As 19 cidades da Europa mais baratas para mochilar

Um guia com 19 cidades europeias com custo de vida baixo e boas opçōes de entretenimento, cultura e história, incluindo preços de itens básicos e ofertas de hospedagem gratuita pela Worldpackers.


5c3ac302eb4c22f28c43744a1174b392

Estela

Half Brazilian, half Spanish, completely into discovering the world. I left my Public Relations c...

+ Ver mais

Out 16, 2018

Cidades na Europa boas e baratas para viajar

A alta do Euro é, definitivamente, uma das maiores preocupações dos brasileiros que desejam viajar pela Europa, mas não podem se dar ao luxo de gastar demais. Apesar de os altos preços serem a realidade das capitais mais famosas do continente, como Paris, Londres e Estocolmo, existem muitos outras cidades da Europa para visitar e que possuem ótimas ofertas de entretenimento, cultura e história.

Para ajudar você a realizar o grande sonho de viajar pelo velho continente, preparei um pequeno guia com os lugares mais baratas por lá, incluindo preços de alguns itens básicos para referência e links de anfitriões da Worldpackers em cada país para rolar também aquela economia com a hospedagem.

As cidades da Europa mais baratas para você viajar em 2018 são:

  1. Cracóvia, Polônia;
  2. Riga, Letônia;
  3. Bratislava, Eslováquia;
  4. Budapeste, Hungria;
  5. Bucareste, Romênia;
  6. Istambul, Turquia;
  7. Sofia, Bulgária;
  8. Split, Croácia;
  9. Sarajevo, Bósnia e Herzegovina;
  10. Valletta, Malta;
  11. Porto, Portugal;
  12. Atenas, Grécia;
  13. Praga, República Checa;
  14. Moscou, Rússia;
  15. Vilnius, Lituânia;
  16. Belgrado, Sérvia;
  17. Tenerife, Ilhas Canárias;
  18. Roma, Itália;
  19. Saranda, Albânia.

1. Cracóvia (Polônia)


Cidades da Europa baratas para viajar: Cracóvia.

Com uma mescla impressionante de cultura, história e festas incríveis, a Cracóvia é considerada uma das mais baratas cidades da Europa e oferece entretenimento para todos os tipos de viajante.

A antiga capital da Polônia é um dos destinos mais famosos entre os europeus para celebrar despedidas de solteiro, portanto não estranhe se encontrar uma galera fantasiada e barulhenta andando por aí em busca de cerveja barata e diversão nas baladas locais.

Além da farra, a cidade também abriga o castelo medieval de Wawel e está a poucos quilômetros de distância do complexo de Auschwitz, que impreterivelmente merece uma visita. Não deixe de conhecer, também, as Minas de sal de Wieliczka, um imponente complexo subterrâneo a 327 metros de profundidade e possui mais de 300 quilômetros de extensão.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 7 Złoty (1,63 euro).

Menu de fast food: 16 Złoty (3,72 euro).

Água: 2,50 Złoty (0,58 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Polônia.

2. Riga (Letônia)


Cidades baratas para conhecer na Europa: Riga.

Praticamente desconhecida entre os brasileiros, a capital da Letônia é um daqueles destinos inesquecíveis. Toda a cidade possui arquitetura medieval e preserva a história do pequeno país báltico, apesar das grandes destruições que sofreu durante a segunda guerra.

Por muitos anos, a Letônia foi uma República Soviética, o que influencia até hoje o estilo de vida de seus cidadãos e transforma todos os cantos da cidade em pontos turísticos. Entre os passeios imperdíveis, está a antiga base da KGB, principal organização de serviços secretos da União Soviética.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 2 euros.

Menu de fast food: 5 euros.

Água: 0,73 euro.

Hospedagem: Worldpackers na Letônia.

3. Bratislava (Eslováquia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Bratislava.

Às margens do Rio Danúbio, a cidade tão importante para o império Austro-Húngaro só se tornou oficialmente um país em 1993. Mas não se deixe enganar: a capital é riquíssima em cultura e história, mesclando arquitetura medieval, barroca e renascentista em um charme sem igual.

Se deixe perder pelas ruinhas estreitas e encontre o Castelo da Bratislava, o Museu da Fortificação Medieval e um restaurante para provar a deliciosa palacinka. Curta também o fato de que a cerveja é mais barata do que o café e o ônibus para qualquer cidade nacional custa apenas 2 euros, com serviço de bordo e entretenimento incluídos.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 1,70 euros.

Menu de fast food: 5,20 euros.

Água: 1,11 euro.

Hospedagem: Worldpackers na Eslováquia.

4. Budapeste (Hungria)


Cidades baratas para viajar na Europa: Budapeste.

Apesar de estar entrando cada vez mais no foco dos turistas, a capital da Hungria ainda é um destino barato e que vai te garantir momentos incríveis. As regiões de Buda e Pest são cortadas pelo rio Danúbio, mas unidas por pontes de arquitetura imponente que são o cartão postal da cidade.

Além de toda a parte histórica - que inclui o palácio real, museu de Belas Artes, monumento ao holocausto e tantos outros marcos -, as famosas piscinas termais são parada obrigatória. À noite, você poderá encontrar todos os tipos de festa que desejar.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 468.87 ft (1,45 euros).

Menu de fast food: 1,500.00 ft (4,63 euros).

Água: 207,09 ft (0,64 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Hungria.

5. Bucareste (Romênia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Bucareste. 

A Romênia possui uma quantidade impressionante de lagos, montanhas, ruínas romanas, monastérios e parques naturais, o que faz do país uma das jóias do leste europeu. Infelizmente, sua capital não está entre as mais charmosas, o que faz um turista desavisado pensar que não há muito o que fazer por ali. Erro crasso.

Bucareste abriga um dos melhores museus de história natural da Europa e uma coleção de arte invejável dentro de seu parlamento, além de ser uma daquelas cidades em que você viaja no tempo só de andar por aí. Outro ponto imperdível é Carturesti Carusel, uma livraria de seis andares construída no século XIX e eleita entre as 20 mais bonitas do mundo.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 6 Leu (1,29 euros).

Menu de fast food: 18 Leu (3,86 euros).

Água: 3,80 Leu (0,83 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Romênia.

6. Istambul (Turquia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Istambul.

Apesar de ser a cidade mais cara da Turquia e os preços terem subido bastante nos últimos anos, Istambul ainda pode ser uma cidade bastante acessível. A cidade já foi considerada capital cultural da Europa, por abrigar as mesquitas mais belas do mundo, palácios bizantinos, arquitetura islâmica e uma infinidade de museus que retratam a rica história do país. Uma atração imperdível são as cisternas bizantinas que formam túneis subterrâneos de quilômetros de extensão.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 12,20 TL (2,40 euros).

Menu de fast food: 16,20 (3,19 euros).

Água: 1,07 TL (0,21 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Turquia.

7. Sofia (Bulgária)


Cidades baratas para viajar na Europa: Sofia.

A história da Bulgária é marcada pelo domínio Otomano desde o século XIV até finais do século XIX, o que se reflete perfeitamente nos monumentos mais importantes. Uma das melhores coisas dessa cidade é que a grande maioria de seus marcos históricos possuem entrada gratuita ou pedem apenas um pagamento simbólico. Uma ótima pedida para quem quer enriquecer-se de cultura sem investir muito dinheiro.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 1,99 Lev (1,02 euros).

Menu de fast food: 8 Lev (4,09 euros).

Água: 0,98 Lev (0,50 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Bulgária.

8. Split (Croácia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Split.

À beira do mar adriático, Split chega a ter 12 horas seguidas de sol no verão, o que te dará bastante tempo para conhecer as ruínas históricas da cidade, curtir as praias de águas cristalinas e explorar as ilhas próximas com os baratíssimos barco-táxis. Ao cair da noite, desfrute das baladas gratuitas e das festas de rua que tomam cada cantinho dessa cidade inesquecível.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 15 kn (2,02 euros).

