O que fazer em Brasília: as melhores atrações da capital nacional

Descubra os mais famosos pontos turísticos de Brasília e navegue nesse guia recheado de dicas sobre o que fazer na capital do Brasil.

9min

o que fazer em brasília

Para saber o que fazer em Brasília é necessário entender primeiro sobre sua construção que foi a concretização de um projeto nacional bem antigo já, cujo intuito era o de levar a capital do nosso país para o planalto central. Essa obra aconteceu entre 1957 e 1960 e foi viabilizada pelo governo de Juscelino Kubitschek.

E vocês sabiam que Brasília foi feita sob encomenda?! Pois é, em 1957 foi realizado um concurso nacional para definir o desenho urbano da futura capital federal e o vencedor foi Lúcio Costa. 

Após alguns anos e muito trabalho, a cidade foi inaugurada em 21 de Abril de 1960. Em 1987, a cidade se tornou a mais nova a se tornar Patrimônio Histórico da Humanidade, que acabou sendo importante para a preservação do Plano Piloto.



Aqui existem regiões só de hotéis, clubes, bancos, embaixadas e por aí vai. Outro aspecto interessante é o Marco Zero que é a Rodoviária do Plano Piloto. 

Trata-se do local que marca o início da construção de Brasília e nada mais é que o cruzamento de duas vias, o Eixo Rodoviário (Eixão) e o Monumental. Deste ponto, tudo que fica a esquerda é Asa Norte e a direita Asa Sul.

Muita gente vem pra cá mais como passagem para algum outro destino, normalmente, a Chapada dos Veadeiros. 

Confira nosso Guia de atrações gratuitas na Chapada dos Veadeiros para você viajar depois de descobrir tudo o que fazer em Brasília e região, e veja também o que fazer em Caldas Novas, a 330km da capital federal.

Caso queira aproveitar as atrações mais procuradas em Brasília e curtir a cidade com mais tempo, a opção perfeita é através do voluntariado em Brasília com a Worldpackers. 

Confira as melhores atrações de Brasília: 

O que fazer em Brasília: pontos turísticos do plano piloto



Torre de TV

Um ponto turístico clássico, trata-se de um marco visual da cidade. Considerada a segunda estrutura mais alta do país com 230 metros.

No primeiro piso, o mezanino é um espaço para eventos com 360° que alternam restaurantes itinerantes.

O acesso ao mirante, que fica a 75 metros do chão é um passeio imperdível e gratuito e te ajuda a entender toda a disposição da cidade. Ao pé da torre, funciona uma feira de artesanato e comida de quarta a domingo.

Catedral de Brasília

Se você está de visita à capital do Brasil e procura o que fazer em Brasília, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida é parada obrigatória devido sua importância arquitetônica no destrito federal.

O desenho remeteria a coroa de espinhos de Jesus Cristo na Paixão, ou a mãos estendidas em formato de súplica.

A frente dela encontram-se quatro esculturas em bronze com três metros de altura, representando os Quatro Evangelistas e ao lado um campanário de 20 metros de altura sustenta quatro grandes sinos.

Alameda das Bandeiras e Esplanada dos Ministérios

Perto do Congresso, no oposto à Praça dos Três Poderes, temos a Alameda das Bandeiras, com a representação dos 26 estados da federação mais o distrito federal.

Daqui analisamos melhor todo o gramado que fica entre os dezessete blocos idênticos dos ministérios, sendo 10 ao Norte e 7 ao Sul.

O que fazer em Brasília: praça dos três poderes



Além do incentivo de Juscelino Kubitschek para tirar os planos do papel, o arquiteto Oscar Niemayer teve tamanha relevância, pois foi o diretor técnico do projeto dando os contornos a todos edifícios. 

Nestes locais abaixo, podemos observar três edifícios monumentais que representam os três poderes da República e é um dos principais pontos turísticos  de Brasília.

Congresso Nacional

Com dois prédios em forma de "H" com 100 metros de altura e 28 pavimentos e duas cúpulas, o Palácio Nereu Ramos é a sede do Legislativo. 

A cúpula maior (côncava) é a da Câmara dos Deputados e sugere que o plenário está aberto ao povo. A cúpula pequena (convexa) é do Senado e representa a vontade do Estado, sendo voltada para baixo.

Palácio do Planalto

O palácio do planalto em Brasília é o local de trabalho da Presidência, ou seja, o poder Executivo. 

Também abriga a Casa Civil, com revestimento de mármore branco e 4 andares visíveis, embora tenha anexos e subsolos. 



Supremo Tribunal Federal

Por último, das opções do que fazer em Brasília dentro da praça dos três poderes, o último poder representado: a corte máxima do Judiciário. Além de seguir as linhas do Palácio do Planalto, internamente possui inúmeras obras de arte de vários artistas. Vários prédio de Brasília ficavam abertos a visitação mediante agendamento antes da Pandemia do Covid-19.

A praça conta com outras edificações e monumentos, como o Museu da Cidade que preserva os trabalhos relativos à história da construção de Brasília e em sua parte externa conta com "Cabeça de JK" e a Escultura dos Candangos, homenagem aos trabalhadores, principalmente nordestinos, que levantaram a cidade do zero.

Com entrada gratuita, seu interior, além de guardar vários símbolos históricos da Igreja Católica consegue ser tão linda quanto o exterior.  Suas paredes guardam uma curiosidade interessante: devido ao formato curvo, caso uma pessoa fale mesmo que baixo em uma extremidade, consegue ser ouvida por outra no lado oposto. É bem legal!

Também é possível contemplar os edifícios do Palácio da Justiça a direita, que é a sede do Ministério da Justiça e o Itamaraty a esquerda, sede dos Ministério das Relações Exteriores como podemos ver na foto abaixo. 

Curiosamente, um dos mastros fica vazio para içar a bandeira da nação que possa estar em visita internacional ao nosso país.

Ainda na região central, existem vários outros atrativos, como o Estádio Mané Garrincha, Cine Drive-In, Museu Nacional, Memorial dos Povos Indígenas, Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek, entre outros.

Brasília foi uma cidade construída para veículos, até mesmo pela época que foi projetada, a indústria automobilística nacional estava em franca ascensão. Então, as atrações não são lá muito próximas uma das outras, sendo necessário utilizar de algum transporte, seja carro ou ônibus. 

E a cidade tem um custo de vida mais elevado também, sendo assim, aconselho a pegar algumas dicas de como economizar em viagens. Ainda sim, a maioria das atrações são gratuitas.

Confira também 8 destinos baratos e de tirar o fôlego no Brasil e descubra 15 lugares baratos para viajar como voluntário 

TOP 7 pontos turísticos de Brasília, a capital do Brasil



1. Igrejinha Nossa Senhora de Fátima e Super quadra modelo

Como quase todos os monumentos e edifícios de Brasília, ela foi projetada por Niemayer e foi construída em apenas 100 dias e inaugurada em 1958. Seu revestimento externo é uma obra de azulejos do renomado Athos Bulcão, artista que possui azulejos em outros monumentos pelo Brasil, fazendo a arte chegar a toda população.

Próximo dali, andando para a esquerda é possível chegar a Super Quadra 308 Sul, considerada modelo, pois foi referência para as demais. 

Nela temos aqueles prédios horizontalizados clássicos de Brasília que tem no máximo 6 pavimentos. 

No seu entorno há toda infraestrutura necessária para atender a necessidade dos moradores para não precisar sair de carro para nada, pois há clube, escola e jardim de infância, posto de saúde, biblioteca, espaço cultural, supermercado e a igreja.

2. Santuário São João Bosco

Um dos templos religiosos mais conhecidos da cidade, especialmente por seus vitrais e recebe milhares de turistas por ano. É considerada uma das Setes Maravilhas do Patrimônio Cultural de Brasília. 

É dedicada ao segundo padroeiro da cidade que teria profetizado a existência da capital federal durante um sonho em meados do século XIX. A sua construção foi iniciada em 1963 e finalizada apenas 1970 e elevada a santuário apenas em 2017.

Aqui contém oitenta colunas de dezesseis metros e entre elas os vitrais com 12 tonalidades de azul, portas de ferro e bronze com momentos da vida de Dom Bosco gravados em baixo-relevo, uma cruz esculpida em único pedaço de cedro e um lustre central com mais de duas toneladas e três metros e meio de altura com pedaços de vidro vindos de Murano-Veneza e o altar é uma única peça de mármore.

3. Pontão Lago Sul



Não o bastante  nesse local aqui, além de curtir o visual do Lago Paranoá, a Ponte JK e o setor de clubes, você tem opções gastronômicas variadas, desde comida japonesa, contemporânea, massas, sanduíches, etc. 

Vale muito uma visita aqui para, no mínimo, apreciar a paisagem uma vez que a entrada é gratuita e você pode apenas ver o tempo passar e relaxar.

E esse lago acima de tudo oferece condições para esportes náuticos e aquáticos, então é comum verem lanchas, kitesurf, jetski, caiaques e stand up paddles. Inclusive, os vários clubes aqui perto alugam o material para realizar tais atividades e eu não ia perder essa oportunidade né?! 

4. Parque Ecológico Dom Bosco

E se você procura o que fazer em Brasília para contemplar a natureza, é possível observar ainda no entorno desse lago maravilhoso, que proporciona uma brisa deliciosa e uma sensação de liberdade incrível, temos este parque com várias opções para os amantes da atividade física e prática esportiva, pois há várias trilhas, e você pode nadar, praticar skate no estilo downhill, bike ou simplesmente fazer um piquenique aqui, já que é costume dos brasilienses essa prática, inclusive. 

Então, não deixe de levar seu traje de banho e roupas confortáveis e um vinho, umas frutas e uns queijos.



5. Jardim Botânico de Brasília

Além de ter sido o primeiro do Brasil, existe uma infinidade de opções de lazer por aqui. 

Eu não imaginava que a capital federal promovia tão bem a qualidade de vida de seus moradores e isso é incrível.

E não é por ser mais afastado do Plano Piloto que este local não mereça o devido destaque, pois aqui também há várias trilhas, um orquidário, parque infantil, casa de chá, biblioteca, jardins sensoriais, contemplativos e temáticos.

6. Salto do Tororó

Por mais incrível que possa parecer, o Distrito Federal tem cachoeira, galera! Eu também nunca imaginaria. 

Está localizada aproximadamente 30km do centro em uma cidade satélite e você paga apenas R$10 pelo estacionamento. A trilha não é muito longa, por volta de 1,5km com nível relativamente fácil, e pode ser concluído em uns 30 minutos, apesar do terreno acidentado em alguns pontos.

É uma queda de 18 metros de altura, com poço em cima e embaixo e uma leve corredeira mais abaixo. 

O melhor horário é no meio do dia, que há mais sol sobre o local, valorizando tudo por lá. 

7. Parque Nacional de Brasília

E por último, mas não menos importante, o Água Mineral, como é popularmente conhecido por lá é uma ótima opção do que fazer em Brasília numa tarde ensolarada. 

Situado a apenas 10km do centro, foi criado em 1961 e possui uma enorne área de preservação ambiental. Até então, o ingresso inteira custava R$28, mas durante boa parte da pandemia, a entrada estava sendo gratuita.

Além das piscinas velha e nova, há várias opções de trilhas, como a da Capivara, Cristal Água, União, sem contar a maravilhosa contemplação da vida silvestre.



A capital federal ainda é um destino pouco explorado pelos viajantes mas pode apostar que lá em Brasília ainda há muita coisa para se fazer e pontos turísticos famosos para conhecer. 

Não perca a oportunidade de viajar para Brasília você também, e se estiver fazendo um mochilão pelo Brasil, continue viajando com os artigos da Worldpackers: 



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor


Mais sobre esse tema