Quer uma passagem de até US$500 grátis?
Envie sua resposta até 31/07 e tenha a chance de ser premiado.

TOP 10 Serras do Brasil: destinos surpreendentes de Norte a Sul

Conheça as mais lindas Serras do Brasil, com atrativos para todos os gostos, e inspire-se para sua próxima viagem! Veja também as vagas de voluntariado disponíveis.

8min

serras do Brasil

Nosso país tem grande variedade de relevos e paisagens deslumbrantes. Dentre as tantas opções de destinos nacionais, as serras do Brasil se destacam com paisagens de tirar o fôlego e atraem principalmente os praticantes de ecoturismo.

Com atrativos para todos os gostos, que vão desde esportes radicais e trekkings até o clima ameno e a tranquilidade para quem busca dias de relaxamento, as serras agradam a todos. 

Neste artigo listamos as principais serras do Brasil e seus atributos, para você escolher sua preferida e planejar a próxima viagem. E incluímos também um bônus: vagas de voluntariado para você economizar com hospedagem e ter uma experiência ainda mais rica.

Serras do Brasil: o que são e por que visitá-las

Chamamos de serra um conjunto de terrenos e montanhas acidentadas que apresentam grandes desníveis e picos em toda sua extensão, o que se assemelha à ferramenta serra.

Além das paisagens deslumbrantes, com cachoeiras, piscinas naturais, grutas e belas formações rochosas, esse relevo proporciona locais perfeitos para esportes outdoor, como trekking, escalada e rapel, sendo ideal para amantes do ecoturismo.

Outra particularidade das serras que atrai muitos visitantes é o clima. Devido à formação e altitude, muitas vezes as serras do Brasil apresentam temperaturas mais amenas se comparadas com a região onde estão localizadas. 

As cidades que ficam no entorno das serras também possuem atrativos e encantos típicos das regiões serranas e merecem uma visita.



Principais Serras do Brasil: TOP 12 

1. Serra da Canastra (MG)

Um dos parques nacionais mais importantes do Brasil, a Serra da Canastra possui uma área de mais 200 mil hectares, abrangendo seis municípios de Minas Gerais, sendo eles: Vargem Bonita, São Roque de Minas, Delfinópolis, Sacramento, São João Batista do Glória e Capitólio. A origem de seu nome, canastra, é devido ao seu formato que se assemelha a um baú.

A vegetação dessa serra brasileira é seu diferencial, sendo uma área de transição entre a mata atlântica e o cerrado. Por isso, ela apresenta uma grande diversidade de flora e fauna.

Seus atrativos incluem cachoeiras, piscinas naturais, grutas e formações rochosas, além da nascente do rio São Francisco, um dos principais cursos de água do país. A região conta também com muita história e gastronomia típica, com destaque para o queijo canastra.

Que tal se hospedar na Serra da Canastra sem pagar nada e viver uma experiência bem mais imersiva que um turista que esta só de passagem? Confira algumas oportunidades de voluntariado pela Worldpackers, plataforma de troca de trabalho por hospedagem:

2. Serra do Rio do Rastro (SC)



A Serra do Rio do Rastro está localizada no sul de Santa Catarina, com 1.500 metros de altitude e a 50 km do mar, unindo as cidades do litoral com a Serra Catarinense. As principais cidades-base para visitação por lá são Urubici, São Joaquim e Lauro Muller.

Essa serra é conhecida pelo clima, que muda rapidamente. É possível viver praticamente as quatro estações do ano em um só dia!

Suas subidas íngremes e curvas fechadas também impressionam. Apesar de exigirem muito cuidado na direção, o visual da região e os mirantes no caminho compensam o esforço.

Essa região conta com várias atrações como o parque eólico, cânions, cachoeiras, várias opções de trekking e charmosas vinícolas.

Confira algumas vagas de voluntariado em Urubici, na Serra do Rio do Rastro:

3. Serra da Capivara (PI)



A Serra da Capivara, a pouco mais de 500 km da capital Teresina, no interior do Piauí, abriga um dos mais importantes patrimônios pré-históricos do país.

O parque Nacional da Serra da Capivara abriga, além de belezas naturais, os vestígios mais antigos de ocupação humana na América do Sul e uma das maiores coleções de arte rupestre do mundo. Por isso, foi tombada pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade.

As cidades-base para conhecer essa serra brasileira são Canto do Buriti, Coronel José Dias, São João do Piauí e São Raimundo Nonato. 

Que tal voluntariar com agrofloresta em Canto do Buriti e aproveitar para conhecer a região?

4. Serra da Mantiqueira (MG/SP/RJ)

Uma das mais procuradas serras do Brasil, a Serra da Mantiqueira se estende por 500 km na fronteira entre os estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. A região é uma conhecida área de preservação da flora e da fauna da mata atlântica, com diversas unidades de conservação no seu percurso.

Para os aventureiros, a região conta com diversos trekkings, escaladas, cachoeiras e paisagens incríveis. Mas a Serra da Mantiqueira também é conhecida por abranger charmosas cidades em meio às montanhas, muito convidativas para uma viagem romântica, sendo as principais: Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí, São Francisco Xavier, Monte Verde e Delfim Moreira.

Olha algumas das vagas de voluntariado na Serra da Mantiqueira:

5. Serra dos Órgãos (RJ)

Localizado no Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos é um dos parques nacionais mais antigos do país e abrange uma área total de cerca de 20 mil hectares, com sedes em Teresópolis, Petrópolis e Guapimirim.

Com opções de lazer para todos os gostos, a região conta com cachoeiras, poços, rios, mirantes, trilhas de diferentes níveis de dificuldade e até estrutura para camping.

Para quem gosta de aventuras radicais, é possível praticar rapel e escalada. Inclusive, lá fica um dos picos considerados um marco do início da escalada no Brasil, o Dedo de Deus. 

Se animou para conhecer a Serra dos Órgãos? Veja a vaga de voluntariado com imersão em trabalhos com bambu em Teresópolis.

6. Serra da Bocaina (RJ/SP)



Localizado na divisa entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Serra da Bocaina é um destino completo que une história, conservação e belezas naturais.

Na época da colonização do Brasil, era por lá que o ouro e o diamante eram escoados, e esse caminho ainda pode ser explorado pela Trilha do Ouro.

Essa exuberante serra brasileira abriga uma rica biodiversidade, com a maior extensão contínua de mata atlântica, e impressiona com belas paisagens naturais, com cachoeiras, praias e mirantes, além da flora e da fauna.

A Serra da Bocaina engloba os municípios São José do Barreiro, Ubatuba, Cunha, Silveiras, Bananal, Arapeí e Areias, no estado de São Paulo; e Paraty e Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro.

Existem várias vagas de voluntariado em Ubatuba, Paraty e outras cidades da região, como Cunha. Alguns exemplos:

7. Serra do Cipó (MG)



A Serra do Cipó está localizada a 100 km de Belo Horizonte e sua zona urbana é cortada pela Estrada Real. Sua área é de mais de 30 mil hectares e abrange 5 municípios de Minas Gerais: Itambé do Mato Dentro, Jaboticatubas, Morro do Pilar, Nova União e Santana do Riacho.

A região é conhecida pela sua grande diversidade de flora, com cerca de 1.600 espécies de plantas. Além de belíssimas cachoeiras, como a Véu de Noiva, grutas, poços, nascentes e até pinturas rupestres.

Entre os atrativos do Parque Nacional da Serra do Cipó estão as travessias, como o Vale do Travessão, que é um trekking pela parte alta do parque, e a Travessia Alto Palácio x Serra dos Alves, trekking de três dias por um percurso de 40km, passando por sítios arqueológicos, picos e trilhas utilizadas pelos tropeiros.

Em Santana do Riacho, você pode auxiliar com limpeza e arrumação enquanto conhece a Serra do Cipó.

8. Serra de Pacaraima (RR)



A Serra de Pacaraima ou Pacaraimã está localizada no planalto das Guianas, na fronteira do Brasil com a Venezuela, no estado de Roraima. É nessa serra que se encontra o impressionante Monte Roraima, com 2.739 metros de altitude.

O nome “pacaraima” tem origem numa língua dos indígenas locais de Roraima, pela junção de pacará (cesto) e imã (serra ou montanha).

A cidade Pacaraima, onde está localizada a serra, é conhecida como “Polo norte de Roraima”, pelo fato de suas temperaturas serem mais baixas que no resto do estado, fenômeno que ocorre devido à sua altitude de mais de 900 metros.

Além do Monte Roraima, a região possui outros belos montes para explorar, como o Monte Kukenan, e diversas opções de trekkings, escaladas e rios para conhecer.

Leia também:

9. Serra Gaúcha (RS)



Mais uma famosa serra do Sul do Brasil, a Serra Gaúcha é formada por vários municípios do Rio Grande do Sul, sendo os principais Gramado, Canela e Bento Gonçalves.

A região é conhecida pelo seu clima frio, diversas vinícolas, rica gastronomia e, claro, as belas paisagens naturais de tirar o fôlego, compostas por cânions, cascatas e matas de araucárias.

A infraestrutura turística é um diferencial da Serra Gaúcha, com muitas opções de hospedagem, restaurantes, museus, passeios e festivais. Não por acaso, esse é um dos principais destinos de inverno no Brasil.

O destino se destaca também por sua produção de chocolates e doces artesanais, sendo possível fazer um tour por algumas dessas fábricas de chocolate da região e conhecer o processo de fabricação. Delícia, não é?

E sim, também existem várias vagas de voluntariado por lá! Olha só essas:

10. Serra do Imeri (AM)

A Serra do Imeri, assim como a do Pacaraima, está localizada na fronteira entre o Brasil e a Venezuela, situada no Planalto das Guianas e ao norte do Amazonas. Como é pouco explorada turisticamente, a região se mantém extremamente selvagem e com sua rica natureza intocada.

Essa serra é de difícil acesso e estende-se pelas cidades amazonenses de Barcelos e Santa Isabel. Mas isso não assusta os aventureiros que ambicionam alcançar o pico mais alto do Brasil, o famoso Pico da Neblina, com quase 3.000 metros de altitude, e seu vizinho, o Pico 31 de março, com 2.970 metros de altitude.

A presença desses picos faz desta a serra do Brasil de maior altitude. Esse impressionante relevo também abriga uma das mais diversificadas flora e fauna do país.

Viu que nosso país tem opções de serras para todos os gostos, desde o destino ideal para uma viagem romântica até os picos mais altos para os aventureiros se desafiarem? Agora é com você: é só montar seu roteiro, arrumar a mochila e partir para explorar as melhores serras do Brasil!

E para isso, você pode contar com a Worldpackers: por meio do voluntariado, é possível trocar suas habilidades por estadia em diversas cidades do país e do mundo. Assim, você economiza com hospedagem, além de toda a aprendizagem de viver uma imersão no local. Para saber mais, confira nosso guia completo sobre a Worldpackers.



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor



Mais sobre esse tema