5. Tendências do mercado: quais os principais canais para usar

Fique sempre de olho nas novidades que estão surgindo no mercado e saiba adaptar-se a elas de maneira rápida e eficiente, evitando assim, ficar para trás.

0aa21fd0f8702728dcf6bf0cdd864e49

Jéssica

Mai 10, 2020

5min

tendencias de mercado influenciadores

Acompanhar as tendências e priorizar seu tempo e dedicação em canais que estão bombando é uma ótima estratégia, mas mais importante que isso, é saber onde a sua audiência está agora. 

Seja esperto e estude antes de começar a dedicar seus recursos e tempo a um canal específico. O que funciona para algumas pessoas, pode não funcionar para a divulgação do seu conteúdo.

Os quesitos engajamento e resultados mensuráveis vêm sendo muito mais valorizados do que o número de seguidores para esse ano de 2020, por isso micro influenciadores com nichos específicos e ativos serão os mais procurados para propostas de negócios nos próximos anos. Eles possuem uma proximidade muito maior com seus seguidores do que os artistas, por exemplo.

Tendências de consumo 2020

O tão falado Storytelling é a aposta de muitos especialistas para os próximos anos.  Por isso, comece agora a tentar despertar sentimentos em quem te assiste, como por exemplo: empatia, alegria, conforto, sensibilidade e por ai vai...

Você já sabe da importância de trazer conteúdo relevante para o seu público em forma de uma história que o prenda do início ao fim, mas como? Em vídeo!

Alguns especialistas de marketing digital afirmam que em 2020 a interação por vídeo será de 80%. A recomendação é que se produza vídeos curtos e objetivos. A tendência é para o consumo de vídeos de até 1 minuto. 

Isso não te impede de produzir um conteúdo mais extenso e com mais informação. Vídeos completos e informativos também possuem um público em crescimento.

Quando falamos em vídeo já pensamos automaticamente em Youtube, mas você já parou para pensar que os vídeos estão por todos os canais?



Canais tendência que você precisa conhecer e participar

Veja agora os principais canais para os próximos anos segundo pesquisas e depoimentos de profissionais do marketing digital e prepare-se para estar com seus seguidores onde eles estiverem! 

1. TikTok

A rede está baseada na criação de vídeos criativos. Vem crescendo especialmente entre os mais jovens, e se esse é o seu público-alvo ou o seu conteúdo é algo mais engraçado e interativo, vale a pena investir nessa nova tendência e alcançar também a este público.

2. MeWe

Esta é uma rede social muito similar ao Facebook, trabalha com postagens e interações. O diferencial é a segurança e o sigilo dos dados do usuário

Nesses últimos anos o Facebook vem tendo alguns problemas com relação ao vazamento de informações pessoais e isso pode ser um bom fator de migração para essa nova rede social. Fique de olho!

3. Instagram

A rede que começou como uma simples rede social de fotos foi indicada por muitos profissionais como a principal rede social do ano de 2019. 

O Insta é também o canal que mais vêm investindo em oferecer novos recursos aos seus usuários. Entre as atualizações temos: os stories, o IGTV, a função de loja, entre muitas outras em teste e desenvolvimento. 

Dentro do Instagram criou-se a tendência do Marketing de Influência. Onde pessoas carismáticas que conseguem fazer com que o público se identifique com elas passam a ser o canal que conecta marcas e produtos a um público específico.

  • Stories

O consumo de vídeos curtos e temporários cresceu 15 vezes mais do que os conteúdos compartilhados em feed. A tendência é que este recurso fique ainda mais forte nos próximos anos. Aprenda a gerenciar muito bem esse recurso e a manter uma consistência de conteúdo de qualidade e engajamento, fazendo com que o seu público esteja sempre interessado em ver quais seus próximos vídeos.


tendencias de mercado influenciadores stories

4. Whatsapp

Para você que ainda não usa o Whatsapp com a intenção de vender produtos ou serviços, pode parecer estranho que essa ferramenta apareça por aqui. Mas acredite, os aplicativos de mensagens privadas estão crescendo de maneira exponencial em relação ao atendimento pessoal com o cliente ou público.

Existe uma atenção personalizada e uma visibilidade muito mais frequente através das ferramentas de mensagens instantâneas. Quantas vezes você já não mandou para alguém:

“Me chama no Whatsapp, lá é melhorar para conversar e consigo ver sua mensagem a qualquer hora do dia!”, enquanto utilizava outras redes sociais? 

E por que não utilizá-la para se comunicar com o seu público-alvo? Pense nesta possibilidade e encontre uma maneira de se fazer presente também nesta ferramenta gerando conteúdo de interesse. Muita atenção aqui para não se tornar apenas mais um grupo de Whatsapp silenciado. Gere conteúdos assertivos que sejam realmente relevantes para o seu público!

5. LinkedIn

O LinkedIn se manterá como uma tendência para os próximos anos. Esta plataforma é um espaço para o compartilhamento e consumo de um conteúdo de grande valor

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o LinkedIn não é apenas uma ferramenta de busca de oportunidades profissionais. Ele também armazena um grande volume de conteúdo rico em conhecimento que está disponível para uma audiência bem variada

A plataforma foi considerada uma das melhores mídias de divulgação no ano de 2019. Vale a pena analisar e identificar de que maneira e formato você poderia oferecer do seu conteúdo para o seu público presente na rede.

Tendências 2020: como trabalhar seus canais? 

  • Chatbots

Se você nunca ouviu este termo antes, saiba que Chatbots nada mais são do que programas de computadores que enviam mensagens diretas automaticamente. Eles simulam conversas humanas e automatizam algumas tarefas burocráticas e repetitivas no atendimento ao público. 

Esta é uma tendência fortíssima para os próximos anos e vem se tornando cada vez mais fácil de se implementar. Atualmente já é possível ter Chatbots no Whatsapp, Facebook Messenger e algumas outras redes sociais.

  • Social Commerce

A tendência Social Commerce está baseada nas novas funcionalidades de integrar as lojas de e-commerce com redes sociais. O Instagram e o Facebook já investiram neste recurso e hoje em dia funcionam também como canal de compra e venda de produtos. Esse tipo de integração só tem a crescer nos próximos anos! 

Sabemos que nesse mundo digital quem não se atualiza e acompanha as novas tendências e migrações do seu público alvo fica para trás. Por isso, veja no próximo capítulo como fazer um approach multi-channel em canais que trarão resultado pra você!