O guia do perfil perfeito: criando vagas incríveis na Worldpackers

Vagas completas e atrativas recebem mais (e melhores) aplicações de viajantes. Confira nossas dicas para deixar seu perfil ainda melhor.

O primeiro contato que você terá com seus viajantes será por meio de seu perfil na Worldpackers, antes mesmo de o voluntário se aplicar à vaga. Por isso, é essencial que ele consiga transmitir todas as informações mais importantes sobre sua propriedade - desde as mais básicas sobre o que você oferecerá, até descrições claras das atividades e regras.

Escolha bem as imagens de seu perfil

Essas imagens, junto ao título da vaga, serão seu cartão de visitas. Por esse motivo, invista tempo para escolher a melhor imagem que combine com aquela vaga como capa: para uma posição de recepção, por exemplo, prefira fotos da área comum da sua propriedade, ou imagens que transmitam a ideia de socialização, que é tão valorizada em um recepcionista.

Qualidade e quantidade de imagens em sua Galeria de Fotos também são pontos indispensáveis: tenha de 8 a 20 imagens, todas em alta qualidade (sem borrões ou aqueles quadradinhos que dificultam a visualização da foto) e que mostrem bem o local: inclua imagens dos aposentos onde os voluntários ficarão, dos ambientes comuns da propriedade, dos arredores, de pessoas interagindo no ambiente e da cidade.

Evite incluir muitas selfies, imagens de alimentos (a menos que sejam artísticas!), logotipos e imagens retiradas de bancos de imagens. Lembre-se que sua Galeria deve ser única, assim como sua propriedade é.

Em sua Imagem de Capa do perfil, coloque uma imagem que resuma a sua propriedade - normalmente a fachada. Já na Imagem de Perfil, opte por uma imagem de rosto para transmitir mais confiança ao viajante.

E não se esqueça de pedir ajuda aos seus voluntários: é bem comum que worldpackers fotografem super bem, além de terem uma visão única do seu local.

Use títulos criativos

Seu título deve despertar a curiosidade do voluntário e informá-lo sobre algo positivo sobre sua vaga ou propriedade, como “Ajude na limpeza da Pousada pela manhã e curta a praia à tarde!” ou “Precisamos de conteúdos fresquinhos! Topa?”.

Evite títulos muito longos (mais do que 65 caracteres), pouco interessantes (como apenas “Recepcionista”, ou “Procuramos voluntários”) ou com datas (ex.: “Precisamos de ajuda na recepção em Dez/2019”.). Utilize o campo de Descrição e a ferramenta de Disponibilidade das vagas para divulgar essas informações.

Horas e Habilidades

Sempre lembre que o voluntário estará em sua propriedade para que vocês tenham uma experiência interessante e enriquecedora. Por isso, peça uma quantidade de horas que ofereça ao viajante a oportunidade de viver a cultura local, e busque atividades que despertem o interesse dele e que o ensinem coisas novas.

A prática de 25h semanais é uma boa média para os dois lados, e o máximo de horas que permitimos a negócios de hospitalidade é de 32 horas por semana.

Atente-se para pedir ao worldpacker a quantidade de horas e tipo de atividades que estejam de acordo com seu perfil, a fim de evitar frustrações.

Ofereça boas recompensas

Muitos viajantes escolhem um anfitrião por conta das recompensas no perfil. Por essa razão, se possível, ofereça as refeições e outros extras que sejam possíveis em sua propriedade, como espaço para cozinhar e lavanderia gratuita. Recomendamos a oferta de, no mínimo, uma refeição.

Para evitar com que o worldpacker fique desamparado durante a experiência, somente selecione as recompensas que realmente poderão ser entregues a todos os viajantes. Se sua propriedade oferece, por exemplo, mais de um tipo de acomodação, deixe claro na Descrição de sua propriedade quais são as possibilidades e quando poderão ser utilizadas.

Dê detalhes das atividades na Descrição da Vaga

Quanto mais detalhada sua Descrição, mais alinhado o voluntário estará ao se aplicar à vaga. Dê informações claras sobre o tipo de atividade em que você precisa de ajuda, e outras informações que sejam essenciais para você, como que o viajante precisará levar algum tipo de equipamento, ou que sua propriedade não aceita bebidas alcoólicas.

Evite usar esse espaço para dar muitos detalhes técnicos sobre sua propriedade: você pode utilizar a Descrição da sua Propriedade para isso.

Ajuste seus requisitos

Os requisitos da sua vaga precisam levar em conta o que você busca em um voluntário em relação a idiomas, idade e até mesmo alguns documentos necessários.

Se você precisa de alguém para a recepção, por exemplo, é necessário que a pessoa tenha mais fluência no idioma local, enquanto uma vaga que não tem contato com o público não exige esse nível. Por sinal, não se esqueça de selecionar o idioma local de sua propriedade!

Em relação a idade mínima e máxima para aplicação, leve em consideração a vibe da sua propriedade: se sua propriedade é um party hostel, você provavelmente preferirá um público mais jovem para te ajudar. Temos um público diversificado na plataforma, e que isso é primordial para a experiência.

Cobrança de taxas

Caso sua propriedade necessite realizar a cobrança de taxas dos voluntários - em casos de Projeto Ecológico ou Social -, não se esqueça de incluir o valor, moeda e motivos para a cobrança a fim de oferecer o máximo de transparência para os viajantes.

Não incentivamos a cobrança de taxas em negócios de hospitalidade. No entanto, entendemos que, por alguns motivos, o anfitrião sente a necessidade de cobrar uma Taxa de Depósito reembolsável dos viajantes, que deve ser informada no perfil de forma clara e com todas as informações necessárias. Nesses casos, é importante lembrar que a taxa de depósito pode ser usada como uma forma de diminuir a quantidade de no-shows, mas nunca como uma forma de segurar o worldpacker na propriedade quando ele/ela demonstrar interesse em se retirar, visto que esse não é o propósito da plataforma.

Em ambos os casos, destacamos que a cobrança de taxas no perfil pode diminuir a quantidade de aplicações recebidas.

Atualize a disponibilidade

Não esqueça de manter a disponibilidade de suas vagas sempre atualizada. Isso é útil não só para o viajante, que não se frustrará ao ter uma aplicação rejeitada, como também para sua posição no ranking de busca da Worldpackers, que tem como alguns de seus critérios o tempo e a taxa de resposta às aplicações.

Ajuste seu tempo de estadia

Por nossa experiência, sabemos que as experiências têm validade. Após determinado tempo, tanto o worldpacker quanto o anfitrião podem passar a ter certos problemas de convivência, ou até mesmo confundirem a relação colaborativa com uma relação de trabalho - o que foge da proposta da Worldpackers. Por isso, indicamos que o tempo máximo de estadia de um voluntário na propriedade seja de 3 meses. Isso ajuda na renovação da energia da propriedade, que sempre receberá novos worldpackers, e também a receber mais aplicações.

Também entendemos que uma boa experiência precisa de um tempo mínimo que permita ao voluntário conhecer bem as atividades - e até mesmo o local. Por esse motivo, indicamos que vagas artísticas, como de comunicação e artes, tenham um período mínimo de 5 dias a 2 semanas, enquanto vagas operacionais tenham de 2 a 4 semanas de duração. Ainda para garantir a qualidade das trocas, recomendamos que o tempo mínimo de estadia não ultrapasse 4 semanas.

Adicione vídeos em seu perfil

Caso sua propriedade já tenha um vídeo hospedado no Youtube, inclua-o em sua página: os viajantes adoram conhecer mais sobre o lugar onde terão suas experiências!

Use esse material para mostrar a propriedade, dar informações sobre o tipo de ajuda que precisa, e se apresentar aos worldpackers.

Caso você ainda não tenha um vídeo, uma ideia para alavancar seu projeto é criar uma vaga de videomaker para que um voluntário te ajude nas filmagens e edição de um bom vídeo. Isso pode te ajudar não só a deixar seu perfil mais atrativo, mas também a gerar mais reconhecimento para seu projeto em suas mídias sociais.

Adicione perguntar estratégicas em seu Questionário

É preciso que você faça as perguntas corretas para filtrar melhor as aplicações recebidas e avaliar com as respostas se o voluntário tem o perfil que você busca. Se você precisa, por exemplo, de worldpackers que tenham experiência como bartenders, adicione a pergunta “Você já teve alguma experiência como Bartender? Como foi?”. Isso te ajudará a alinhar as expectativas com os viajantes desde o início.

Descreva sua propriedade, atividades e regras com clareza

Para que o worldpacker consiga identificar se a experiência que você propõe combina com os objetivos dele, você deve adicionar descrições claras de sua propriedade, regras e atividades, informando qualquer ponto que você julgue importante para a sua experiência.

No momento de redigir esse texto, reflita sobre o tipo de voluntário que você busca, as regras fundamentais de sua propriedade e quais serão as atividades específicas e turnos em que você precisa de ajuda. Assim, você já se planeja melhor para receber o viajante, e ele chega bem preparado para a experiência.

Não se esqueça de adicionar tags ao seu perfil para que ele seja facilmente encontrado quando um viajante precisar buscar por essa tag específica. Isso te ajuda a receber aplicações mais direcionadas.

Basta uma vaga para cada grupo de habilidades

Você pode receber quantos voluntários quiser para uma mesma vaga e, por isso, não precisa criar diversas vagas iguais. Ao confirmar uma viagem com seu voluntário, você tem a opção de fechar sua vaga para não receber mais aplicações, ou continuar recebendo aplicações caso precise de mais viajantes para aquele tipo de atividade naquele mesmo período. 

Esperamos que essas dicas ajudem seu perfil a ter muitas (e excelentes) aplicações! E lembre-se: nossa equipe está pronta para te ajudar com mais dicas para que sua experiência seja incrível! Em caso de dúvidas, entre em contato com a gente em hosts@worldpackers.com.


Curtiu? Mande um Obrigado! Dúvidas? Comente :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor