Guia com tudo sobre a Nicarágua: onde fica, cultura, praias e turismo

Tudo o que você precisa saber sobre a Nicarágua, desde os pontos turísticos e praias até a rica cultura do país. Além de dicas extras para mulheres que viajam sozinhas.

A3bf93d897bfdeb39333ad839d8ed715

Bruna

Jan 20, 2021

9min

tudo-sobre-nicaragua

Você sabe onde fica a Nicarágua? Ela faz parte da América Central, vizinha dos países Honduras e Costa Rica. Esse belo país oferece uma diversidade imensa de paisagens e atividades. Mas mesmo entre praias, lagoas, cidades coloniais e até vulcões, pude sentir o trauma que os locais carregam 

A Nicarágua passou por uma guerra em 2018 em decorrência de conflitos políticos em torno da reforma da previdência. Uma imagem de violência é naturalmente associada ao país, o que prejudicou o turismo em larga escala.

Fazer um mochilão pela América Central não é muito comum para Brasileiros, devido aos altos preços ou à insegurança. Admito, eu também estava com receio dessa viagem para a Nicarágua, principalmente por ser mulher viajando sozinha. 

No entanto, busquei informação através de notícias e, principalmente, através de outros viajantes que conhecia no caminho - informação em tempo real e sem sensacionalismo. 


tudo sobre nicaragua

Mesmo hoje, livre de conflitos armados, os pontos turísticos da Nicarágua foram fortemente prejudicados – muitos estabelecimentos fecharam as portas. A situação política não é estável nem os problemas resolvidos. 

Por isso, tenha paciência: o serviço não vai ser perfeito e chegar em alguns lugares pode ser trabalhoso. Mas pretendo te mostrar com esse artigo que sim, é possível fazer turismo e conhecer a cultura da Nicarágua tomando as devidas precauções, e se mantendo na rota turística.

Fazer voluntariado na Nicarágua é uma ótima forma de conhecer o país, assim, você vai descobrir a cidade com seus novos amigos viajantes e receber as melhores dicas locais sobre o que fazer e onde ir. 

Visto para entrar na Nicarágua

Brasileiros não precisam de visto para ingressar na América Central. No entanto, existe um grupo chamado CA-4, algo semelhante ao Mercosul. 

É um acordo entre os países Guatemala, El Salvador, Honduras e Nicarágua. 

Para o viajante, significa que os 90 dias de permanência estão distribuídos entre os quatro países, e não individualmente. Fique atento aos valores que são cobrados para cruzar fronteiras mais abaixo.

Alimentação na Nicarágua


onde fica nicaragua

A Nicarágua pode ser um lugar desafiador para vegetarianos. Muita carne, frango, fritura. 

O café da manhã é similar em toda América Central, a base de frijoles e plátanos. 

Existe até uma briga entre Costa Rica e Nicarágua pela autoria do famoso gallo pinto, que é um tipo de arroz e feijão frito (muito bom). 

O desayuno típico contém gallo pinto, ovos, queijo, salsichon, panqueca e plátanos fritos. Uma delícia. Se acostume a comer muito feijão! 

Segurança no país

Na maior parte do tempo, me senti segura sendo uma viajante solo. 

Cuidados básicos sempre são necessários, principalmente se você é mulher viajando sozinha. Infelizmente, o assédio nas ruas pode acontecer. 

A regra de sempre: evite andar sozinha à noite pelas ruas. Faça alguns amigos no caminho, você vai encontrar muitos outros viajantes solo, então vocês podem se fazer companhia durante as viagens.

Não confie nos taxistas, eles vão tentar te vender corridas afirmando que o ônibus que você está esperando já partiu ou que a rota não existe. Se informe antes, saiba para onde você está indo e não confie em informações de pessoas que estão tentando te vender alguma coisa.

Em viagens, passaporte e outros documentos na moneybelt, fique de olho na sua mochila. Cuidado com pickpockets em viagens, e com pessoas tentando te vender serviços ou te cobrar a mais por saberem que você é turista. É útil saber algumas palavras em espanhol.

Quanto dinheiro levar em uma viagem à Nicarágua?

1 NIO (Córdoba) = 0,029 USD (Dólar Americano) em Jan/2021


nicaragua turismo

Bebidas e comidas típicas da Nicarágua

Uma refeição (café da manhã, almoço ou janta) variam de USD 5 - 8. Como em qualquer lugar, fazer compras no supermercado e cozinhar em casa é mais barato. O rum é a bebida nacional. Você também vai encontrar cervejas, que serão bem-vindas no calor que faz por aqui.

A Toña e a Clássica são as mais populares. O curioso é que o preço da cerveja nos bares é o mesmo dos supermercados. 

Você consegue comprar a cerveja nacional Toña em um restaurante por USD 1. Eles também oferecem a tal da michelada, que é um invento mexicano mas muito popular aqui. 

É cerveja com adição de limão e molhos variados (salsa inglesa). Talvez para o paladar brasileiro uma Toña bem gelada seja mais palatável.

Um ponto negativo é que alguns estabelecimentos cobram pela água. Muitos lugares me cobraram cerca de USD 0,50 para encher uma garrafa de 500 ml (sim, eles vão te cobrar por tudo) 


nicaragua pontos turisticos

Transporte dentro da Nicarágua

Aqui que a coisa complica. A Nicarágua não tem um bom sistema de transporte, e é nesse momento que eles ganham dinheiro com os turistas. 

Não é fácil se deslocar diretamente entre os pontos turísticos da Nicarágua. Todas estradas levam para Rivas, então você vai ter que passar por lá. É preciso tempo para viajar de ônibus!

Muitos são chicken bus – antigos ônibus escolares dos Estados Unidos, com uma pintura colorida muito louca. Segundo o nome indica, você vai encontrar de tudo nesses ônibus: talvez até galinhas. 

Tem vendedor, criança, mochileiros, malas, pessoas empilhadas. É uma experiência antropológica. 

Apenas entenda que não existe espaço pessoal e mantenha o olho nos seus pertences. O ponto positivo é que vai ser muito barato! Você vai notar que eles cobram mais caro se você é turista, mas mesmo assim vale a pena. Paguei 100 NIO de Granada até Rivas, cerca de 3 USD.


nicaragua cultura

Em sites você pode conseguir algumas informações sobre horários e rotas dos ônibus. Muita coisa mudou depois de 2018, então é mais seguro se informar com outros viajantes e locais. Por exemplo, o lugar para pegar o ônibus de Granada para Rivas ficava em um lugar diferente do indicado no site. Outra dica é chegar cerca de 20 minutos antes no local onde saem os ônibus, pois muitas vezes eles saem antes ou depois do horário indicado.

Existe a alternativa de utilizar shuttles para turistas, o que acaba saindo bastante caro. Mas é uma possibilidade, principalmente se você está com medo de viajar sozinha ou não tem muito tempo disponível. Geralmente os hostels oferecem esses serviços, então você encontra com facilidade.

  • Shuttle de Léon para San Juan der Sur (3h de viagem) - USD 20
  • Shuttle privado de San Juan del Sur para Popoyo (1h30 de viagem) - USD 40
  • Shuttle de Granada para Laguna de Apoyo (30min de viagem) - USD 7

Viagens a partir da Nicarágua

Se você cruza a fronteira da Nicarágua por terra, você recebe um cartão de turista e precisa pagar USD 10 por ele. Fique atento às tarifas cobradas pelos países para entrar e sair. 

Para chegar na Nicarágua, utilizei um serviço de shuttle, que me custou USD 40, saía de Antigua, Guatemala, cruzando El Salvador, Honduras e por fim, Léon em Nicarágua. 

Os trâmites de fronteira foram USD 17 no total. E para sair da Nicarágua, paguei mais 3 USD. Eles só aceitavam dólares na fronteira, esteja preparado.


nicaragua managua

Saímos às 5 da manhã da Guatemala e depois de 19 horas chegamos na Nicarágua. Geralmente o motorista te busca no local onde você está hospedado

Não foi uma viagem fácil ou agradável, mas você vai chegar do ponto A ao ponto B. Fique atento para não viajar de madrugada, especialmente na Guatemala.

Outra opção de fazer essa viagem é utilizando a Tica Bus, uma empresa que faz várias rotas entre os países da América Central. 

No entanto, muitos locais utilizam esses ônibus também, e na hora de cruzar a fronteira vai ser você e mais outras 50 pessoas (ou mais). Se utilizar esse ônibus, fique de olho nos seus pertences. 

O que fazer na Nicarágua: principais pontos turísticos

Destinos incríveis e seguros dentro da rota turística. Aqui destaco os pontos turísticos da Nicarágua que eu visitei, com algumas dicas do que fazer!


leon nicaragua

1. Léon, a cidade colonial

Essa cidade colonial foi a primeira capital da Nicarágua, antes de Manágua ganhar o título e se manter como capital até hoje. Se prepare para o calor! 

Uma das principais atrações é visitar La Catedral de Léon e subir no teto da Igreja. Além da bonita arquitetura, você tem uma vista linda da cidade e dos vulcões em volta – Custa 3 USD.

Também há o Museo de La Revolución, o lugar ideal para conhecer mais sobre a história da América Latina, a ditadura e revolução Sandinista na Nicarágua, nos anos 60 e 70. 


revolucao de nicaragua

O ponto alto é que o tour é feito por um ex-revolucionário do exército Sandinista, o que adiciona um sabor extra na visita. Vale uma leitura sobre o lugar antes de fazer o tour, para ter uma visão geral do assunto. Imperdível. O valor do ingresso é 100 NIO

Ainda há outras coisas para explorar em torno de Leon, como fazer Sanboarding no Vulcão Cerro Negro e também o Free Walking Tour.

