Tire suas viagens do papel com ajuda de experts em viagem!
Torne-se membro até 29/02 e participe de webinars exclusivos com viajantes experientes.

Ecoturismo em Paraty: passeios ecológicos e de aventura na região

Saiba tudo sobre as 10 melhores atividades de ecoturismo em Paraty e descubra como passar um tempo se hospedando de graça por lá enquanto faz um voluntariado.

Bárbara Nicoli

Fev 13, 2023

7min

ecoturismo em paraty

Paraty é um paraíso para quem gosta de ecoturismo e turismo de aventura. A região é super preservada e cercada pela mata atlântica, parques e reservas ecológicas. Por isso, o ecoturismo em Paraty é uma ótima maneira de aproveitar a região.

São diversas atividades que podem ser praticadas por lá, como caiaque, stand up paddle, trilhas, rafting, mountain bike, arvorismo, tirolesa, entre outras. Sempre, é claro, buscando causar o mínimo de impacto ambiental. 

Confira a seguir 10 passeios imperdíveis para você que está buscando praticar ecoturismo em Paraty.

Onde fica Paraty?

Paraty fica no litoral sul do Rio de Janeiro, a aproximadamente 250 quilômetros da capital do estado. A cidade faz parte da chamada Costa Verde e junto com mais quatro municípios (Angra dos Reis, Itaguaí, Rio Claro e Mangaratiba) forma uma das regiões mais lindas do Brasil.

Com o mar de diferentes tonalidades de verde e uma vegetação nativa bem preservada, a Costa Verde é muito procurada pelos amantes de ecoturismo e turismo de aventura.


ecoturismo em paraty

Como chegar em Paraty?

Paraty fica quase na divisa dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, então você pode optar por qualquer uma das capitais desses estados para chegar lá. Do Rio ou de São Paulo, existem ônibus diários para Paraty.

O transporte público na cidade funciona muito bem, então é possível se locomover de ônibus para vários pontos turísticos da região. 

Caso você não tenha muito tempo ou queira mais autonomia, alugar um veículo é uma boa opção. Você pode alugar o carro em Paraty mesmo, mas saiba que vai pagar um pouco mais caro que nas capitais.

Leia também:

Ecoturismo em Paraty: 10 atividades para fazer na região

Existem mais de 60 ilhas e 300 praias na região de Paraty, a maioria com acesso somente por barco ou trilha. Uma natureza quase intocada, repleta de verde, com inúmeras cachoeiras e mirantes que nos fazem perder o fôlego. 

Separei aqui 10 atrações para você que curte ecoturismo e turismo de aventura:

1. Piscina natural do Cachadaço

Essa é uma das atrações mais procuradas da região de Paraty e fica a 25 quilômetros do centro histórico, na Vila de Trindade. Para chegar na piscina natural do Cachadaço, é necessário fazer uma trilha curta e leve, de mais ou menos 30 minutos. A trilha passa pela Praia do Meio e pela Praia do Cachadaço.

A piscina natural se forma numa área protegida por grandes pedras. A água é cristalina e a vida marinha é abundante, por isso é um lugar ótimo para praticar snorkeling. Para um mergulho mais profundo, basta ultrapassar as pedras: o visual é igualmente lindo ao da piscina, além de ter menor fluxo de pessoas.

2. Cachoeira da Pedra que Engole

A cachoeira da Pedra que Engole também fica na Vila de Trindade. A trilha começa no final da Praia do Meio, no encontro com o rio dos Codós. O percurso leva em torno de 40 minutos e é um pouco mais difícil que a trilha para a piscina natural do Cachadaço, pois vai seguindo o curso do rio.

No caminho há outros atrativos, como a cachoeira dos Codós, o Poço das Duas Paredes, a Cachoeira do Escorrega, o Poço Fundo e finalmente a cachoeira da Pedra que Engole

Ela leva esse nome pelo fato de que entre as rochas que formam a cachoeira, há um buraco onde é possível escorregar. Ao fazê-lo, parece que a pessoa foi sugada para dentro de uma caverna. Mas fique tranquilo: o local é seguro, tem um degrau dentro da caverna e o poço é raso.


pedra que engole

3. Saco do Mamanguá

O Saco do Mamanguá é um braço de mar que adentra o continente por 8 quilômetros de extensão e 2 de largura. Ele fica dentro da Reserva Ecológica Estadual da Juatinga e abriga comunidades de pescadores e mais de 30 praias de beleza singular cercadas pela mata atlântica.

As únicas maneiras de chegar no Saco do Mamanguá são por barco via Paraty-Mirim ou por uma trilha considerada de nível médio a difícil, pelo fato de ter uma subida íngreme e longa no início do percurso. Ambos saem do cais de Paraty-Mirim.

Remar no mar, nadar, fazer a trilha para o Pico do Mamanguá, caminhar pelo mangue e tomar banho na cachoeira do Rio Grande são algumas das atividades que o Saco de Mamanguá proporciona. É o lugar perfeito para quem quer se desconectar do mundo virtual e se conectar consigo mesmo e com a natureza.


saco do mamanguá

4. Praia do Sono, Antigos e Antiguinhos

As três praias são de uma beleza surpreendente, todas super preservadas e com águas cristalinas e areia branquinha. Há apenas uma pequena vila de pescadores na Praia do Sono com algumas opções de bares, restaurantes e hospedagens. O acesso a elas é somente por barco ou trilha saindo da praia de Laranjeiras.

A trilha até a Praia do Sono é relativamente fácil, mas no início tem uma subidinha que cansa, então tente levar só o necessário e vá num horário em que o sol não esteja muito forte. 

O primeiro percurso leva em torno de uma hora, depois são mais 30 minutos até a Praia de Antigos e só 5 minutos até a última parada, na Praia de Antiguinhos.

5. Canoagem na Baía de Paraty

Na praia do Pontal, praia central de Paraty, é possível alugar caiaque, canoa havaiana ou stand up e remar pela baía de Paraty. 

Se você tiver experiência, pode ir remando sozinho, ou pode solicitar que um guia lhe acompanhe. Dá para ir até as ilhas próximas da costa, como a Ilha do Itu e a Ilha do Malvão, e ainda remar até a Ponta do Rosa.

6. Rafting no Rio Mambucaba

Dentro do Parque Nacional da Serra da Bocaina, o rio Mambucaba fica na divisa entre Paraty e Angra dos Reis. É um local de difícil acesso e longe do turismo de massa. Ideal para quem busca turismo de aventura em Paraty.

Nos meses de dezembro a março costuma chover bastante na região, deixando o rio cheio e tornando a atividade ainda mais emocionante. Durante todo o percurso, a paisagem deslumbrante da Serra da Bocaina está sempre presente.

7. Observação de Aves

A região de Paraty é privilegiada com inúmeras unidades de proteção ambiental que contribuem para a preservação das mais de 450 espécies de aves. A observação consiste em mostrar esses animais no seu habitat natural, seja na floresta, rio, mar ou nas cidades.

As agências que fazem esse tipo de turismo ecológico utilizam equipamentos específicos para cada lugar de observação. Geralmente o passeio se inicia de madrugada, pois no amanhecer é possível ver mais aves.

8. Nascer do Sol na Pedra da Macela

Essa é uma dica para os apaixonados pelo nascer do sol. O início da trilha para a Pedra da Macela fica na estrada em direção a Cunha, a aproximadamente 30 quilômetros do centro histórico de Paraty.

A caminhada até o topo da montanha leva de 40 minutos a uma hora, a depender do ritmo de cada um. Do cume, dá para ver toda a região de Paraty, a baía de Ilha Grande, a imensidão da Mata Atlântica e um nascer do sol fascinante.


nascer do sol perto de paraty

9. Cachoeira da Melancia

Localizada no sertão de Taquari, a menos de 30 quilômetros do centro de Paraty, a região é repleta de cachoeiras. A cachoeira da Melancia é uma das maiores e mais belas, acessada por uma trilha de aproximadamente 3 quilômetros.

A caminhada tem certo nível técnico, por estar dentro de uma área da Mata Atlântica protegida e porque há muitos poços e córregos no caminho. A trilha leva em torno de duas a três horas num ritmo tranquilo.

10. Voluntariado ecológico em Paraty

Para quem quer ter uma experiência diferente do turismo tradicional, saiba que em Paraty há diversos lugares para fazer um voluntariado ecológico, trocando algumas horas de trabalho por acomodação gratuita e outros benefícios. 

Um exemplo de local é o Remo Hostel, que fica no meio da floresta, em Paraty-Mirim. O lugar é um verdadeiro santuário ecológico, no topo das árvores, com vista para o mar e para a mata. Dá uma olhada nessa vaga de voluntariado ecológico no meio da mata atlântica.


ecoturismo em paraty

O primeiro passo para viver essa imersão é se tornar membro da plataforma Worldpackers, fazendo seu cadastro gratuito. Em seguida, você vai procurar as vagas de voluntariado, filtrando pelo lugar que você quer ir e pelo tipo de viagem que quer fazer; por exemplo, focado em projetos ecológicos. Em Paraty há muitas vagas nesse estilo: confira aqui todas elas.

Outro lugar muito interessante para fazer trabalho voluntário em Paraty é no Espaço Merkabah Bamboo. É outra casinha no meio da floresta, a poucos metros da cachoeira do Tobogã e do poço da Jamaica. Confira mais detalhes sobre essa oportunidade.


voluntariado ecológico em paraty

Gostou da ideia de passar um tempo no meio da mata atlântica em Paraty? Então crie um perfil gratuitamente na comunidade Worldpackers e comece a salvar suas vagas de voluntariado favoritas!



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor

Mais sobre esse tema