Menu de fast food: 35 (4,70 euros).

Água: 8,80 Kn (1,18 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Croácia.

9. Sarajevo (Bósnia e Herzegovina)


Cidades baratas para viajar na Europa: Saravejo. 

A cidade que mais sofreu com a guerra da Iugoslávia não se deixou abater pelas suas cicatrizes. Em uma mescla de heranças cristãs, ortodoxas e islâmicas, o país aprendeu que a convivência de várias culturas unidas é o segredo para sua força.

Passeie pelo centro histórico, fume narguilé nos bares locais e experimente o delicioso Burek, uma torta de queijo, carne e especiarias que deixará a visita a Sarajevo com gostinho de quero mais.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 2,50 km (1,28 euros).

Menu de fast food: 7 km (3,58 euros).

Água: 1,13 km (0,58 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Bósnia.

10. Valletta (Malta)


Cidades baratas para viajar na Europa: Valletta.

Malta é mais um dos países da Europa que possuem em sua história a mistura de diversas religiões e povos. O resultado disso é uma das paisagens mais intrigantes e apaixonantes da região.

Nessa pequena ilha no mar mediterrâneo, encontram-se os mais diferentes tipos de palácios, museus e paisagens naturais, incluindo famosos cenários de filmes e séries hollywoodianos.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 2,50 euros.

Menu de fast food: 6 euros.

Água: 0,99 euro.

Hospedagem: Worldpackers em Malta.

11. Porto (Portugal)


Cidades baratas para viajar na Europa: Porto.

A cidade mais charmosa de Portugal vale cada segundo da visita. Ali, é possível passear de barco pelos canais, desfrutar dos famosos vinhos e comer o melhor bacalhau do mundo por preços bastante acessíveis. Um passeio pelo centro histórico vai ajudar o viajante brasileiro a conhecer sua própria história e entender suas origens.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 1.50 euros.

Menu de fast food: 6 euros.

Água: 0.86 euro.

Hospedagem: Worldpackers em Portugal.

12. Atenas (Grécia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Atenas.

A capital grega, também considerada berço da humanidade, possui o maior acervo de objetos, monumentos e estátuas greco-romanas do mundo. A cada passo pela cidade, o viajante pode conhecer mais sobre os mitos gregos e suas origens, além de banhar-se no famoso mar Egeu. Aproveite o fato de que, para entrar em todos os monumentos importantes da cidade, paga-se um preço único e o ticket é válido por cinco dias.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 2,50 euros.

Menu de fast food: 6 euros.

Água: 0,50 euro.

Hospedagem: Worldpackers na Grécia.

13. Praga (República Checa)


Praga, ótima cidade para mochilar de maneira econômica. 

Diz a lenda que Praga nasceu do sonho de uma princesa, então não espere menos do que uma cidade mágica e apaixonante. Com uma boa quantidade de arquitetura medieval e castelos de dar inveja até mesmo aos reis, Praga possui um encanto especial. Suas fortificações permitiram que o lugar sobrevivesse à Segunda Guerra e à invasão russa, renascendo como uma cidade vibrante, moderna e com muitos atrativos aos jovens que buscam diversão e entretenimento.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 29 (1.18 euros).

Menu de fast food: 125 Czk (4.95 euros).

Água: 21,50 Czk (0.85 euro).

Hospedagem: Worldpackers na República Checa.

14. Moscou (Rússia)


Cidades para viajar barato na Europa: Moscou.

A capital russa é a cidade mais povoada do país, assim como um importante centro político, econômico, cultural e científico. Não se limite a conhecer apenas o Kremlin e a Praça Vermelha, pois Moscou tem muito mais a oferecer além dessas emblemáticas construções. Entre os pontos imperdíveis, estão o Teatro Bolshoi, as estaçōes de metrô, a universidade de Moscou e o distrito financeiro.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 75 руб (0.86 euros).

