Categorias

Uma temporada no Chile como Worldpacker

Para você que tem pensado na possibilidade de viajar, explorar culturas e experiências, NÃO PERCA TEMPO! Abrace esta oportunidade e #vaiquevai. Foi o que eu fiz.


Ec44744ab36e8094482d9fd6d0f703b8

Felipe

Hoteleiro de formação, criador de informação de coração e viajante curioso por decisão. São mu...

Mar 16, 2018

trabalho-voluntario-no-chile

No ano de 2015, quando estava cursando a faculdade de Hotelaria no estado de São Paulo - Brasil, tinha a consciência de que para me formar no curso, era necessário realizar um estágio não remunerado de 140 horas em um estabelecimento hoteleiro.

Desde o início da faculdade, eu pensava muito sobre qual local eu poderia realizar meu estágio.

Durante muito tempo pensando, a única certeza de que eu tinha era que eu gostaria de “sair um pouco do básico”.

Não queria ser como os outros alunos que faziam os estágios nas pousadas próximas de suas cidades.

Eu queria muito mais pra mim

Queria novos desafios. Queria juntar o útil ao agradável pra ser sincero.

Pensei em uma maneira de agregar a minha responsabilidade de realizar um estágio obrigatório, com o meu desejo louco de viajar e conhecer novas culturas.

Foi então, que conheci o Worldpackers.

Foi realizando uma pesquisa na internet que encontrei o website que futuramente iria colaborar muito com meu foco.

Pesquisei muito todas as oportunidades que o site oferecia aos viajantes.

Olhei detalhadamente cada proposta que os anfitriões poderiam oferecer para mim.

Estabeleci um valor de passagem que gostaria de gastar e escolhi um país para que minhas pesquisas fossem mais práticas e com um objetivo.

DONE! Chile

Escolhido o país para onde eu gostaria de passar um período da minha vida.

Loucura? Sim. Pois eu não tinha nenhum conhecimento da língua espanhola.

Mas sempre fui movido a desafios.

Quanto mais doida fosse a ideia (no bom sentido), maior era minha vontade de agir.

Foi quando me candidatei à vaga de voluntário do Reñaca Beach Hostel.

Pesquisei bastante sobre o lugar, achei uma graça pelas fotos no site.

Já me imaginava nadando na piscina com vista para o mar, conhecendo os gringos e compartilhando culturas brasileiras.

Tive um retorno super rápido dos anfitriões. Na época, era um casal (Coke e Jonathan).

Eles me responderam de uma maneira bem gentil. E agendamos uma entrevista via Skype.

A entrevista foi bem tranquila, fizemos a mesma no idioma inglês. Foi muito bacana.

Depois de alguns dias, recebi a aprovação da minha candidatura pelo site.

Sensação única! Não me esqueço quando recebi o e-mail. 

Foi demais!

Comprei minhas passagens, montei minha mala e ...

#partiuChile

Logo no caminho, eu já me apaixonei gente. Se puderem, escolham poltronas que fiquem próximas das janelas.

Durante a viagem, você passa por cima da Cordilheira dos Andes. Na época, estava com neve no topo das montanhas. Foi lindo de ver.

O anfitrião, super gente boa, me buscou no aeroporto de Santiago.

worldpacker-no-chile

Saindo dali, tínhamos algumas horas até Reñaca. 

No caminho, de carro, já nos tornamos bem parceiros.

Quando chegamos no Hostel fui recepcionado pela mascote do local. Ela se chama Olga, a cachorra mais calma e dócil que já conheci. Adorei a noticia né?!

Conheci meu quarto, que era compartilhado com os outros voluntários, e fiz um tour pelo Hostel.

O lugar é INCRÍVEL! É literalmente de frente ao mar, o pôr do sol é surreal, a decoração é um charme e os anfitriões extremamente carinhosos.

No dia seguinte, as minhas funções já foram designadas e eu adorei!

A principio, minhas funções eram a realizar a montagem do café da manhã para os hóspedes, recepcionar os hóspedes na recepção e auxiliar com dicas de passeios.

Mas realizei mil e uma outras funções. Ajudava na limpeza das áreas sociais, arrumava as camas dos quartos (eram beliches), limpava a piscina, cortava a grama e até dava passeio com a cachorra Olga.

Nos dias em que eu trabalhava, confesso que era bem cansativo. Mas nos meus dias de folga, eu aproveitava ao máximo.

Durante minha estadia no Chile, conheci pessoas do mundo inteiro, fiz amizades com pessoas que tenho contato até hoje e pude conhecer lugares incríveis e viver literalmente experiências chilenas.

temporada-no-chile-como-worldpacker

Encarei tudo como desafios bons. Comer hot dog com abacate, comprar vinhos mais baratos que leites, ensinar coreografia da Anitta aos hóspedes, conhecer as Cordilheiras dos Andes pelo terrestre (e poder nadar nas cachoeiras de águas derretidas do topo das montanhas), chorar, rir, viver tudo o que podia, sem medo!

E foi a melhor coisa que eu fiz! De verdade! Foram dias incríveis que me trouxeram não só experiências em ser um voluntário, mas que me enriqueceu com o aprendizado de mais um idioma, que me presenteou com amigos de verdade e que trouxe amadurecimento pra minha vida pessoal.

No fim das contas, o que era pra ser um estágio (geralmente maçante), foi um episódio muito importante da minha vida que naturalmente foi extremamente alegre e verdadeiro.

Atualmente, já sou formado em Hotelaria. Sou responsável pelo setor de Reservas e Eventos de uma rede Internacional. Continuo com espírito viajante e por isso tenho um blog sobre passeios e viagens, para que eu possa compartilhar com todos, novas vivências e experiências.

Deem uma olhadinha gente.

No Instagram é @jafuicomfelipe e no Facebook a página é JafuicomFelipe.

Vivam seus sonhos. Saiam do básico. O mundo é extremamente aberto a te oferecer boas e incríveis culturas e experiências.

Felipe Ramos.



Ec44744ab36e8094482d9fd6d0f703b8

Felipe

Hoteleiro de formação, criador de informação de coração e viajante curioso por decisão. São mu...

Mar 16, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar jafuicomfelipe saber :-)


Comentários