Categorias

Primeira vez fazendo Worldpackers: como é o dia a dia?

Esse artigo faz parte de uma série direcionada especialmente aos viajantes que estão fazendo sua primeira viagem solo como voluntários e pelo Worldpackers. Nessa primeira parte, detalho como é o dia a dia da experiência de troca de trabalho por hospedagem. Leia mais!


Ba881ce5b8932da23ce24e0b27bd6518

Aline Fernanda

Travel blogger - www.clicknaviagem.com.br | Writer | Explorer | Photographer | Nature Lover

Jul 19, 2018

como-funciona-worldpackers

Como foi a experiência no local onde atuei como voluntária?

Tive três oportunidades de voluntariado através do Worldpackers até o momento (a quarta já está confirmada), e apesar de enquadradas na mesma categoria (work exchange), cada uma teve características próprias que vou detalhar no artigo. 

Atuei em um hostel na Ilha de Malta/Europa, em um party-hostel em Bonito/MS e em uma pousada na Chapada dos Guimarães/MT.

Malta

  • Idioma: Inglês
  • Vaga: Recepção
  • Horas de voluntariado por semana: 20
  • Turno: tarde, noite
  • Treinamento: Sim
  • Dia(s) livre(s) por semana: 2
  • Organização da jornada de trabalho: O calendário semanal contendo o horário de trabalho e os dias de folga de cada voluntário / funcionário era enviado todos os domingos pelo anfitrião para o grupo.
  • Número de voluntários: 5
  • Benefícios: Acomodação em quarto compartilhado, lavanderia e cozinha completa para preparo da própria refeição.
  • Localização: Área central de St. Julian’s, próximo de supermercados, restaurantes, lancherias, escolas de inglês, bares, casas noturnas, praia e ponto de ônibus.
  • Locais visitados: Comino, Gozo, St. Julian’s, Sliema, Pembroke, Mellieħa, Valeta, Mdina, Birgu, Anchor Bay, Armier Bay, Blue Grotto, Templos de Ħaġar Qim, Dingli Cliffs, Golden Bay, Għajn Tuffieħa Bay, Ġnejna Bay, Fomm ir-Riħ Bay, Paradise Bay, St. Paul’s Bay, Mistra Bay, St. Paul’s Island, St. Peter’s Pool, Feira de Marsaxlokk, St. Thomas Bay, Slugs Bay.
  • Informações gerais: Apliquei para uma vaga na limpeza, mas chegando lá o anfitrião entendeu que meu nível de inglês era suficiente para atuar na recepção. Nas primeiras semanas fiquei em um quarto feminino compartilhado com hóspedes e voluntárias, e depois em um quarto misto somente para os voluntários. 

Mais informações sobre essa experiência você encontra no meu relato detalhado no Click na Viagem.

Bonito

Período: 1 mês

Idioma: Português e Inglês

Vaga: Recepção

Horas de voluntariado por semana: 36

Turno: manhã, noite

Treinamento: Sim

Dia(s) livre(s) por semana: 1

Organização da jornada de trabalho: Acertada diariamente com o anfitrião

Número de voluntários: 1

Benefícios: Acomodação em quarto compartilhado, lavanderia, cozinha completa para preparo da própria refeição, descontos em tours e descontos em festas.

Localização: Área central de Bonito, próximo de supermercados, restaurantes e lancherias.

Locais visitados: Abismo Anhumas, Hotel Cabanas (Arvorismo e Bóia Cross), Balneário Municipal, Barra do Sucuri, Boca da Onça, Eco Park Porto da Ilha, Gruta do Lago Azul, Gruta São Mateus, Grutas de São Miguel e Nascente Azul.

Informações gerais: No local funciona um hostel anexo ao PUB e agência que comercializa passeios em Bonito e região. As atividades relacionadas a agência não são de competência do voluntário, somente o que estava relacionado ao hostel (check-in, check-out, atendimento aos hóspedes, etc), e quando necessário auxiliava na decoração de alguma festa no PUB ou em eventos fechados para os hóspedes. Em função dessas tarefas extras fiz algumas horas a mais, que troquei por passeios, tudo previamente acordado com o anfitrião, e que valeu muito a pena já que consegui visitar mais pontos turísticos, considerando que valor dos passeios na região de Bonito é alto. 

Quer saber tudo sobre a minha experiência em Bonito? Confira 10 atrativos para conhecer na região.

Chapada dos Guimarães

  • Período: 2 semanas
  • Idioma: Português e Inglês
  • Vaga: Recepção
  • Horas de voluntariado por semana: 30
  • Turno: manhã, tarde, noite
  • Treinamento: Sim
  • Dia(s) livre(s) por semana: 2
  • Organização da jornada de trabalho: Acertada diariamente com o anfitrião
  • Número de voluntários: 1
  • Benefícios: Acomodação em quarto privado, lavanderia, 3 refeições diárias, descontos em tours, carona na chegada, bicicletas a disposição.
  • Localização: Ao lado do Parque Nacional, 8 km do centro da cidade
  • Locais visitados: Trilha do Mel, Cachoeirinha, Cachoeira da Geladeira, Cachoeira do Segredo, Cachoeira do Segredo, Cidade de Pedras, Circuito das Cavernas e Cachoeira do Almíscar ou do Relógio, Mirante Alto do Céu, Mirante do Centro Geodésico e Vale do Rio Claro.
  • Informações gerais: A pousada fica em uma área de reserva de 500 hectares e lá encontrei muita paz. O estabelecimento não possui TV e o sinal de celular é fraco para realizar ligações, o que faz com que o hóspede (ou voluntário) se mantenha mais conectado com a natureza. Há algumas trilhas dentro da propriedade, um mirante construído em meio a mata e uma bela vista do Parque Nacional, que permitem apreciar melhor a reserva. Foram 26 dias passando por 8 cidades do Mato Grosso. Inesquecível!

Fique ligado nos próximos artigos que continuarei a detalhar tudo que você precisa saber sobre como funciona a experiência de viagem com a Worldpackers. No segundo artigo da série, vou contar mais sobre gastos com alimentação, transporte e turismo!


Ba881ce5b8932da23ce24e0b27bd6518

Aline Fernanda

Travel blogger - www.clicknaviagem.com.br | Writer | Explorer | Photographer | Nature Lover

Jul 19, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar AlineAntunes saber :-)


Comentários