Quer uma passagem de até US$500 grátis?
Envie sua resposta até 31/07 e tenha a chance de ser premiado.

O que fazer em Praga além do convencional: passeios fora do comum

Quer saber o que fazer em Praga além dos pontos turísticos mais batidos? Fuja do óbvio e descubra o melhor da República Tcheca.

8min

O que fazer em Praga

Cidades, assim como as pessoas, têm particularidades que as tornam únicas. E Praga é um dos destinos mais únicos que já conheci. Já dá para perceber isso nos roteiros mais tradicionais, mas melhor ainda se você descobrir o que fazer em Praga além do comum.

Afinal, muitas vezes estamos tão focados em seguir a rota turística que perdemos os pequenos detalhes encantadores da vida cotidiana no lugar, especialmente se nosso tempo por lá é curto. 

Por isso, hoje eu trouxe um guia de atividades diferentes para fazer em Praga. Preparado para colocar essa cidade linda na sua lista de desejos?

Leia também:

Por que visitar Praga?

Embora Praga seja uma cidade bastante turística, muitos brasileiros não incluem a cidade no roteiro pela Europa. Mas viajar pelo Leste Europeu pode ser uma das experiências mais incríveis da sua vida. 

E o melhor é que sai bem mais em conta que algumas outras cidades mais cobiçadas. Afinal, Praga está entre as cidades mais baratas da Europa para mochilar e para viver como nômade digital.

E olha que o baixo custo é apenas um dos milhares de motivos para conhecer esse destino. Veja só alguns outros:

A cerveja é mais barata que água

Não é um exagero. Em muitos bares em Praga você encontra cerveja de qualidade por menos de 2 euros. Em alguns casos, é literalmente mais barato que comprar uma garrafinha de água ou uma Coca-Cola.

Sabia que a cerveja Pilsner foi criada por lá? Além disso, os tchecos são os maiores consumidores de cerveja do MUNDO! Isso mesmo: a média de consumo por lá é 143 litros por habitante.

Alguns tchecos até bebem no trabalho, dependendo do nível de formalidade do lugar. Perdi a conta de quantas cervejas ganhei do meu anfitrião no mês em que fiz voluntariado na capital. E depois dizem que não existe trabalho perfeito! 

Ah, fica aqui um spoiler: no final do artigo, vou contar como funciona esse voluntariado que te permite ficar em Praga sem pagar por hospedagem.

A história da República Tcheca é trágica, mas fascinante

Quem vê a energia pulsante da cidade não imagina que ela tem um passado tão sombrio. O país foi ocupado pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial e depois disso esteve sob um regime comunista que durou mais de 40 anos. Antes disso, houve várias batalhas religiosas que também devastaram o lugar.

Apesar do passado trágico (ou talvez por causa dele), hoje a cidade é um símbolo de liberdade, literatura, arte e música.

A arquitetura da cidade é de cair o queixo

Sabe quando você visita uma cidade e tem a sensação de que absolutamente tudo lá é lindo? Praga me deu essa sensação. 

Às vezes eu planejava visitar alguns lugares específicos, mas ficava tão distraída pelos prédios, pelos becos cheios de lojinhas singulares e pelas ruas de paralelepípedo que acabava mudando de planos e passava o dia vagando sem rumo. A cidade inteira é como um segredo que eu não podia esperar para desvendar.

A arquitetura é belíssima. O Castelo de Praga é o maior do mundo e dá um show para quem ama cidades medievais e prédios no estilo gótico. Mas se engana quem acha que não há modernidade por lá também. A Casa Dançante é um exemplo disso.



O que fazer em Praga além do tradicional

Ainda não sabe o que fazer em Praga? Os passeios mais clássicos na capital da República Techa são imperdíveis. Não dá pra não atravessar a Charles Bridge e suspirar com sua beleza, nem deixar de visitar o Castelo de Praga, ou fazer umas comprinhas merecidas na Praça Venceslau. Afinal, essas são algumas das melhores atrações de Praga. Contudo, a cidade é muito mais que seus pontos turísticos.

Se você quer ir além do esperado durante a sua visita e descobrir o que fazer de diferente em Praga, confira nossa lista de atividades fora da caixinha para incluir no seu roteiro.

Beber em um dos bares subterrâneos



Praga já passou por várias inundações. Como consequência, as pessoas começaram a elevar o nível das construções. Isso fez com que praticamente uma cidade inteira ficasse abaixo do nível do chão. 

Por isso, muitas das atrações de Praga são subterrâneas, incluindo bares. Imagina só descer uma escadaria estreita de pedra bruta apenas para descobrir as maravilhas que se escondem sob a superfície! Em Praga, você pode.

Conhecer o castelo e o cemitério em Vyšehrad



Todo mundo conhece o Castelo de Praga, mas pouca gente sabe sobre o outro castelo da cidade, que é tão lindo quanto, e muito mais tranquilo. Apesar de não ser exatamente um tesouro escondido, você raramente vai encontrar multidões e filas gigantescas por lá.

Vyšehrad é um forte construído por volta do século 10. Ele fica acima do rio Vltava e de lá você pode apreciar uma das vistas mais incríveis da cidade

Dá pra passar um dia inteiro se maravilhando com a natureza, as esculturas, a Basílica e, é claro, um dos cemitérios mais famosos da cidade. E quando você cansar, pode sentar em um dos cafés charmosos e apreciar uma bebida quentinha, comer alguma coisa ou se deliciar com uma taça de vinho.

Visitar o Museu da Tortura

O que não falta em Praga são museus levemente bizarros. Desde museus de fantasmas e lendas até um de três andares com uma exposição de brinquedos sexuais do passado. Você não vai ficar entediado!

Mas dentre todos os que visitei por lá, o mais estranho e fascinante foi o Museu da Tortura Medieval. São dois andares explicando sobre os objetos usados durante a inquisição. 

O lugar todo é bem escuro e um pouco claustrofóbico, o que para mim só completa a experiência. Se você tem um gosto pelo macabro, esse passeio é imperdível.

Apreciar as estátuas bizarras (e adoráveis) do David Cerný



Antes de ir para Praga, eu não fazia ideia de quem era David Cerný, mas voltei da viagem completamente apaixonada pelas obras dele. Elas estão por todo lugar na cidade, não apenas em museus. 

Suas obras são bem controversas, mas trazem reflexões muito bacanas sobre a história de Praga durante o domínio soviético. Para vocês terem noção, ele ficou famoso em 1991 por pintar um tanque cor de rosa como memorial de Guerra. E não para por aí: uma das suas estátuas mais famosas é de dois homens urinando na bandeira da República Tcheca.

A minha favorita é uma obra chamada Brown Nosers, que é basicamente uma estátua gigantesca de um homem curvado para frente em uma posição comprometedora. As pessoas podem subir em uma escada e espiar através do…bem, vocês entenderam.

Passear por Žižkov



Žižkov é o bairro charmoso onde a Torre de TV mais infame de Praga está localizada. Apesar da torre dividir opiniões entre os tchecos, que dizem ser a construção mais feia da cidade, eu adorei! Mas Žižkov vai muito além da Torre. 

O bairro é muito frequentado por estudantes e viajantes do mundo todo em busca de uma noitada agitada que caiba em todos os bolsos.

Mesmo durante o dia, vale a pena passear pelas ruas encantadoras e reforçar sua dose diária de cafeína em um dos cafés da região. Se você ama arte de rua, pessoas com uma vibe única e lugares bem autênticos, então Žižkov é o lugar pra você.

Ir a um Spa de Cerveja



Como mencionei antes, a cerveja em Praga é mais barata que água. Não é à toa que a cerveja é quase uma atração turística por si só na cidade. Você pode beber o quanto quiser por lá sem zerar sua conta bancária, e se quiser pode até se banhar nela.

Sim, isso mesmo: há vários spas de cerveja na capital. De acordo com os tchecos, tomar banho de cerveja traz inúmeros benefícios para o corpo e para a mente. Será que é verdade mesmo? Só testando para saber.

Visitar uma igreja feita de ossos humanos em Kutná Hora



A República Tcheca não é o primeiro país a ter igrejas construídas com ossos humanos, mas certamente abriga uma das mais fascinantes.

O Ossuário de Sedlec é uma obra de arte composta de restos mortais. Mas calma! Não é um lugar assustador (bem, talvez para alguns, mas ainda assim vale a pena). A intenção da construção foi lembrar as pessoas dos limites da existência e da importância de respeitar a vida. Bonito, né?

Esse passeio não fica em Praga, mas é bem fácil fazer um bate-volta para lá. Kutná Hora fica a apenas 80km da capital e há trens indo para a cidade o dia inteiro.

Aproveitar a vida noturna



A vida noturna em Praga é um espetáculo! Sempre há muito o que fazer, não importa que tipo de viajante você seja. Se você gosta de jazz, vale a pena conhecer alguns dos diversos bares com música ao vivo e muita boemia. Se está em busca de algo mais romântico, que tal passar a noite em um dos passeios de barco à luz de vela?

E se você quer explorar o lado mais macabro da cidade, um passeio imperdível é o Nightmare Prague Horror Bar, ambiente subterrâneo inspirado em clássicos do terror. É ou não é de arrepiar?

Andar (e muito)!

Como vimos, há muito o que fazer em Praga além da típica rota turística. Mas nada é melhor que apenas caminhar pelas ruas de paralelepípedo, explorar os becos escondidos, se perder em meio à impressionante arquitetura gótica e apenas apreciar a aura de magia que cerca a cidade.

Eu amo caminhar sem rumo quando viajo. É assim que descubro meus lugares favoritos. Mas se você está com o tempo curto e quer aproveitar a cidade a pé sem perder nada, pode fazer um passeio guiado, ou Walking Tour

Muitos deles são gratuitos e te permitem conhecer a cidade pelo ponto de vista de um nativo. Eu fiz o One Prague Tour quando fui para lá e foi uma experiência maravilhosa.

Leia também:

Fazer um voluntariado com a Worldpackers



Fazer um voluntariado é a melhor maneira de realmente conhecer a cultura de um lugar e ainda gastar pouco. Trocando suas habilidades por acomodação e outros benefícios como refeições e passeios, você pode explorar o destino como um morador e se aventurar pelos seus cantinhos escondidos sem pressa. 

Para encontrar oportunidades de voluntariado na Europa, confira as vagas disponíveis na Worldpackers, plataforma online que promove esse tipo de viagem colaborativa.

Eu passei um mês no Charles Bridge Hostel e foi transformador. Conheci pessoas do mundo todo, fiz amizades que vou levar para a vida inteira e conheci um lado da cidade que eu jamais teria descoberto se não tivesse voluntariado lá. E ainda ganhei vários tours por Praga de graça! Como não amar?

Além desse hostel superlegal, existem outros ótimos anfitriões que oferecem voluntariado na República Tcheca. Olha só alguns exemplos:

No fim, saí de Praga com um novo grande amor: a cidade! Espero que vocês também possam se apaixonar por esse país maravilhoso. 

Para saber mais sobre viagens e voluntariado, siga as redes sociais da Worldpackers: estamos no Instagram, no Tiktok e no YouTube!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor


Mais sobre esse tema