Respondi as 4 principais dúvidas de mulheres que querem ser worldpackers

Se você chegou até este artigo, provavelmente, está pensando em viajar pela primeira vez como Worldpackers. Talvez nunca tenha viajado sozinha, talvez não saiba se a plataforma é realmente segura e tenha muitas dúvidas ou até mesmo receios.


92db2fb0956ca6b5ea6ef682fdd96662

Nathalia

Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de imprensa. No entanto, f...

+ Ver mais

Ago 21, 2018

mulher viajando sozinha

Antes de falar sobre isso, quero que saiba que as dúvidas e receios são normais. Se jogar em algo novo, muitas vezes, causa insegurança. Sendo mulher, a dimensão disso aumenta. Contudo, acredito que nada é impossível para nós.

Por isso, se você realmente quer embarcar nisso, você pode e deve. Não deixe que ninguém te diga ao contrário.

No entanto, como já mencionei, as dúvidas e receios vão surgir. Sabendo disso, decidi responder as principais dúvidas de mulheres que querem ser Worldpacker. Espero que possa te ajudar.

1. A plataforma Worldpackers é realmente segura?

Viajei duas vezes como Worldpackers e não tive problema com segurança. A plataforma em si cumpre sua missão: conectar viajantes, querendo trocar trabalho por hospedagem, com hostels, interessados em oferecer hospedagem em troca de trabalho.

Contudo, a vivência no hostel não é algo que a plataforma possa controlar. É por isso que eles oferecem o seguro. Caso haja algum problema, por exemplo, um caso de assédio, você pode pedir o seguro que eles vão pagar sua hospedagem em outro hostel.

2. Qual destino é seguro para viajar sozinha?

Gostaria de responder que todos. Infelizmente, sabemos que a realidade não é bem assim. No entanto, há mulheres viajantes, por exemplo, que encaram qualquer destino (admiro muito isso), mas a maioria prefere pesquisar bastante.

Se você vai viajar sozinha pela primeira vez, recomendo que pesquise antes, pois isso de alguma forma vai te trazer confiança. 

Sendo assim, procure conversar com outras mulheres sobre os destinos que você tem em mente, pesquise as taxas de criminalidade do local e veja se há relatos de blogueiras sobre o destino. 

mulheres viajando sozinhas

3. Como escolher um bom anfitrião?

Supondo que você já sabe qual é seu destino, o próximo passo é escolher um hostel. Essa etapa gera diversas dúvidas. Algumas coisas que aprendi e acho que são relevantes são:

  • Localização

Procure um hostel que tenha uma boa localização, ou seja, próximo a um metro, parada de ônibus ou que fique em um bairro central. Isso te ajuda a se locomover de forma mais “segura”, rápida e te dá confiança para conhecer o destino.

  • Veja a avaliação de outras mulheres viajantes

Outro ponto importante é verificar as avaliações de outras mulheres viajantes. Veja o que elas acharam sobre a experiência e se há alguma crítica que deve ser levada em consideração para sua decisão.

4. Deve ficar em quarto compartilhado ou de equipe?

O que pude perceber é que muitas vagas são em quartos compartilhados, ou seja, a viajante fica em um quarto com os hóspedes e, muitas vezes, mistos. Sei que algumas mulheres não se sentem à vontade para ficar em quarto misto e por isso acho importante verificar esse critério na vaga.

Caso você não se sinta bem em compartilhar um quarto compartilhado, priorize um quarto de equipe. Obviamente, o quarto de equipe também pode ter algum homem. No entanto, como vocês vão trabalhar juntos e se conhecer, pode ser que fique mais à vontade.

Outra possibilidade é entrar em contato com o anfitrião e jogar a real. Fale que você não se sente bem em ficar em um quarto misto e pergunte se é possível ficar em um quarto feminino.

E, aí, suas dúvidas foram respondidas? Espero que sim!

Caso ainda tenha alguma dúvida, você pode entrar em contato comigo aqui mesmo na plataforma.

Além disso, se precisar de mais informações e dicas de viagem para mulher, lembre-se que o site M pelo Mundo tem muito conteúdo sobre o assunto.


92db2fb0956ca6b5ea6ef682fdd96662

Nathalia

Sou jornalista de formação e conto com passagens por diversos veículos de imprensa. No entanto, f...

+ Ver mais

Ago 21, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Nathalia saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor