Ateliê Crieolaria

Aqui você terá a oportunidade de vivenciar o aprendizado com o barro em diálogo com a natureza, aprender as técnicas de artesanato em cerâmica e explorar sua criatividade.
Conviver com a vegetação do agreste alagoano e conhecer a cultura popular alagoana e seus mestres.

POR FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE SE APLICAR:

- Preciso de voluntários pró ativos, que estejam dispostos a trabalhar algumas horas a mais que o combinado dando assistência em alguns eventos (caso aconteçam) e no dia a dia com as tarefas de casa para que tenhamos uma boa convivência e um ambiente organizado para todos
- Os trabalhos artísticos também podem passar dos horários, pois não temos uma rotina fixa no ateliê. Saiba que o voluntariado é me acompanhar na maior parte do tempo que estiver aqui e muitas vezes tarefas extras serão solicitadas
- Caso tenha trabalhos extras fora do ateliê, como algum freela, avisar com antecedência.
- Não temos wi-fi pois estamos numa zona rural um pouco distante da cidade
- uma das funções do voluntariado é manter o Instagram ativos com posts diários
- Os trabalhos gerais dentro de casa são coisas como cozinhar, limpar a casa, os banheiros, o quarto, lavar as louças e isso também é responsabilidade dos voluntários.
- não aceito casais
- se você tem habilidade com construção ganha preferencia.

O ateliê é um espaço colaborativo, tem cultura e lazer, recebe pessoas para oficinas. Eu sou Jânio, responsável pelo ateliê Crieolaria e será um prazer te receber aqui em minha casa ateliê. Os worldpackers serão muito bem vindos para compartilhar a vivência conosco nos dias que estiverem por aqui e trocar conhecimentos e experiências da vida e da arte.


Avaliações

1.0
(1 avaliação)1

Anfitrião & Equipe

1.0

Horas & Atividades

3.0

Hostel

2.0

Aprendizado & Diversão

1.0

Brasil

1

Apliquei com um mês de antecedência, e no dia que cheguei fui informada que trabalharia em horário comercial (de seg. a sexta, de 8h às 18h), e quando dissemos que não(com outro voluntário) ele nos mandou embora.
eu não tinha pra onde ir, a cidade não possui hostels.
Estive lá uma semana em que trabalhei todos os dias, produzindo peças pra ele, recebendo o mínimo de alimentação (ele sequer me deixava tomar café sem açúcar, e comíamos a mesma comida por uns 3 dias.)
Não aprendi nada novo em cerâmica, o conhecimento que ele possuí é bem básico.

mais de 2 anos atrás


Ideal para você se estiver procurando por

Negócios

Contato com a natureza

Rural

Contato com animais

Cidade Média / Pequena