Menu de fast food: 310 руб (4 euros).

Água: 31,10 руб (0.40 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Rússia.

15. Vilnius (Lituânia)


Cidades para viajar barato na Europa: Vilnius.

Ali está localizado o maior centro histórico de toda a Europa, reconhecido como patrimônio da Unesco em 1994. Além de sua riqueza histórica, Vilnius é uma cidade culturalmente ativa, onde o teatro, o balé e a música são pilares fundamentais da vida cotidiana. Essa veia artística tão presente no cenário urbano garantiram à cidade o título de Capital Europeia da Cultura em 2009.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 1,86 Lt (2.75 euros).

Menu de fast food: 3,50 Lt (4.90 euros).

Água: 0,61 Lt (0.87 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Lituânia.

16. Belgrado (Sérvia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Belgrado.

A maior e mais populosa cidade da antiga Iugoslávia é, ironicamente, a mais desconhecida pelos turistas. Com seus dois mil anos de existência, Belgrado foi palco de inúmeras destruições e reconstruções, tornando-se um ícone para os amantes de história. Em meio aos palácios, museus e igrejas gigantescos e bem conservados, ainda pode-se visitar ruínas de edifícios bombardeados pela OTAN há quase 20 anos.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 150,00 Rsd (1.27 euros).

Menu de fast food: 500 Rsd (4.23 euros).

Água: 74 Rsd (0.63 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Sérvia.

17. Tenerife (Ilhas Canárias)


Lugares baratos para viajar na Europa: Tenerife.

A maior ilha entre as Canárias é, sem dúvidas, uma das mais completas do arquipélago. Sua paisagem varia entre praias alucinantes, montanhas imponentes e cidades bem-estruturadas, abençoadas pelo clima de eterna primavera.

Invista pelo menos um dia de viagem na trilha de subida ao vulcão Teíde e sinta-se em outro planeta com sua paisagem rochosa e inóspita. Para compensar, aventure-se em um passeio de barco pelo mar para ver golfinhos e baleias na costa africana.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 1,50 euros.

Menu de fast food: 6 euros.

Água: 1,12 euros.

18. Roma (Itália)


Roma.

Ainda que Roma seja um dos destinos turísticos mais famosos do mundo e uma das cidades da Europa mais visitadas, também pode ser bem acessível para o mochileiro que se planeja bem e evita a alta temporada. Todos os museus têm pelo menos um dia em que a entrada é gratuita e os restaurantes da cidade oferecem grandes porções de comida por preços módicos. Quando em Roma, conheça as ruínas da antiga civilização romana e desfrute das melhores massas da sua vida.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 3 euros.

Menu de fast food: 7 euros.

Água: 1 euro.

Hospedagem: Worldpackers na Itália.

19. Saranda (Albânia)


Cidades baratas para viajar na Europa: Saranda.

Uma cidade tranquila, bem localizada, com muitas atividades, cafés e terraços abertos durante todo o ano. O clima mediterrâneo dessa cidade litorânea é ideal para que os turistas desfrutem de seu mar azul-esverdeado e de águas quentes. Para os apaixonados por história, as ruínas turcas e bizantina são imperdíveis.

  • Quanto custa?

Cerveja 0.5l: 150,00 Lek (1.16 euros).

Menu de fast food: 490,00 (3.79 euros).

Água: 56,00 Lek (0.43 euro).

Hospedagem: Worldpackers na Albânia.

Nesse vídeo abaixo, a Stela conta um pouco mais sobre como foi o mochilão dela por seis meses na Europa como voluntária:

Espero que com essa lista de cidade baratas da Europa, você consiga tirar sua viagem do papel. Qualquer dúvida ou sugestões de outros lugares, é só escrever aqui nos comentários!


5c3ac302eb4c22f28c43744a1174b392

Estela

Half Brazilian, half Spanish, completely into discovering the world. I left my Public Relations c...

+ Ver mais

Out 16, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Estela saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor