Mochileiro Maicon

Eu cheguei no Hostel Canasvieiras, em Florianópolis, Santa Catarina, dia 24 de janeiro e saí 22 de março, no total foram quase dois meses de experiência.

É um pouco difícil dizer quanto eu gastei exatamente, já que o hostel me oferecia café da manhã e almoço.

O gasto mais importante que deve ser levado em consideração é da alimentação, que pra mim foi pouquíssimo.

Como eu cheguei em alta temporada de Carnaval, as coisas estavam um pouco acima do preço, mas nada que eu não pudesse pagar.

Confira abaixo a minha relação de custos:

  • Festas (bebidas, baladas e encontros): R$500
  • Alimentação (jantares): R$400
  • Passeios (transportes): R$370
  • Higiene (produtos, cabelo e barba): R$100

Como deu para perceber, o meu maior gasto foi com “farra”, festas e bebidas, porque eu também não sou nenhum santo, né.

Já onde eu mais economizei foi na parte turística, porque eu fazia tudo por conta própria sem depender de uma empresa para guiar as atividades. Ou seja, eu mesmo organizava os meus passeios e atividades e isso me dava mais liberdade e autonomia na hora de dividir os gastos.

Já na hora de cortar cabelo e barba, eu encontrei um viajante que era barbeiro e me fazia um preço bem baratinho, isso me economizou cerca de 80%.

Resumindo, eu gastei em média R$1.370 pela experiência confortável de dois meses no Hostel Canasvieiras.

1. Gastos com alimentação

Nos restaurantes ao redor as marmitas eram vendidas por R$14.

Eu acho que gastei uma média de R$300, isso só com comida comprada no mercado para cozinhar no hostel.

Em alguns dias eu gostava de comprar uma marmita e comer algo diferente e mais diversificado, então gastei mais uns R$100 de marmitas.

Só não se iluda com esses valores se você for uma pessoa carnívora, porque eu sou vegetariano.

Todos sabem, a carne é um dos itens mais caros da refeição. Mesmo assim, eu garanto que o custo é muito mais baixo que o dia a dia normal da sua casa.

Se você é uma pessoa que gosta de cozinhar, com certeza ainda pode gastar bem menos. No Hostel Canasvieiras você pode usar a comida que sobra dos hóspedes, como arroz, feijão e alguns legumes.

Sempre sobrava muita coisa, os próprios hóspedes nos presenteavam quando estavam indo embora.

Só pra reforçar, o meu gasto com comida foi de apenas R$400 para dois meses de experiência.

2. Gastos com transporte

O transporte foi um quesito um pouco chato pra mim, porque eu sou de São Paulo, um lugar onde você só precisa de um ônibus para viajar até duas horas.

Em Floripa, as rotas de coletivos são bem curtos e funcionam de terminais em terminais. O que significa que para fazer um trajeto de 30 minutos, você precisa pegar três ou quatro ônibus, o que pode levar até duas horas.

Não se preocupe, do Canasvieiras você pode ir para qualquer lugar de Floripa.

Eu não recomendo que você use Uber ou táxi, porque como as ruas são mais estreitas, o trânsito pode ser um pouco caótico dependendo de onde você estiver.

Eu não me recordo exatamente o preço das passagens, mais acredito que seja menos de R$4.

Para consultar as linhas de ônibus eu costumo usar um aplicativo chamado Moovit, porém ele não é tão eficaz em Floripa, devido a grande quantidade de terminais.

Sendo assim, eu recomendo usar o própria site do Consórcio Fenix, a empresa que administra todas as linhas de ônibus da cidade. Eles têm aplicativos para Android e iOS, e o site funciona muito bem para qualquer navegador mobile.

Caso você não queira usar transporte, pode fazer muita coisa a pé, já que o hostel fica há menos de quatro quadras da praia, comércios e todas a baladas da região.

Esses foram os meus gastos com transporte:

  • Passagem de Caxias do Sul à Floripa: R$70
  • Passagens de ônibus coletivo dentro de Floripa: R$100
  • Viagens de Uber (o que eu não recomendo): R$300

Portanto, eu recomendo que você use o aplicativo Spinlister para alugar uma bicicleta, assim você pode reduzir o custo de transporte em até 90%. 

turista caminhando pelas pedras de Floripa

3. Gastos com diversão

Eu me considero uma pessoa muito econômica, por isso não costumo alimentar o mercado turístico comprando passeios ou entradas de atividades.

O que eu mais fiz em Florianópolis foi caminhar pelas praias, trilhas e pedras.

Em algumas noites eu saia para baladas ou ia na beira da praia, que também pode ser considerado uma balada.

Para quem gosta de ouvir música e conhecer pessoas, a beira da praia de Canasvieiras é bem atraente.

Nela você pode encontrar muitos estrangeiros bebendo e procurando alguém para conhecer.

Se você gosta de azarar, já sabe, é só usar o Tinder e partir pro abraço.

PS: O Hostel Canasvieiras fecha as portas do início de abril até agosto, devido a baixa temporada e o pequeno número de hóspedes. 



560c81fb45e409c6ab25587ee3322026

Maicon, da Vivendo de Viagens ✈️

Sou um Nômade Digital desde 2013, desejo ajudar você a viajar melhor, mais barato e ainda ganhar ...

+ Ver mais

Ago 22, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Maicon, da Vivendo de Viagens ✈️ saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor