Categorias

Minha experiência Worldpackers em Dublin!

Vivi a experiência Worldpacker por três semanas na Marilyn Mansion’s Guesthouse, em Dublin – Irlanda, em setembro de 2017 – e foi uma das melhores escolhas que já fiz!


4a060279dd76f5620a7361d6bb1b148f

Caroline

Brazilian, SP, 24. | traveller ∙ advertising pro ∙ photography lover ∙ inspired by people ∙ World...

Mar 27, 2018

Entrada do Marilyn Mansion Guesthouse

Por que você escolheu esse anfitrião

A oportunidade na Marilyn Mansion’s Guesthouse estava dentro de quesitos que eram muito importantes para mim: duração de estadia ideal para meu plano de viagem, tarefas compatíveis com meu perfil (recepção/administrativo) e uma coleção de bons feedbacks de Worldpackers que já tinham vivido a experiência.

Como era o seu dia-a-dia como Worldpacker

Minhas tarefas como Worldpacker começavam às 5 PM e acabavam à meia noite, de quinta a domingo. Algumas das atividades eram realização de check-ins, gestão do caixa, organização e preparação do café da manhã para os hóspedes, indicações turísticas e manutenção da limpeza dos espaços comuns do hotel.

Minha rotina era tranquila e me permitia conhecer pessoas de diversos lugares do mundo e um pouco de suas diferentes culturas.

Além disso, pratiquei (muito!) inglês e espanhol, aprendi como funciona o dia-a-dia de um hotel e como ter jogo de cintura para resolver situações de forma rápida - importante quando existe interação com o público. 

Quais lugares conseguiu conhecer no seu tempo livre

Nos dias de folga, pude conhecer os incríveis Cliffs of Moher, Wicklow Mountains National Park, Giant’s Causeaway e Carrick-a-Rede, com suas paisagens de tirar o fôlego (às vezes literalmente, pois a caminhada é longa! hehe) e uma vibe incrível.

Também nas folgas conheci Howth, Kilkenny, Galway e Malahide – cada local com sua beleza, mas todos refletindo muito bem a cultura irlandesa.

Também me diverti muito fora das folgas: a melhor parte era poder caminhar por Dublin e admirar sua história e seus lindos prédios baixos. Nessas caminhadas, conheci museus (vários deles com entrada gratuita), igrejas, parques, lojas e muitos (muitos mesmo!) pubs. 

jovens aproveitando o tempo livre no alto de uma montanha

Quanto gastou com alimentação, transporte e passeios

Para viver a experiência, reservei uma faixa de 65 euros/dia – valor recomendado para a passagem pela imigração. No entanto, meus gastos foram bem inferiores a isso, visto que economizei bastante em alimentação (tomava café da manhã no hotel e cozinhava pelo menos uma refeição no dia) e em transporte, já que preferia caminhar pela cidade para conhecê-la melhor.

Para os momentos de lazer, economizava pesquisando as melhores tarifas (no caso das viagens mais longas) e levando lanches preparados no hotel para não gastar muito em restaurantes.

Qual é a coisa mais incrível sobre esse anfitrião

O staff era super receptivo e divertido, e a localização do hotel também era ótima: vizinhança tranquila, muito segura e próxima o suficiente do centro para caminhar até lá.

Para que tipo de viajante você mais recomenda esse anfitrião

Recomendo esse anfitrião para pessoas que gostam de interagir com públicos de diferentes idades e culturas, e que queiram viver a cultura e a experiência irlandesa. 

Sláinte!



4a060279dd76f5620a7361d6bb1b148f

Caroline

Brazilian, SP, 24. | traveller ∙ advertising pro ∙ photography lover ∙ inspired by people ∙ World...

Mar 27, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar carolinepersan saber :-)


Comentários