O que fazer em Urubici: conheça a região serrana de Santa Catarina

Descubra tudo o que fazer em Urubici e conheça um dos principais pontos turísticos do sul do Brasil na região serrana de Santa Catarina.

10min

O que fazer em Urubici

Sabe aquele lugar que te faz querer voltar muitas vezes em diferentes estações e para fazer algo novo sempre? Assim é Urubici, uma pequena cidade da região serrana de Santa Catarina e uma das mais frias do Brasil, sendo comum a presença de neve durante o inverno.

Suas belezas naturais são um prato cheio para os apaixonados por atividades outdoor, tanto que a cidade está entre os principais destinos de ecoturismo do Brasil. 

São lindos vales e montanhas cobertos pela mata, rios e cachoeiras de água cristalina, além da rica fauna. Não há de faltar o que fazer em Urubici, não importa o seu estilo de viagem!

As araucárias são um espetáculo à parte. A árvore nativa deixa as paisagens da Serra Catarinense ainda mais belas e sua semente, o pinhão, é muito nutritiva e utilizada no preparo de deliciosos pratos típicos como o entrevero, a farofa e o pudim de pinhão, além de ser consumido como tira-gosto depois de salpicado na brasa. 

Leia também: Praias de Itajaí, um paraíso em Santa Catarina

Quando viajar para Urubici 

A cidade pode ser visitada o ano todo, mas isso vai depender do quanto o viajante gosta ou não das temperaturas mais baixas.

Para quem quer descobrir tudo o que fazer em Urubici e ainda ter a possibilidade de ver neve em Santa Catarina, recomendo visitar a cidade na alta temporada, durante os meses de junho à agosto.

Estive em Urubici no mês de novembro e geralmente as temperaturas no início do dia ficavam entre 5 e 8 graus e nos pontos mais altos a sensação térmica era ainda menor, por conta do vento. 

Apesar do frio, o inverno é oficialmente a temporada de trekking, pois o céu fica mais limpo, o solo mais seco e a probabilidade de cruzar com animais peçonhentos diminui, considerando que estão em menor atividade neste período.

Como chegar em Urubici

Se você quer viajar para cidade e descobrir tudo o que fazer em Urubici, é importante saber que não existem muitas maneiras de chegar até o município, para aqueles que não possuem meios próprios de locomoção. 

Para quem busca como chegar em Urubici, os aplicativos de carona são a melhor opção no momento e além deles há uma única linha de ônibus operando atualmente que parte da cidade de Bom Retiro. 

Nesse caso é possível deslocar-se da capital catarinense para Bom Retiro via Reunidas e de lá para Urubici com a empresa Ituporanga, destacando que a frequência não é diária e que os horários de chegada e saída dos ônibus podem não ser convenientes. 

Quando estive na cidade também havia uma linha de ônibus de Florianópolis para Urubici via Reunidas, mas no momento não está ativa e não há previsão de retorno, conforme informado pela própria empresa.

Com certa organização, e um pouco de aventura, é possível chegar até a cidade tranquilamente e aproveitar a experiência que ela oferece, lembrando que, além dos atrativos mencionados neste artigo, há muitas outras atividades que podem ser feitas partindo de Urubici, como trilhas e travessias, visitação a cachoeiras, city tours e roteiros para conhecer vinícolas nas cidades vizinhas da serra catarinense.

Voluntariado em Urubici

Por se tratar de um dos mais famosos pontos turísticos de Santa Catarina e uma região luxuosa, a cidade de Urubici tem os mais diversos meios de hospedagens que agradam à todos os gostos. 

Mas devido à sua alta procura, se hospedar na cidade pode ser até um pouco caro para quem quer viajar barato pelo Brasil. Uma maneira de aproveitar tudo o que fazer em Urubici e ainda conseguir aproveitar a cidade e região como se fosse um morador nativo de lá, é através do intercâmbio voluntário. 

Leia mais: 


o que fazer em urubici santa catarina

É através do voluntariado que você é capaz de viver um experiência genuína de troca e colaboração e ainda se inserir na comunidade local, além de conseguir economizar uma graninha durante sua viagem!

Em Urubici você pode aproveitar as vagas de voluntariado para curtir alguns dos melhores pontos turísticos de Santa Catarina!

O que fazer em Urubici: TOP 10 atrações na cidade 

Há muitos atrativos em Urubici, se tratando de um dos principais pontos turísticos da região sul, alguns com entrada gratuita e outros com valor de ingresso bem acessível. 

A cidade não oferece transporte público para chegar até eles, mas se o viajante gosta de se aventurar a pé e de carona, como fiz quando estive lá, é possível conhecer boa parte deles. Além disso, alguns anfitriões deixam bicicletas à disposição dos voluntários, o que facilita bastante.

