Quer uma passagem de até US$500 grátis?
Envie sua resposta até 31/07 e tenha a chance de ser premiado.

Viagem barata com ID Jovem: o que é e como funciona esse benefício?

Economizar em viagem é com a gente mesmo. Neste artigo, a gente te conta tudo sobre como economizar em passagens de ônibus com o ID Jovem.

7min

id jovem

Você já imaginou poder viajar pelo Brasil sem pagar nada ou pagando muito mais barato? Já pensou em pagar meia-entrada mesmo sem estar estudando? Parece coisa de outro mundo, né? Com o ID Jovem, isso é possível. Neste artigo, você vai entender como o ID Jovem funciona, quem tem direito, como solicitar e muito mais. 

O que é o ID Jovem?

O ID Jovem é um documento fornecido pelo Governo Federal para que jovens de baixa renda tenham acesso a diversos benefícios. 

Esse documento surgiu em 5 de outubro de 2015 junto com o Decreto nº 8.537, que prevê este e outros direitos dos jovens entre 15 e 29 anos. Atualmente, mais de 2,8 milhões de carteirinhas já foram emitidas em todo o Brasil.

Quem tem direito ao ID Jovem?

Como explicado anteriormente, aqueles que possuem o ID Jovem acessam muitos benefícios. Se você ficou interessado e quer emitir seu documento, confira todos os pré-requisitos para poder aproveitar:

  • Ter entre 15 a 29 anos.
  • Estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal. 
  • Manter seu cadastro atualizado no Cadastro Único (há pelo menos 24 meses).

  • Ter renda familiar mensal de até dois salários mínimos. 
  • Possuir Número de Identificação Social (NIS). Caso não saiba o seu, consulte seu Cartão Cidadão, o extrato do FGTS ou sua Carteira de Trabalho.

  • Não se esqueça que não é necessário comprovar nenhum tipo de vínculo estudantil.

Se você quiser entender melhor o que é o ID Jovem, o Ewerton Seixas gravou um vídeo super legal em que ele te explica isso e muito mais. Confira:

Como fazer o seu ID Jovem?

Pronto! Agora que você já sabe todos os pré-requisitos para ter direito ao ID Jovem, chegou a hora de saber como emitir seu documento. Vamos nessa?

1. Inscrição no Cadastro Único

O Cadastro Único é um registro criado pelo Governo Federal para entender a realidade das famílias de baixa renda no Brasil. Ele será fundamental para a emissão do seu ID Jovem, uma vez que é um dos requisitos obrigatórios

Se ainda não estiver inscrito ou precisar atualizar alguma informação, será necessário procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou o setor responsável pelo Cadastro Único da sua cidade.

É possível fazer um cadastro prévio por meio do aplicativo ou da versão web do site do CadÚnico. Nesse momento, você informará alguns dados e terá até 120 dias para comparecer a um Posto de Atendimento do Cadastro Único e apresentar os documentos de identificação obrigatórios das pessoas da família. 

A etapa de pré-cadastro não é obrigatória, mas é uma maneira de agilizar o serviço.

Ao comparecer ao Posto de Atendimento, o Responsável pela Unidade Familiar deverá apresentar pelo menos um documento de todas as pessoas da família. Podendo ser:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho; ou
  • Título de Eleitor.

Levar um comprovante de endereço também é importante. Mesmo não sendo obrigatório, ele facilita o processo do cadastro. Mas atenção: fique sempre ligado na página do Governo Federal para confirmar se nenhuma mudança ocorreu na lista de documentos necessários.

Lembre-se que, caso você já tenha seu registro no Cadastro Único, ainda assim será necessário atualizá-lo para a criação do ID Jovem. É preciso que ele tenha sido atualizado há pelo menos 24 meses.

2. Criação do Cartão do ID Jovem

Com seu Cadastro Único feito, você vai precisar criar seu cartão do ID Jovem. Para isso, você deverá acessar o site do ID Jovem ou o aplicativo e fazer seu cadastro. É bem simples!

Você deve clicar em "Gerar ID Jovem" para preencher seus dados pessoais. Tenha em mãos informações como: número do NIS (que você pode consultar em seu CadÚnico), seu nome completo, nome da sua mãe e sua data de nascimento.

Feito isso, você terá seu ID jovem gerado e poderá aproveitar todos os benefícios dele.



Benefícios do ID Jovem

Os principais benefícios do ID Jovem são isenção de pagamento da passagem em viagens interestaduais e o pagamento de meia-entrada em shows, cinemas, museus, eventos esportivos, entre outros.

Mas fique atento, pois existem algumas observações sobre a aplicação dos benefícios. Confira:

Viagens interestaduais

O benefício da gratuidade em passagens de ônibus só vale para viagens interestaduais, ou seja, viagem de um estado para o outro. 

