por ter a mente aberta e por conseguir criar um vínculo amigável com hóspedes e voluntários logo na sua chegada.

No Nations Gerês você pode viajar tranquilo, os anfitriões estão sempre dispostos a adaptar a programação das tarefas dos voluntários às suas necessidades e sabem tudo sobre os arredores, numa região de natureza exuberante em Portugal.

51. Faro Beach Life Hostel – Faro, Portugal

O Faro Beach Life Hostel foi a primeira experiência de voluntariado para muitos que deixaram avaliações e só receberam elogios. Com uma carga de trabalho leve para que os voluntários possam curtir o litoral de Portugal, excelente café da manhã e um ambiente ótimo para festas, merecem estar entre os melhores anfitriões Worldpackers na Europa.



52. Quinta São Bento - Salão Frio, Portugal

O anfitrião Paul fala inglês, alemão e holandês, contribuindo para as trocas culturais na comunidade de voluntários Worldpackers, que elogiaram também o espaço da Quinta São Bento, que fica na área do Parque Natural da Serra de São Mamede, nordeste de Portugal, bem pertinho da fronteira com a Espanha.

53. La Canina – Barcelona, Espanha

Se você gosta de cachorros, e quer conhecer as montanhas de Vallromanes, o La Canina é o lugar perfeito! É no meio da natureza, mas pertinho de Barcelona.

Os viajantes que fizeram esse voluntariado na Espanha elogiaram a anfitriã Irene pela organização com as tarefas e por sempre fazer todo mundo se sentir em casa.

E como seria diferente? Se tivéssemos um prêmio para voluntariado mais fofinho, o La Canina ganharia.



54. Hostel Ole – Alicante, Espanha

Para quem gosta de festa, o Hostel Ole é o lugar perfeito. Está entre os melhores anfitriões da Worldpackers em 2021 segundo os voluntários, que adoraram as festas, danças e o ambiente perfeito pra conhecer pessoas de outros países.



55. Fabrizzio's Terrace - Barcelona, Espanha

O Fabrizzio's Terrace fica numa ótima localização em Barcelona, uma cidade cheia de cultura e capital da Cataluña, província da Espanha que também inclui Girona e Tarragona. Os voluntários elogiaram o espaço, o bom café e a vista do terraço.

56. Primavera Hostel - Barcelona, Espanha

Liderado por um grupo de jovens, o Primavera Hostel fica numa ótima localização em Barcelona, e tem um visual vintage, cheio de detalhes!



Os voluntários elogiaram o cuidado das anfitriãs com o bem-estar de todos, os almoços compartilhados e como se sentiram em casa.

57. Bergsmansgård – Söderbärke, Suécia

Um pequeno hotel com 40 camas no interior da Suécia, com uma atmosfera de "casa da vó", o Bergsmansgård é liderado pelo casal de anfitriões Fridus e Roswitha. Foram elogiados pelos voluntários, que se sentiram muito acolhidos e desenvolveram novas habilidades.

Estão na lista dos melhores anfitriões da Worldpackers em 2021 também pela boa estrutura, oferecendo possibilidade de quarto privado, ensinando aos voluntários sobre gastronomia local e proporcionando oportunidade de aprender como funciona uma pousada na prática.



58. CoDE Pod Hostels - THE CoURT – Edimburgo, Reino Unido

O Code Pod Hostels - The Court é o segundo hostel da rede em Edimburgo, capital da Escócia. O cenário é único: uma antiga prisão restaurada, bem no centro histórico. Os voluntários elogiaram as waffles do café da manhã, e também a limpeza.

A anfitriã Agata tem uma equipe de 10 pessoas em tempo integral, e mais 4 a 8 voluntários, trabalhando todos juntos, compartilhando as refeições, cervejas e histórias!

59. Thatched Cottage Hotel – Hampshire, Reino Unido

O Tatched Cottage Hotel fica numa região tranquila no sul da Inglaterra, a apenas uma hora e meia de Londres. Os voluntários gostaram do ambiente que facilita o intercâmbio de cultural e da equipe dinâmica.



É um ótimo lugar para aprender inglês com voluntariado. Os anfitriões Matthew e David trabalharam com locação de barcos por 12 anos antes de abrirem o Thatched Cottage Hotel, há 5 anos.

60. Highgrove House – Shropshire, Reino Unido

O último hostel da nossa lista de melhores anfitriões da Worldpackers em 2021 fica numa região montanhosa da Inglaterra. A Highgrove House é para quem cuidar de cavalos, brincar com cachorros, fazer trilha e tudo que envolve natureza...enquanto aprende inglês!

Mais sobre melhores anfitriões da Worlpackers:



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor



Mais sobre esse tema