Categorias

Três meses de voluntariado em Malta

Fazer a limpeza de um hostel com a ajuda de outros voluntários, além de ser uma interessante e divertida experiência, pode tornar sua vida em outro país, mesmo que por pouco tempo, muito enriquecedora e divertida.


9dab9cd78fcfca1d3fa0756014a19ab9

Lisiane

Historiadora e jornalista, resolvi dois meses antes de completar meus 30 anos, partir para uma av...

Ago 13, 2018

Uma das lindas praias da Ilha de Malta

Quando busquei pela a minha primeira experiência como worldpackers, as dúvidas sobre para qual país ir e a vaga para qual iria aplicar foram muitas. Durante as buscas os meus olhos flutuavam entre a tela do computador e o mapa ao lado.

Depois de alguns dias tentando escolher o que considerava como melhor opção, após analisar a vaga e as avaliações de voluntários que já passaram pela experiência, eu decidi aplicar para o PV Hostel, em Malta. Essa foi uma das escolhas mais certeiras que fiz, sem nenhuma dúvida.

1. Rotina de cleaning

No hostel havia vagas para a limpeza e para a recepção, como o meu inglês não era muito fluente, preferi não arriscar e escolhi fazer parte da equipe de cleaning.

Durante três meses foram quatro horas de trabalho por dia, 20 horas por semana, dois dias de folga a cada semana trabalhada.

Entre as vantagens, havia folga de até uma semana para os voluntários que planejavam viagens para países próximos, desde que fosse feito um aviso com antecedência para que a escala de trabalho fosse organizada.

Ao desempenhar a função de cleaner, o voluntário pode ser escalado para trabalhar durante a manhã limpando a sala de TV, recepção e a entrada do hostel. O prédio que tem dois andares e está em Paceville, uma área badalada de Malta, endereço de muitas boates, bares e restaurantes, por isso o acesso ao hostel sempre amanhece sujo. O rooftop, onde acontece o esquenta antes das festas, é limpo pela manhã. Em seguida é a vez dos banheiros e os corredores.



O trabalho começa às 8h da manhã e segue até às 12h, mas dependendo da disposição de quem faz o serviço é possível terminar bem antes. Eu conseguia entregar tudo limpo às 10h30, isso porque com o tempo você não só ganha agilidade, mas vai vendo qual é a melhor forma de fazer para que tudo fique limpo sem incomodar os hóspedes e sem tomar tempo desnecessário, a não ser que algo fora do normal ocorra durante a rotina e algum dos espaços precise de uma limpeza minuciosa.

Os quartos, todos coletivos, são limpos durante a tarde das 12h às 16h. O voluntário desse período fica responsável por varrer e passar pano úmido em todos os quartos e corredores. O trabalho também inclui trocar o lixo dos cestos e preparar camas para os novos hóspedes.

A cada dia da semana, em um dos quartos ou nos ambientes comuns, como a cozinha ou living room, é programada a limpeza pesada, que é feita em dupla, com a ajuda de quem está na recepção geralmente. Essa é uma estratégia para manter os ambientes em ordem, assim não há acúmulo de sujeira e a limpeza não se torna tão demorada.

Para mim foi um trabalho sem exaustão e bem tranquilo.

2. Recepção

Quem trabalha na recepção fica escalado das 18h até 00h durante alguns dias da semana, aos finais de semana o turno é durante o dia e outra pessoa fica responsável pelo turno da noite.



O trabalho consiste em fazer check in e check out dos hóspedes, além de verificar as reservas feitas pela internet, trocar roupas de cama caso esteja programada chegada ou saída de hóspedes a noite. A limpeza da cozinha também faz parte da função de quem está na recepção, para que no dia seguinte o ambiente esteja limpo para quem for tomar o café da manhã.

3. Vantagens

Os hostels são ideais para quem busca viver uma experiência que envolva mais contato com o inglês e impulsione a conversação. Além disso tudo, aprender com a quantidade de informações trocadas com membros do staff e hóspedes.

O ambiente é uma ponte para novas amizades com pessoas de vários lugares do mundo. Ter a companhia de outros viajantes para explorar a cidade, fazer viagens de curto período e quem sabe garantir uma estadia futura na casa dos novos amigos. 



9dab9cd78fcfca1d3fa0756014a19ab9

Lisiane

Historiadora e jornalista, resolvi dois meses antes de completar meus 30 anos, partir para uma av...

Ago 13, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Lisi Martins saber :-)


Comentários