Neste artigo serão listados 7 locais para conhecer de forma independente, e 1 que pode ser visitado apenas com condutores habilitados do Parque Nacional de São Joaquim.

O que há em comum entre os atrativos é que todos proporcionam uma profunda experiência de conexão com a natureza exuberante da região. Sem dúvida uma prática restaurativa!

Descubra tudo o que fazer em Urubici e conheça as 1a0 melhores atrações da região serrana de Santa Catarina. 

Você também pode se interessar: 


cascata do avencal urubici

1. Cascata do Avencal

O acesso a parte superior da cascata é feito através do quilômetro 34 da SC-110 no sentido Urubici – São Joaquim, depois de percorrer mais 1,5 quilômetros de estrada de terra. 

Os dois parques instalados no local cobram entrada para visitação e também são oferecidas outras atividades, como rapel, salto de pêndulo e tirolesa, que não estão incluídas no valor do ingresso. 

Tanto o Parque Mundo Novo quanto o Parque Cascata do Avencal oferecem mirante para contemplação onde é possível observar os mais de 100 metros de queda livre da cascata de um lado e do outro lado o vale por onde passa o Rio Funil.

A cascata também pode ser avistada do deck das Inscrições Rupestres, no quilômetro 5 da SC-110. Para acessar a parte de baixo da cascata é preciso fazer outro caminho, acompanhando o curso do rio até o final da Estrada Geral do Rio Capoeiras, onde estão localizadas algumas pousadas de Urubici. 

No final do trajeto basta percorrer mais alguns metros de trilha pela mata, seguindo pelas pedras, e contemplar a grandiosidade da cascata.

2. Cachoeira da Neve e Cachoeira das Araucárias

O Sítio Arroio do Engenho fica bem próximo do centro de Urubici, a menos de 4 quilômetros, e está aberto à visitação diariamente. A propriedade conta com boa estrutura para camping e uma trilha ecológica curta e muito bem cuidada, em meio a mata nativa, que leva a 2 belas cachoeiras. 

A primeira delas é a Cachoeira da Neve que possui 85 metros de altura e é a grande atração, especialmente em noites frias e secas, já que nessas condições as gotículas de água se transformam em pequenos flocos de neve que se acumulam em frente a cachoeira e podem ser observadas junto a um lindo céu estrelado, fenômeno único e de grande beleza. 

A segunda é a Cachoeira das Araucárias com 50 metros de altura, acessada por uma trilha de pedras subindo a montanha e que revela uma paisagem espetacular. Há cobrança de ingresso para acessar o sítio e taxa para utilização da área de camping.

Continue viajando: A Praia do Rosa e 4 dicas para você economizar no paraíso


pontos turísticos urubici

3. Inscrições Rupestres

Outra das inúmeras opções para quem busca o que fazer em Urubici é o sítio arqueológico de Urubici. 

As inscrições rupestres ficam a cerca de 3 quilômetros do centro de Urubici, às margens da rodovia SC-110 no sentido de São Joaquim, e guarda as marcas dos povos que habitaram a região há milhares de anos, sendo a imagem mais nítida a chamada “Máscara do Guardião”. O local estava passando por melhorias quando o visitei. 

As inscrições haviam sido isoladas para que o patrimônio não sofresse danos, foi construído um deck para acesso a elas, de onde também se tem uma bela vista da Cascata do Avencal. 

4. Mirante Belvedere

Essa é uma opção do que fazer em Urubici com pouco dinheiro, por se tratar de uma atração gratuita; O mirante Belvedere fica localizado às margens da rodovia SC-110 no sentido de São Joaquim, cerca de 750 metros depois das Inscrições Rupestres. 

O mirante está posicionado a 1.170 metros de altitude, é considerado um bom local para apreciar o nascer do sol, além da vista da região central da cidade, que se encontra em um vale rodeado de belas montanhas. No local há um pequeno estacionamento e alguns assentos onde os visitantes podem ter um momento de pausa para contemplação.

5. Gruta Nossa Senhora de Lourdes

A gruta natural está localizada a 13 quilômetros do centro de Urubici, às margens da rodovia SC-370, no sentido do Morro da Igreja, e recebeu a imagem de Nossa Senhora de Lourdes em 1944, mas atualmente conta também com outras imagens sacras que foram sendo deixadas por visitantes e peregrinos.

Ela fica atrás de uma linda queda d’água com aproximadamente 10 metros de altura que em alguns momentos do dia fica brilhante quando tocada pelos raios do sol. No local já foram celebrados casamentos e no mês de outubro acontece a tradicional Romaria da Penitência. A gruta está aberta diariamente e o acesso ao atrativo é gratuito.

Continue lendo: Como foi meu voluntariado em Florianópolis, a Ilha da Magia


turismo em santa catarina

6. Morro do Campestre

Uma formação rochosa de arenito com passagens que se assemelham a grandes portais, situada a 1.380 metros de altura, essa é a principal atração do Morro do Campestre

O local fica a cerca de 10 quilômetros do centro de Urubici e também é bastante procurado pelos apreciadores do pôr do sol. Para chegar ao morro basta seguir pela estrada de chão da BR-475 até chegar a Fazenda Morro da Cruz. 

O trecho que é percorrido dentro da fazenda foi pavimentado recentemente. Ao chegar no alto do morro fica o estacionamento e a partir deste ponto começa a subida a pé pelas escadarias instaladas no local. 

Além disso, é possível explorar o topo subindo nas formações por meio de degraus rústicos feitos na própria rocha. A vista é muito bonita e durante a caminhada na parte superior das formações é possível perceber o quanto são únicas e grandiosas. Apesar do horário estabelecido para fechamento do atrativo, quem deseja assistir ao pôr do sol pode permanecer no morro, deixando o local mais tarde. A fazenda está aberta diariamente e há cobrança de entrada para realizar a visita.

7. Cachoeira Papuã

O Parque Turístico Cachoeira Papuã fica nas proximidades dos parques da Cascata do Avencal, menos de 3 quilômetros depois da entrada dos mesmos. 

Toda a estrutura do local é acessível às pessoas com mobilidade reduzida, através dos 350 metros de passarelas de madeira elevadas que foram construídas respeitando a vegetação local. 

Uma dessas passarelas leva até o mirante de vidro em forma de leque, estrutura construída a mais de 200 metros de altura na diagonal de onde se pode ver duas belas quedas d’água com cerca de 120 metros de altura e um lindo vale coberto pela mata nativa. O local foi aberto ao público no último trimestre de 2020 e no momento não existe expectativa de outros atrativos, pelo menos para os próximos meses. O parque está aberto diariamente e há cobrança de ingresso para visitação.

8. Trilha da Pedra Furada

Par quem quer saber tudo o que fazer em Urubici e aproveitar para se aventurar nas trilhas da região, a pedra furada é um dos principais cartões postais da serra catarinense e fica dentro do Parque Nacional de São Joaquim, criado em 1961, que compreende uma área de 49.800 hectares. 

Trata-se de uma formação rochosa vulcânica com 30 metros de circunferência que pode ser contemplada do mirante do Morro da Igreja, a 1.822 metros de altitude, ou, para os mais aventureiros, através de trilha guiada que oferece uma visão privilegiada da região, incluindo o vale da nascente do Rio Pelotas, e leva ao interior da grande “janela de pedra”.

 Não há cobrança de ingresso para acesso ao parque, mas é necessário autorização da ICMBio, obtida junto a sede que fica na área central de Urubici. Partindo desse ponto da cidade são cerca de 30 quilômetros até o portão principal e o acesso se dá pela Estrada Geral do Morro da Igreja de propriedade da Força Aérea Brasileira. 

Os interessados em realizar o trekking com cerca de 5 horas de duração, devem buscar guias que têm autorização para conduzir visitantes nesta trilha.

Veja também: 2 semanas como voluntária em um paraíso em Santa Catarina


serra catarinense

9. Serra do Corvo Branco

Foram décadas de construção até que a Serra do Corvo Branco, que liga as cidades de Urubici e Grão Pará, pudesse ser inaugurada, em 1980. O asfalto chegou quase 20 anos depois. 

Com formações rochosas de mais de 150 milhões de anos, derivadas do resfriamento de lava vulcânica, a estrada tem o maior corte em rocha do Brasil, formando paredões com 90 metros de altura. Quem percorre a rodovia garante que é pura emoção, já que as curvas são fechadas e as faixas estreitas, o que impede o tráfego de caminhões. 

O início da serra fica a cerca de 30 quilômetros do centro de Urubici, já na cidade de Grão Pará, e muitas pessoas que visitam a região se deslocam até lá para apreciar essa paisagem tão única do sul do Brasil.

10. Serra do Rio do Rastro

Está localizada no município de Lauro Muller a mais de 1.421 metros de altitude e foi aberta na década de 1950, sendo asfaltada mais de 30 anos depois. 

Com seus 12 sinuosos quilômetros é considerada uma das mais belas estradas do Brasil e suas curvas fechadas cercadas pela mata atlântica criam um cenário único visto de cima, pelos visitantes que vão até o mirante, e explorado pelas centenas de motociclistas apaixonados pela paisagem e que percorrem a estrada todos os anos. 

A serra catarinense é uma ótima opção de turismo pelo Brasil e lugares para conhecer em Santa Catarina, depois de descobrir tudo o que fazer em Urubici, continue viajando pelo estado, leia também

Aproveite todas as dicas do que fazer em Urubici e já arrume suas malas para conhecer o sul do Brasil no seu próximo voluntariado!




Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor






Mais sobre esse tema