Por exemplo: em uma viagem de São Paulo para o Rio de Janeiro, você teria direito a isenção do pagamento da passagem. Porém, em uma viagem de São Paulo para Ilhabela, a gratuidade não é aplicada. Isso porque o benefício não inclui viagens dentro do mesmo estado.

Tipo de ônibus

Não se esqueça também que o benefício é válido apenas para ônibus convencionais. Ônibus leito, semileito ou alguma outra categoria não são aplicáveis.

Pagamento de taxas

Além disso, a isenção de pagamento é apenas sob o valor da passagem. Isso não inclui taxa de embarque, pedágios e outras taxas extras que podem ser cobradas. Ainda assim, sua viagem vai ficar bem mais barata.

Compras pela internet

As companhias rodoviárias não são obrigadas a emitir passagens com a gratuidade do ID Jovem de forma online. A obrigatoriedade existe apenas quando as compras são feitas nos guichês. Por isso, é mais certo conseguir as passagens nos terminais rodoviários.

Quantidade de passagens disponíveis

As empresas de ônibus reservam 4 vagas para ID Jovem em cada veículo. Sendo duas com 100% de gratuidade e as outras duas com 50% de desconto. O que vai decidir se você terá isenção total ou pagará metade do valor é a ordem de chegada.

Caso você só possa viajar com isenção total do valor da passagem, a solução é aguardar o próximo ônibus que esteja indo para o seu destino. 



Voluntariado com a Worldpackers

Além da não pagar sua passagem de ônibus, com a Worldpackers você também pode não pagar por acomodação. Isso porque essa plataforma conecta viajantes com hostels, pousadas, projetos sociais e ecológicos que estão em busca de pessoas que queriam trocar suas habilidades por hospedagem.

Dessa forma, você tem acesso a hospedagem e outros benefícios enquanto compartilha seu tempo em diversas atividades diferentes que os anfitriões possam estar precisando. Ficou interessado? Veja nossos artigos explicando como funciona a Worldpackers.

Como planejar a sua viagem com o ID Jovem junto com a Worldpackers?

Confira algumas informações super importantes para você poder planejar sua viagem junto com a Worldpackers usando o ID Jovem e não ter nenhuma surpresa no meio do caminho. 

1. Escolha seu destino

Agora que você já sabe que a isenção no preço das passagens com o ID Jovem só é válida para viagens interestaduais, você precisa definir para qual estado vai viajar.

No site da Worldpackers você encontra uma infinidade de vagas de voluntariado em diferentes estados brasileiros. Já pensou em produzir fotos e vídeos em um Hostel de Florianópolis em troca de acomodação? Ou então dar aulas de inglês ou espanhol em Niterói? Confira nossas vagas disponíveis e se aplique para aquelas que fizerem mais sentido para você.

2. Chegue com antecedência

Com o destino definido, é hora de se planejar para o embarque. Para conseguir a gratuidade da passagem com o ID Jovem, você vai precisar chegar na rodoviária no mínimo três horas antes do horário marcado para a sua viagem. 

Isso porque, de acordo com o Estatuto da Juventude que prevê a utilização do ID Jovem, os terminais rodoviários devem reservar determinado volume de passagens para os jovens que possuem a ID Jovem. Porém, após esse período de três horas, as passagens reservadas para o ID Jovem podem ser vendidas para o grande público.

Caso esteja viajando em alta temporada, o recomendado é chegar ainda mais cedo. Em razão da alta procura por passagens nesses períodos, é importante que você esteja na rodoviária o quanto antes para garantir seu embarque.

3. Apresente seus documentos

Além de prestar atenção nos horários, você também precisa ficar atento aos documentos que precisam ser apresentados na hora de retirar a sua passagem.

Ao chegar no guichê para retirar seu Bilhete de Viagem do Jovem e garantir sua gratuidade, você deve ter em mãos seu ID Jovem - impresso ou na versão virtual que você acessa pelo aplicativo - e um documento original com foto.

4. Fique atento aos seus direitos

Sabemos que imprevistos e situações desconfortáveis podem, infelizmente, acontecer durante sua viagem. Por isso, é importante que você saiba seus direitos enquanto viajante de baixa renda. 

Confira esse artigo sobre turismo baixa renda, em que a blogger Geisa explica essa e outras maneira de viajar de graça, além de compartilhar dicas sobre direitos da população de baixa renda no turismo.

E se você gostou de conhecer mais sobre uma forma de viajar pagando mais barato, tenho certeza que vai adorar nosso artigo sobre como viajar de graça. 

Continue acompanhando nossas dicas nas redes sociais da Worldpackers: estamos no Instagram, no TikTok e no YouTube!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor

Mais sobre esse tema