1. A realidade de quem cria conteúdo

Antes de tudo, vamos falar um pouco mais sobre a realidade de quem cria conteúdo. Esqueça a ideia do escritor vocacionado. Dom existe e textos inspirados também, mas não é assim que funciona para a maioria de nós.

8e059d730de0401a13c0df76ae52fae9

Luan

Abr 30, 2020

2min

escrever sobre viagem

Não é nenhuma surpresa se você costuma romantizar o trabalho de quem escreve

Os filmes mostram pessoas extremamente apaixonadas por suas obras, criadores enigmáticos, bem sucedidos e absurdamente inteligentes. Parabéns se você se encaixa no perfil cinematográfico de quem escreve como profissão, mas sem muitos rodeios, esse tipo romântico é ficção

A recompensa de quem cria conteúdos remunerados não tem nada a ver com fama ou status. A maioria de nós quer meter o pé na estrada, viver com mais desapego e liberdade, ter mais controle do próprio tempo e autonomia para definir as prioridades. 

O criador de conteúdo não quer viver dentro de um escritório:

  • Seja para viver como mochileiro e nômade digital 
  • Ou ter mais disponibilidade para ficar em casa

Esse é o grande poder de quem vive de escrever: a palavra vai por onde você for. Num barco no meio da Amazônia ou no Central Park de Nova Iorque, você pode ganhar dinheiro produzindo conteúdo. 


travel writer produtor de conteúdo 

A sua vontade de escrever é essencial para que o resultado de seu trabalho seja tão bom quanto pode ser. Se existe interesse genuíno, o texto será relevante, único e alcançará mais pessoas. Mas, se você escreve por obrigação ou motivado somente pela grana extra, seu texto ainda pode ser bom, mas dificilmente atingirá todo o potencial. 

Mais uma vez, não vamos romantizar o ato de escrever. Ter vontade de escrever não é a mesma coisa que trabalhar sempre sorrindo e empolgado. Tem dias que você vai querer jogar o computador na parede. Mesmo assim, você vai querer continuar, nem que seja depois de se acalmar.

O segredo é escrever até cansar os dedos

Escrever é trabalho. Desenvolver a escrita depende unicamente de prática, treino e dedicação. 

Produtores de conteúdo, como eu e você, que pagam contas e vivem no mundo real, precisam sentar diante de uma tela branca de computador, escrever e reescrever, fazer ajustes até cansar os dedos e suar a camisa como todos os outros trabalhadores do planeta. 

Veja bem, se você é alguém que acredita no próprio potencial, o caminho para desenvolver a própria escrita será mais interessante. Isso porque você entende que os resultados dependem muito mais do seu esforço do que qualquer outro fator. 

Se você espera que uma luzinha mágica acenda dentro de você toda vez que começar a escrever um novo conteúdo, há uma forte chance de seu caminho se tornar obscuro e bastante confuso. Talvez você nem saia do lugar. Escolha a primeira alternativa. Vá pela lógica do treino contínuo

Aqui é o lugar de quem se compromete a aprender e melhorar de maneira progressiva. Por isso você está lendo este Guia. Você quer descobrir meios de: 

  1. Escrever melhor
  2. Produzir conteúdo mais atrativos 
  3. Ganhar uma grana com seus textos sobre viagem

Claro que você ainda vai escrever até cansar os dedos. O trabalho de escrever ainda exigirá boa dose de esforço, mas acredite: seu resultado vai valer a pena