Como fiz minha viagem para o litoral de São Paulo sem gastar um centavo

Descubra como viajei para o litoral norte paulista e conheci as melhores praias de São Paulo sem gastar um real de transporte e hospedagem

6min

Viajar de graça para o litoral

Havia um tempo que estava planejando uma viagem para o litoral paulista para conhecer algumas das melhores praias de São Paulo e começar o meu mochilão pelo Brasil. 

Pesquisei as melhores formas de conhecer cidades como Ubatuba, São SebastiãoIlhabela e viajar para algumas das praias mais bonitas de São Paulo durante minha viagem e encontrei maneiras de conhecer esses lugares gastando muito pouco e até viajar de graça para esses destinos. 

Nunca imaginei que era possível ir com pouco dinheiro e muito menos viajar de graça para o litoral paulista, se tratando de um dos destinos mais visitados do estado de São Paulo. 

Foi pesquisando que descobri algumas formas muito econômicas de conhecer a região. Resolvi trazê-las aqui para que outros viajantes também possam visitar algumas das melhores praias de São Paulo gastando muito pouco ou até mesmo nada .


waze carpool 

Minha experiência viajando de graça para Ubatuba

Quando decidi que ia começar minha viagem para o litoral paulista, a primeira cidade que me veio em mente foi Ubatuba. Com mais de 100 praias em toda sua costa, começar minha viagem conhecendo aquela região seria perfeito. 

Comecei a pesquisar as formas mais econômicas de viajar para Ubatuba e encontrei algumas opções que iriam me proporcionar vantagens muito além de apenas viajar gastando pouco, mas sim experiências que eu poderia levar para a vida com histórias que iam agregar na minha bagagem como pessoa e mochileiro. Ah! E sem falar de práticas sustentáveis que estaria realizando durante a minha viagem. 

Foi com relatos de pessoas na internet que descobri duas maneiras incríveis de conhecer o litoral paulista como mochileiro: o intercâmbio voluntário e os aplicativos de carona compartilhada.

Leia tambémO que fazer em Paranapiacaba, vila histórica perto de São Paulo

Carona compartilhada: Waze Carpool 

Depois de ter decidido o destino e ter me convencido a dar o primeiro passo em minha viagem, comecei a pesquisar algumas formas de como chegar em Ubatuba. 

Descobri a solução que poderia facilitar minha viagem para o litoral paulista: o aplicativo de carona compartilhada da Waze, que me ofereceria várias vantagens nesse percurso, inclusive a melhor de todas: eu teria a minha primeira viagem gratuita

Sim, é isso mesmo que você leu: caroneiros de primeira viagem do aplicativo não pagam a primeira carona, e ainda podem ganhar R$15 para cada nova indicação que usar o aplicativo. Isso me possibilitou sair de São Paulo até Ubatuba, no litoral norte do estado, sem gastar um centavo sequer.


carona para o litoral 

Eu só conhecia a Waze através do famoso GPS mas a sua proposta através da Waze Carpool é realmente incrível! Apesar de ser um serviço que na maioria das vezes esteve voltado para as caronas que acontecem na rotina da cidade, como casa-trabalho ou casa-faculdade, descobri que o aplicativo também pode ser usado em caronas fora dessa rotina, como uma carona para aproveitar o fim de semana no litoral ou conhecer uma cidade para fugir do agito da capital e viajar em São Paulo.

O funcionamento é baseado no match entre motorista e viajante, onde você insere os dados de sua viagem (data, horários, destino) no aplicativo e pode encontrar pessoas que estão oferecendo carona para os mesmos lugares que você quer viajar. 

Estava querendo viajar para Ubatuba mas pretendia sair de casa numa quarta-feira, pois era quando eu iria começar o meu voluntariado na cidade.  Achei que não encontraria outros motoristas indo para a região, mas logo ao colocar os dados da minha viagem já encontrei alguns que batiam com minha data e tinham os horários perfeitos!

Entrei em contato com o motorista e o primeiro que solicitei já me aceitou e deixamos tudo combinadinho. Nos encontramos numa região conhecida da cidade de São Paulo próximo à estação Tietê e a viagem foi muito agradável com um papo bom que garantiu boas risadas, uma direção segura e além de tudo a playlist do meu motorista estava ótima!

Essa experiência foi indispensável para que eu começasse minha viagem com o pé direito e os diferenciais do aplicativo fizeram com que eu me sentisse ainda mais seguro: 

  • Ao confirmar uma carona pela Waze Carpool, tanto o motorista quanto o passageiro obtêm acesso às redes sociais de ambos e um chat dentro do aplicativo para não precisar compartilhar o número do meu telefone.
  • O pagamento é feito dentro do próprio app, através do Google Pay, via cartão de crédito. O que evita problemas como falta de troco do motorista ou viajante e deixa tudo mais prático!

  • A cobrança é calculada com base na quilometragem do percurso, e tanto os motoristas quanto os passageiros podem ajustar o preço para que ele seja o mais justo possível em suas viagens.

Aproveite para experimentar o Waze Carpool e garantir sua primeira viagem gratuita como eu fiz, clicando nesse link!


waze carpool carona 

Intercâmbio voluntário em Ubatuba

Cheguei na cidade numa quarta-feira após a minha carona me deixar próximo à praia central. De lá, fui caminhando para o hostel onde eu iria passar o meu mês como voluntário em Ubatuba, localizado próximo às praias do centro da cidade.

Essa foi outra maneira que me permitiu viajar de graça para Ubatuba, mas muito além disso, a troca através do intercâmbio voluntário pela Worldpackers me levou à experiências incríveis que pude viver nas melhores praias de São Paulo. 

Eu vivi um mês em Ubatuba trocando minhas habilidades e aprendendo muito enquanto morava de frente pra praia! Logo quando cheguei já fui bem recebido por todos, de anfitrião à voluntários que estavam por lá, o que ajudou a tornar a experiência mais incrível ainda. 

Passei meus dias na cidade colaborando nas tarefas de limpeza de um Hostel pertinho das principais praias de Ubatuba. Lá eu ajudava durante cinco horas por dias e podia desfrutar de três dias de folga na semana, o que possibilitou que eu conhecesse toda a região como uma verdadeiro morador, pois visitava as principais praias e também me aventurava nas mais afastadas. 

Eu consegui visitar praias paradisíacas em Ubatuba sem gastar um real pois muitas delas eram próximas e quando eram um pouco mais distantes pude conhecê-las na companhia de hóspedes que passavam pelo Hostel onde voluntariei. 

Se você também for se aventurar numa viagem pelo litoral paulista, não deixe de conhecer a Praia do Félix, Itamambuca e dar um mergulho na cachoeira do Prumirim, te garanto que será um passeio incrível!

E quando eu disse que viajei para Ubatuba sem gastar um centavo eu não estava mentindo! Além da minha carona gratuita através do Waze Carpool e o intercâmbio voluntário que possibilitou que eu não gastasse com hospedagem, durante o meu período como voluntário no Hostel eu ainda ganhava alimentação todos os dias, podia utilizar a lavanderia à vontade e os passeios que eu fazia pela cidade foram todos gratuitos.

Você também pode aproveitar as vagas de voluntariado na cidade e passar um período colaborando nos mais diferentes projetos em Ubatuba e exercendo ou aprendendo habilidades novas como fotografia e mídias sociais, bartender ou deixar um desenho massa por onde você passar! 


viajar de carona 

Essa foi a forma que consegui iniciar minha viagem pelo Brasil e conhecer Ubatuba sem gastar nada! Você também pode viver experiências memoráveis através do voluntariado e de quebra ainda economizar uma graninha, e com sua viagem grátis pela Waze Carpool ir para o litoral paulista ou algum outro destino sem gastar nada! 

Além de aproveitar sua primeira viagem grátis, a carona compartilhada pode ser uma opção recorrente em suas viagens, pois é uma forma sustentável de viajar e uma alternativa aos meios de transportes tradicionais. 

O voluntariado também é a opção perfeita para você embarcar numa viagem e viver experiências únicas que irão envolver muito mais coisas do que somente economizar uma graninha!

Bora viver essa experiência você também, te vejo na estrada.



Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor





Mais sobre esse tema