Categories

Por que escolhi viajar para Malta?

A ilha de Malta ainda é pouco conhecida entre os brasileiros, pelo menos entre meus amigos e familiares. Para que as pessoas entendam a minha escolha de viajar para Malta, neste artigo resolvi escrever um pouquinho sobre características, localização, idioma e razões que me levaram a escolher a ilha.


0aa21fd0f8702728dcf6bf0cdd864e49

Jéssica

Travel blogger, Brazilian, 27. Helping Travel Lovers and Sharing Experiencies w/ Love!

Aug 08, 2018

viajar-para-malta

Você vai viajar para Malta? Mas onde fica isso?

Uma breve explicação sobre a ilha de Malta...

Malta é um país independente, localizado no continente europeu, cujo território abrange as Ilhas Maltesas (Malta, Gozo e Comino) situadas no Mar Mediterrâneo.

É um dos menores países da Europa. Se tornou independente do Reino Unido em 1064 e membro da União Européia em 2004.

Sua capital é Valeta e o idioma oficial é o Maltês, sendo o inglês o idioma co-oficial do país.

A ilha fica bem próxima de Sicília na Itália. Sendo assim, a melhor referência e explicação geográfica seria: "Malta é uma ilha que fica no bico da bota da Itália!", usando um sentido totalmente metafórico, mas que funciona bem.

E não, eles não falam italiano por lá. Na verdade o maltês vem perdendo sua força ao longo desses últimos anos já que o mercado de escolas de inglês que oferecem pacotes de intercâmbio no país vem crescendo cada vez mais.

Acho que deu para ter uma noção básica, mas com os pontos mais relevantes de curiosidades iniciais sobre o país né?

Confira agora então os principais motivos que me fizeram escolher Malta!

Localização

Confesso que a Europa estava sendo o foco para encontrar o meu próximo destino. Meus planos eram ir para um local que não ficasse tão longe do Brasil, como por exemplo a Austrália onde morei por um ano e meio.

Morando na Europa, consigo voltar para visitar a família e os amigos de maneira mais simples e econômica, caso necessário.

O fato de eu ter o passaporte português, que me concede acesso livre à todos os países da União Européia, também ajudou bastante nesta questão da localização, já que eu não teria que me preocupar com vistos e/ou pagamento de escolas para poder continuar no país.

Indicações

Durante o meu intercâmbio na Austrália eu conheci uma espanhola que já havia morado em Malta para praticar o inglês. Antes disso, eu confesso que também nunca tinha ouvido falar na ilha.

Ela compartilhou comigo toda a sua experiência enquanto viveu na ilha. Me contou sobre o seu dia a dia, me mostrou algumas fotos de paisagens e belezas naturais e exemplificou a vibe descontraída que o país possui.

Fui me apaixonando por cada detalhe e depois de me conhecer um pouco melhor, ela mesma garantiu que Malta era a minha cara e que eu amaria viver por lá.

Depois de alguns meses desta revelação, Malta cruzou o meu caminho mais uma vez.

Um amigo foi para a ilha para viver um intercâmbio de 3 meses por lá e eu pude acompanhar a viagem dele pelo Instagram. Senti ainda mais o chamado para ir para lá e tive ainda mais certeza de que o lugar realmente poderia me fazer sentir realizada.

ferias-em-malta

Oportunidades de trabalho

Para brasileiros, o visto de estudante e/ou turismo não te permite trabalhar legalmente no país.

Como eu tenho o passaporte europeu, eu posso trabalhar full time por lá. Comecei então a pesquisar sobre o mercado de trabalho em Malta e cheguei a conclusão de que não será tão difícil assim conseguir algo por lá e isso não se resume apenas a sub-empregos em hospitality.

Por estar fazendo parte de alguns grupos no Facebook, já cheguei a ver algumas oportunidade de empresas dispostas a contratarem até mesmo brasileiros para algumas vagas administrativas.

Existe uma área de trabalho muito forte lá chamada iGaming, que são apostas e jogos de azar online, que oferece vagas para profissionais que falam inglês e português para trabalhar neste setor.

Atmosfera descontraída

Por ser uma ilha de destino de verão, o clima descontraído predomina nas ruas de Malta. Não rola aquele clima de cidade grande com arranha-céus e viadutos por todos os lados. As construções do país são em sua maioria bem antigas e patrimônios tombados.

Eu estou em uma fase da minha vida que quanto mais simples eu precisar me vestir e quanto mais natureza eu tiver por perto de mim, melhor. Sendo assim, viajar para Malta me pareceu a opção perfeita neste momento!

História

Malta possui um arsenal de prédios, construções e objetos históricos em seu território.

Muitos mistérios estão envolvidos nas descobertas de algumas construções e existem muitas teorias sobre os acontecimentos do passado, sem uma conclusão definitiva comprovada e aceita por todos. Isto me intriga!

Acredito que as energias ancestrais sejam bem fortes e estejam presentes em muitos pontos da ilha. Um dos meus objetivos para este ano são viagens com mais propósito e acredito que viajar para Malta me trará ainda mais conexão e evolução espiritual.

Dica de leitura: Invista mais em autoconhecimento

viagem-para-malta

Aquele azulão

Já pesquisaram MALTA nas imagens do Google? Não? Então façam e vocês irão entender melhor este quesito.

As praias e paisagens do país são incríveis e deixam qualquer summer lover in love.

Os tons de azul impressionam e alguns lugares possuem águas tão cristalinas que fica difícil de acreditar que são reais.

Eu quis então assumir o desafio de comprovar se todo aquele azul é de verdade mesmo ou se os filtros dos editores de fotos estão sendo muito bem utilizados. Tirarei a prova em breve e vou contando tudo para vocês, acompanhem o meu dia a dia por lá através do Instagram.

O idioma

Partindo da vontade de querer um país da Europa, precisei parar para analisar o idioma falado em cada um deles.

Como o meu inglês é fluente e esta viagem seria mais para trabalhar e viver de maneira mais tranquila (sem ter que ir para a escola para estudar algum outro novo idioma e conseguir de maneira mais rápida um emprego), fiquei com as opções de países que falassem inglês.

O clima

Dentre as opções restantes, eu sou muito mais fã de verão e praias do que inverno e montanhas. E não estava nos meus planos morar em um país que tivesse o frio como predominância climática no decorrer do ano.

Muitos europeus escolher viajar para Malta durante as férias de verão, a ilha fica lotada nos meses de junho e julho. E para vocês que já deram uma olhadinha nas fotos do lugar fica fácil de entender o porquê né?

ilha-de-malta

Adorei compartilhar com vocês os motivos que me fizeram escolher Malta para meu próximo destino!

Nessa próxima viagem, eu vou trabalhar em troca de hospedagem no PV Hostel por lá.

Quer entender melhor como é trabalhar em um hostel em troca das suas habilidades?

Se liga nesse outro artigo que escrevi: O que é um hostel? Por que trabalhar e se hospedar em um? e tire todas as suas dúvidas sobre este estilo de vida.

Se você também estiver planejando sua viagem para a ilha, me mande um OI e vamos nos encontrar por lá :)

Se ficou alguma dúvida, me manda uma mensagem para a gente conversar melhor.

Escrevi também um post contando como fiz para comprar minhas passagens para viajar para Malta de maneira econômica: Como comprar passagem aérea mais barata para Malta.

Dúvidas, dicas, novas amizades... @embuscadodesconhecido



0aa21fd0f8702728dcf6bf0cdd864e49

Jéssica

Travel blogger, Brazilian, 27. Helping Travel Lovers and Sharing Experiencies w/ Love!

Aug 08, 2018


Did you like it? Don't forget to let JessAlves know :-)


Comments