2. San Juan del Sur 

Essa é a praia onde as pessoas que querem aprender a surfar ficam hospedadas, e é a mais popular da Nicarágua. San Juan del Sur é uma party town, então se você gosta desse vibe, vai curtir o lugar. 

A beira da praia não tem nada de sensacional, outras localizadas nos arredores são mais interessantes. Procure por praias Maderas, Hermosa ou Remanso.

Existe a estátua do Cristo da Misericórdia, a 135 metros acima do nível do mar. Você pode fazer uma caminhada até lá, subir na base do Cristo para ter uma vista da praia. O valor para subir é cerca de 2 USD.

3. Popoyo, o nome da tranquilidade

Fora da rota tradicional dos pontos turísticos da Nicarágua. Como eu gostei desse lugar! 

Procurava uma opção com tranquilidade no réveillon e que fosse na praia (quase impossível né?) 

Aqui eu consegui! Fiquei hospedada em um surf camp e paguei um preço chocante para essa época do ano. Foram USD 75 por 5 noites, com café da manhã incluso.  


dicas nicaragua

Não existem muitas opções de hospedagem ou estabelecimentos por aqui, mas é um lugar super tranquilo onde me senti segura e fiz amigos. 

Havia vários surfistas e também aprendizes. A praia é diferente do que estamos acostumados a ver no Brasil, tem uma formação rochosa bem no meio. É legal de fazer um passeio pela praia e caminhar por cima das pedras. 

Além disso, tem o espetacular por do sol no mar, meu programa preferido na costa do pacífico.

4. Granada, a preferida

Minha cidade colonial favorita! O melhor programa? Andar randomicamente pelas ruas da cidade, observar as casas coloridas, é um charme. 

Você pode também pode alugar uma bicicleta (USD 2 por 1 hora), a cidade é plana, então vai ser fácil. Tome um sorvete pra ajudar a aguentar o calor! 

Na praça principal de Granada, você vai ver várias carruagens e cavalos disponíveis para um passeio. 

Aqui é possível passear à noite na rua principal, o que é muito agradável por conta do calor que faz durante o dia. Você vai ver a via toda iluminada e cheia de restaurantes e barzinhos.


o que fazer na nicaragua

Existem viagens de um dia que você pode fazer a partir de Granada, e foi assim que eu descobri a Laguna de Apoyo

Gostei tanto do lugar que decidi ficar por alguns dias. É muito tranquilo, perfeito para quem não gosta de muito agito. Você pode fazer passeios de caiaque ou passar o dia mergulhando. 

Existem vários hostels em torno do lago, fiquei hospedada no Paradiso Hostel e visitei por uma tarde o Punta El Cacique, mais frequentado por locais. 

Se você não está hospedado, você paga 200 NIO, mas eles são consumíveis. Você também pode acampar no local de graça (leve comida e um amigo, pois será deserto e escuro à noite).

5. Corn Islands e Ometepe

Se você ainda está procurando o que fazer na Nicarágua, pode visitar e voluntariar na Ilha Ometepe, que impressionantemente abriga dois vulcões. 

É possível alugar uma moto e conhecer a ilha inteira por conta. Para chegar lá, vá até Rivas e pegue um ferry boat até a ilha.


nicaragua para brasileiros

Ou ainda, ir para o lado caribeño e conhecer as Corn Islands

Para chegar aqui, você vai precisar pegar um vôo ou, com mais tempo e disposição, encarar uma jornada de chicken buses. 

Do medo à aprendizagem

Não deixe de incluir a Nicarágua no roteiro do seu mochilão pela América Central por medo. Vai ser uma viagem de aprendizados, de muita beleza e também de choque com a cultura da Nicarágua. 

Foi um destino que me ajudou a compreender melhor a América Latina e também a valorizar muito do que temos no Brasil.

Como não encontrava muitos relatos de brasileiros (mochileiros) viajando pela Nicarágua, especialmente de mulheres viajando sozinha, li muitos blogs e informações escritos por norte americanos ou europeus. 


viagem nicarague

Lembre sempre que o que eles consideram como barato, nem sempre vai ser pro bolso brasileiro. 

Mas sempre existem formas de economizar viajando, cozinhando suas refeições, viajando de chicken bus e principalmente, fazendo um voluntariado pela Worldpackers!

Se quiser continuar seu mochilão pela América Central, você pode auxiliar em uma fábrica de chocolate vegana na Nicarágua, ser professor de inglês na Guatemala ou preparar panquecas no Panamá

Qualquer dúvida que eu possa te ajudar, me escreve! Boa viagem!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor


Mais sobre esse tema