Tire suas viagens do papel com ajuda de experts em viagem!
Torne-se membro até 29/02 e participe de webinars exclusivos com viajantes experientes.

O que é turismo ecológico? Conheça os 6 melhores destinos no Brasil

Entenda o que é o turismo ecológico e descubra destinos incríveis no Brasil onde você pode realizá-lo. Bônus: confira vagas de voluntariado incríveis nesses lugares paradisíacos

Bárbara Nicoli

Jun 14, 2023

8min

o que é turismo ecológico

O turismo ecológico é mais do que estar em contato com a natureza. Esse ramo adota uma relação respeitosa e sustentável com o ambiente. Ou seja: o objetivo é estar em harmonia com todo o ecossistema ao redor.

Trilhas, rapel, arvorismo, mergulho, escalada, montanhismo e rafting são algumas das atividades que o turismo ecológico proporciona. Elas podem ser realizadas de maneira sustentável, sem degradar a fauna e a flora, e respeitando o modo de vida das comunidades locais.

O turismo ecológico pode ser praticado tanto por viajantes que gostam de aventuras e esportes como por aqueles que buscam apenas tranquilidade. Independente da escolha, há diversos lugares no Brasil para ter contato com a natureza. Aqui neste texto vou falar de alguns dos melhores.


jovem posa para foto com snorkel

O que é turismo ecológico?

O ecoturismo ou turismo ecológico é definido pelo Ministério do Meio Ambiente como “o segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista por meio da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações”.

Esse tipo de turismo envolve quatro requisitos: 

  • Respeito às comunidades locais;
  • Envolvimento econômico dessas comunidades;
  • Respeito às condições naturais;
  • Conservação do meio ambiente e interação educacional quanto a isso.

Ou seja, quando você pratica o turismo ecológico, além de conhecer um novo lugar e se divertir você também aprende sobre uma nova cultura e fortalece a atuação de especialistas locais. E tudo isso sem agredir os ecossistemas.


viajante pratica turismo ecológico em meio a vitórias-régias

Turismo ecológico no Brasil: melhores roteiros

O Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo! Sua área territorial é muito grande e apresenta diferenças de clima, solo e espécies da fauna e da flora, fazendo com que as condições ambientais formem muitos ecossistemas. 

Por isso, o que não falta são destinos incríveis para praticar o turismo ecológico no Brasil. Fiz uma lista com 6 dos mais interessantes:

Bonito (MS)

Bonito é um dos melhores destinos para viajar no Brasil se você gosta de contato com a natureza. Localizada no estado de Mato Grosso do Sul, a cerca de 300 km da capital Campo Grande, a cidade faz parte do Parque Estadual da Serra da Bodoquena.

O turismo ecológico é o forte da região de Bonito, devido à quantidade de passeios que a cidade proporciona relacionados à fauna e à flora. Rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas e cavernas são as atrações mais procuradas na região.

A preservação ambiental é uma das maiores preocupações da gestão da cidade, que adotou um sistema de sustentabilidade e monitoramento que é considerado uma referência. Não é à toa que a cidade já foi eleita como o melhor destino de ecoturismo no Brasil.

Veja alguns exemplos de práticas utilizadas nesse modelo: 

  • Reciclagem dos resíduos sólidos;
  • Produção de horta orgânica;
  • Viveiro de mudas;
  • Visitação de mínimo impacto ambiental;
  • Criação de uma reserva particular do patrimônio natural.

Ao visitar Bonito, você sabe que está em um lugar que se preocupa com a durabilidade da sua beleza, cuidando do meio ambiente para que as ações do ser humano não interfiram na fauna e na flora da região.

Leia também: 5 atrações para conhecer na sua viagem a Bonito

Se você quiser passar mais tempo por lá, se hospedar de graça e deixar uma contribuição positiva para o destino, uma dica é fazer um voluntariado em Bonito pela Worldpackers. Através dessa plataforma você troca algumas horas de trabalho por acomodação e outros benefícios, como passeios e refeições.

Entre as vagas disponíveis por lá, há um projeto lindo sendo cultivado por uma família. Ele contempla um mini museu com peças indígenas e livros sobre a região e uma sala de teatro onde acontecem contações de histórias. A família recebe voluntários para ajudar na recepção dos turistas. 

Ou seja, você pode se hospedar de graça em Bonito, conhecer toda a região como um local e ainda, fazer parte desse projeto rico em cultura e história. Ficou interessado? Veja aqui a oportunidade:


viajante faz flutuação em bonito

Chapada Diamantina (BA)

A região da Chapada Diamantina, na Bahia, é composta por 24 municípios. Ela fica a pouco mais de 400 km da capital baiana, Salvador. O Parque Nacional da Chapada Diamantina possui 152.000 hectares e abrange três biomas em seu território: Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga.

Trilhas, travessias, banhos de cachoeira, canoagem, escaladas e pedaladas são algumas das atividades que podem ser feitas na Chapada. São quase 300 quilômetros de trilhas que percorrem paisagens de tirar o fôlego. É um dos melhores destinos do Brasil para fazer turismo ecológico.

No Parque Nacional da Chapada Diamantina há muitos serviços turísticos de base comunitária, como hospedagem e alimentação nas próprias casas dos moradores e guias credenciados nativos da região.

Além das hospedagens de base comunitária você também pode fazer um trabalho voluntário numa comunidade permacultural na Chapada Diamantina e aprender sobre agrofloresta, bioconstrução e reflorestamento. 

Olha só algumas das oportunidades de trabalho voluntário na Chapada Diamantina:


a chapada diamantina é um ótimo destino de turismo ecológico no brasil

Jalapão (TO)

Localizado no estado de Tocantins, o Parque Estadual do Jalapão fica a cerca de 300 quilômetros da capital do estado, Palmas. O parque tem mais de 34 mil quilômetros quadrados e abrange nove cidades.

A região do Jalapão encanta por suas águas abundantes, chapadões e serras com clima de savana, além da paisagem de cerrado, com direito a dunas alaranjadas, rios encachoeirados, nascentes, fervedouros e impressionantes formações rochosas.

A preocupação em manter preservada essa incrível riqueza natural é representada pela presença de vários instrumentos de conservação, como o Parque Estadual do Jalapão, o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba, a Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins, a Área de Preservação Ambiental (APA) da Serra da Tabatinga e a Área de Proteção Ambiental (APA) do Jalapão.

Em algumas atrações turísticas do Jalapão as acomodações são em tendas, o aquecimento é solar e não há energia elétrica. Tudo isso para causar o mínimo de impacto ambiental.

Em Palmas, no Tocantins, você pode aprender e ajudar num projeto de sustentabilidade através de um trabalho voluntário. Você ajuda algumas horas por dia e no seu tempo livre pode participar das atividades de yoga e meditação num sítio permacultural no meio do cerrado. Gostou da ideia? Confira a oportunidade:


pôr do sol no cerrado

Presidente Figueiredo (AM)

A cidade de Presidente Figueiredo fica localizada no estado do Amazonas, distante apenas 100 quilômetros da capital, Manaus. Ela é conhecida como "A terra das cachoeiras" e o turismo ecológico vem crescendo muito na região justamente pela fartura de águas e recursos naturais.

Presidente Figueiredo é um verdadeiro paraíso no Norte do Brasil. O município conta com mais de 150 cachoeiras, sendo mais de 30 delas abertas para visitação. Além dos inúmeros fervedouros, lagoas, grutas e cavernas.

Muita gente faz bate e volta de Manaus, mas eu não aconselho. Se tiver a oportunidade, hospede-se num hotel em meio à selva.

Em Presidente Figueiredo também é possível realizar um trabalho voluntário num espaço cultural e eco hostel que desenvolve um modelo de economia criativa através de projetos sociais e ambientais. O espaço cria tecnologias de inovação e fomenta a cultura, a arte, o empreendedorismo e a coletividade na cidade.

Se você quer ter uma experiência marcante e vivenciar a fundo a cultura local, o trabalho voluntário é uma ótima oportunidade. Confira a vaga:


espaço cultural recebe voluntários em presidente figueiredo

Alfredo Wagner - SC

Apesar de ser um destino menos conhecido, a cidade de Alfredo Wagner, em Santa Catarina, é um ótimo lugar para quem procura turismo ecológico. Ela fica a pouco mais de 100 km de Florianópolis e a 60 km de Urubici, que é outro destino da Serra Catarinense com muitas opções de ecoturismo.

O município é conhecido como "A capital das nascentes", pois quatro rios importantes nascem na região: Braço do Norte, Canoas, Cubatão e Itajaí-Açu. Além dos rios, a cidade fica entre a Serra Catarinense, o Vale Europeu e os Campos da Boa Vista. Por isso, a região proporciona paisagens espetaculares.

As principais atrações por lá são os Cânions Lajeado e Arroio Leão, as formações rochosas do Soldados de Sebold, a Pedra Branca, as grutas do Poço Certo e do Riozinho, as inúmeras cachoeiras e as montanhas do Campo dos Padres.

Em Alfredo Wagner, todo ano acontece um festival de trekking que reúne a comunidade de montanhismo da Serra Catarinense durante o feriado de Corpus Christi. No evento rolam workshops, trilhas guiadas e trekkings. É possível participar como voluntário, ajudando nas tarefas do camping e instruindo os hóspedes sobre a propriedade.

Além de poder participar do evento no seu tempo livre, o voluntário recebe todas as refeições: café da manhã, almoço e jantar. Ficou interessado? Dá uma olhadinha nessa oportunidade:

E caso você queira ir para Alfredo Wagner em outro período, o anfitrião recebe voluntários o ano inteiro. Já pensou em passar um tempo num refúgio nas montanhas?


as montanhas de alfredo wagner são um bom destino de turismo ecológico

Ilha Grande (RJ)

Localizada a aproximadamente 150 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, a Ilha Grande faz parte de um arquipélago com 187 ilhas e ilhotas. Ela pertence ao município de Angra dos Reis e só é possível chegar lá através de embarcações.

Dentro da ilha não há carros: tudo é feito a pé por poucas estradas e inúmeras trilhas. A natureza local é muito preservada e esse é um ótimo destino para quem quer praticar o turismo ecológico.

A ilha é cheia de montanhas cobertas pela Mata Atlântica, sendo possível subir nos seus dois picos mais altos: o pico da Pedra, com mais de 1000 metros de altitude, e o pico do Papagaio, com 982 metros de altitude.

Também há quem faça a volta à ilha caminhando. São cerca de 90 km de trilhas de todos os níveis de dificuldade, passando por praias paradisíacas e algumas desertas. Para os amantes de aventura, a volta à Ilha Grande é um programa imperdível.

Numa das praias mais isoladas, a praia de Parnaioca, há uma oportunidade para fazer trabalho voluntário. A vaga é para ajudar em construções auto sustentáveis, com foco nos trabalhos com bambu e pau a pique. Olha aqui:


viajante posa em frente ao visual incrível de ilha grande, destino de ecoturismo no Rio de Janeiro

E aí, gostou dessas dicas de lugares para praticar o turismo ecológico no Brasil? Veja mais opções neste outro artigo sobre ecoturismo

Aproveite também para seguir as redes sociais da Worldpackers e acompanhar mais dicas de viagem: estamos no Instagram, no Tiktok e no YouTube.



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor

Mais sobre esse tema