Ubatuba: um guia completo do que fazer em uma viagem por lá

O guia completo do que fazer na cidade de Ubatuba, um paraíso com mais de 100 praias, muitas trilhas, ilhas e cachoeiras. Tudo isso em meio a preservada mata atlântica.


C63b0dde9f775bc2162d23ccba6e9e2a

Mariana

Set 06, 2019

Expert em viajar gastando pouco, nomadismo digital e voluntariado pelo Worldpackers. Instagram @mar.ianac <3

Guia completo do que fazer em Ubatuba

Ubatuba é um município brasileiro localizado no litoral norte do estado de São Paulo, 83% de seu território faz parte do Parque Estadual da Serra do Mar, criado para proteger e preservar a mata atlântica do local. 

Além disso, a cidade possui uma sede do Projeto TAMAR, destinada à conservação das espécies de tartarugas-marinhas do litoral brasileiro. Também possui mais de 100 praias e algumas ilhas, como a Ilha das Couves e a Ilha Anchieta.

Sendo o último município do litoral paulista, Ubatuba faz divisa ao norte com Paraty - RJ, o que faz o turismo na região aumentar consideravelmente. 

O sul a cidade faz fronteira com Caraguatatuba, que também possui lindas praias, e ao oeste, com Cunha, São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra, cidades conhecidas pelo carnaval de rua e festivais de inverno.

Chamada popularmente de "Ubachuva", o apelido se dá por conta de seu clima tropical litorâneo úmido ou tropical atlântico, com chuvas abundantes ao longo do ano todo, mais frequentes no verão, sem possuir estações secas. 

Confira as minhas dicas do que fazer em Ubatuba, um paraíso no litoral paulista:


Praia do Costa

1. Como chegar

A cidade de Ubatuba está localizada a 250 quilômetros da capital de São Paulo e 320 quilômetros da capital do estado do Rio de Janeiro. Para quem vem dos aeroportos das capitais ou qualquer outra cidade de ambos os estados, o acesso à cidade terá de ser realizado por uma das duas rodovias: a Rodovia Rio-Santos (SP-55), ligando Ubatuba a outras cidades do litoral norte paulista, bem como à costa do Rio de Janeiro; e a Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125), ligando Ubatuba a Taubaté, no Vale do Paraíba. 

Além disso, há também o Aeroporto da própria cidade de Ubatuba e também o de São José dos Campos, cidade no interior do estado de São Paulo, que está a apenas 130 quilômetros de distância de lá.

2. Onde se hospedar em Ubatuba


Voluntários em Ubatuba

Por possuir inúmeras praias e um enorme litoral, Ubatuba disponibiliza hospedagem nos mais variados estilos e localidades. Você pode escolher desde ficar no centro da cidade, ou até preferir uma acomodação mais afastada e próxima da Mata Atlântica. 

Se você estiver sem meio de transporte particular, recomendamos hospedar-se na região central da cidade, pois lá terá fácil acesso ao terminal rodoviário da Verde Bus, companhia de ônibus que corta toda a cidade e lhe levará a praticamente todas as praias do município por menos de 4 reais o trecho.

A dica que eu dou para se hospedar e ainda economizar dinheiro é fazer um intercâmbio de trabalho em Ubatuba. A Worldpackers tem diversas opções de hostels que aceitam viajantes voluntários. São algumas horas de trabalho por dia em troca de acomodação e outros benefícios. É a oportunidade de se hospedar de graça e ainda conseguir curtir o destino por mais tempo. 

Confira algumas boas opções de hostels na cidade que estão procurando voluntário:

3. Onde comer

Ubatuba possui 100 quilômetros de costa, que é emoldurada pela mata atlântica e pelo mar. São diversos tipos de praias, algumas com muitos quiosques, onde é possível encontrar desde um pastel frito até pratos mais elaborados. Há também praias calmas, praias para surfistas e praias desertas, nestes casos é sempre bom lembrar que, se a praia for deserta ou de difícil acesso, é essencial levar água e algum lanchinho, pois a maioria das praias com esse perfil não contam com nenhuma infraestrutura.

Durante os finais de semana, mais precisamente nos feriados prolongados e meses de verão, a cidade recebe tantos turistas que mal dá para tirar o carro da garagem. Por isso, para atender toda essa demanda de turistas, Ubatuba conta com restaurantes que não decepcionam quem aprecia uma boa comida em toda a sua localização.

O cardápio da maior parte dos restaurantes é composto por sugestões de pratos baseados na culinária caiçara e em frutos do mar. O Azul Marinho é um prato típico composto por banana-nanica bem verde e postas de peixes com badejo, garoupa, robalo ou dourado, além de coentro, cebola, salsinha e outros temperos. O nome do prato vem da cor adquirida durante o processo de preparo, pois o contato da banana direto com a panela de ferro acelera a oxidação da fruta, resultando em um caldo de cor azul. A banana é um ingrediente muito utilizado na culinária local, tanto em sobremesas como em pratos incluindo peixes e farofas.

A região central e o bairro do Itaguá é onde ficam a maior parte dos restaurantes, mas também há ótimas opções localizadas em praias mais distantes. Para quem estiver em alguma praia longe do centro, vale a pena consultar quais restaurantes estão mais próximos, pois pode ser que uma ótima opção esteja bem mais perto do que imagina. 

O restaurante Peixe com Banana é um dos mais antigos, com duas unidades, e  tem como carro-chefe o prato que leva o nome do restaurante. O Rei do Peixe, também um dos mais tradicionais de Ubatuba, e como o próprio nome diz, é especializado em peixes e frutos do mar.  

Outra opção interessante é o Festival do Camarão, realizado na Praia da Almada há mais de 20 anos e que atrai cada vez mais visitantes. Com pratos elaborados com a iguaria, o festival promove além de gastronomia, a cultura e a diversão. Ele é realizado no final do mês de julho, época que coincide com o final da safra do camarão.  


Mercado Municipal de Ubatuba

Próximo a praia central de Iperoig, também conhecida como praia do Cruzeiro, você encontra o Mercado de Peixes Municipal, uma opção barata e de qualidade que é administrada totalmente pelos pescadores e pescadoras locais. O mercado passou recentemente por uma linda reforma e hoje é referência na cidade para quem quer comprar peixe e frutos do mar frescos e saborosos.

Outra opção barata é a feira livre da cidade, que possui ótimas opções de verdura e legumes. Ela é realizada todos os sábados no período da manhã e atualmente acontece no centro da cidade, na rua Farmacêutico João Gonçalves.

4. O que fazer

Com um litoral tão extenso, opções de passeios e diversão é o que não falta na cidade. Em Ubatuba você poderá conhecer desde projetos de conservação ambiental, trilhas, passeios de barco para as ilhas e feiras de artesanato, até fazer mergulhos e aulas de surf. Confira mais sobre o que fazer em Ubatuba.

  • Aquário e Projeto Tamar de Ubatuba

O Aquário de Ubatuba oferece aos seus visitantes a oportunidade de conhecer de perto um pouco do complexo mundo marinho, tendo entre seus atrativos 12 tanques de água salgada (entre eles um dos maiores tanques marinhos do Brasil, com 80.000 litros), com representantes da fauna local e de outros oceanos. 

No Tanque de Contato você poderá ter o contato direto com diversos exemplares de animais marinhos, como pepinos e estrelas do mar, ouriços, lagostas entre outros, sempre com a orientação de monitor especializado. Já o Pinguinário é uma atração onde o visitante poderá ver de perto os curiosos e fascinantes Pinguins-de-Magalhães, e alimentá-los de forma bastante interativa.

No Projeto Tamar os turistas e moradores locais aprendem sobre a biologia, ecologia e conservação das tartarugas marinhas, conhecem a história, os programas e as ações desenvolvidas pelo projeto, além de serem sensibilizadas para o cuidado e respeito com o ambiente marinho. Em uma área de 2.100m², num complexo de tanques com mais de 200 mil litros de água do mar, são expostas várias tartarugas marinhas de quatro espécies, desde pequenos filhotes até animais de mais de 120 quilos.

  • Conhecendo as Ilhas

Muito perto do Continente, a Ilha Anchieta tem fácil acesso por barcos, lanchas e escunas. A maioria das empresas fazem um passeio que consiste em levar os passageiros até a Ilha para desfrutarem o dia todo, indo buscar-los somente no final da tarde. 

Algumas empresas incluem visitas acompanhadas por monitores credenciados, o que torna o passeio muito mais interessante. Para contratar você encontra pontos de venda no Saco da Ribeira, na Praia da Enseada e ao andar pelo calçadão da Praia do Itaguá. 

Na ilha você conhecerá as Ruínas do Presídio, que são as instalações da Antiga Colônia Penal, desativada em 1955, além de inúmeras praias, trilhas e opções de mergulho.

Já a Ilha das Couves propicia um dos passeios mais paradisíacos do litoral norte de São Paulo. Seu mar tranquilo e translúcido vai misturando os tons de verde e azul vívidos, o que nos faz lembrar o mar do Caribe. Sua costa possui ondas suaves, perfeita para nadar e mergulhar, um passeio incrível para ser feito tanto com os amigos quanto em casal ou em família. 

A melhor época para conhecer essa incrível ilha é na baixa temporada, que vai de março até metade de dezembro. Fora da temporada, as praias ficam mais vazias e você consegue aproveitar melhor todas as atrações e belezas que a ilha possui.

  • Feirinha Hippie


Feira hippie

A Feirinha de Artesanato de Ubatuba, também conhecida como Feirinha Hippie, fica na região central da cidade, mais precisamente no final da Avenida Iperoig, que margeia a praia de mesmo nome. 

Fica aberta todos os dias a partir das 19h. As barracas dos artesãos são montadas sob uma estrutura coberta, que permite a visita mesmo em noites de chuva. São dezenas de barracas com artesanatos dos mais variados tipos, bijuterias, roupas, utensílios, enfeites e lembranças. 

É um ótimo passeio para ser feito nas noites em Ubatuba, pois ao lado da feirinha existem diversas sorveterias, restaurantes, bares e até diversos trailers vendendo todo tipo de comida: sanduíches, pastéis e salgados diversos, crepes, churros doces e muito mais.

  • Trilha das 7 Praias


Imagens: Google Earth

Entre as praias de Lagoinha e Fortaleza, a trilha das 7 praias tem 10km de pura beleza natural. Ao longo do caminho você passará por praias, algumas desertas e outras nem tanto, encostas, mata atlântica e visuais de tirar o fôlego. 

As praias que fazem parte do trajeto são: Lagoinha, Oeste, Peres, Bonete, Deserta, Cedro e Fortaleza. Para começar a trilha você pode inicia-lá tanto na praia da Lagoinha, quanto na praia da Fortaleza, e também pode adicionar um bônus ao roteiro visitando o Pontão da Fortaleza, uma pedra gigante dentro do mar. Para conhecer o Pontão é só entrar na bifurcação que a trilha faz próximo a praia da Fortaleza. O visual é incrível, se tornando ponto imperdível da trilha. 

5. Quando ir

Como já foi citado acima, Ubatuba recebe uma quantidade muito grande de turistas em feriados e épocas de festas de final do ano, sendo praticamente impossível chegar e transitar de carro pela cidade, portanto, se você procura sossego, evite ir nestas datas. 

Se o assunto for melhor época de acordo com as opções climática, infelizmente sinto lhe informar, mas a cidade possui chuvas durante todo o ano.  A incidência de chuvas é maior no período do verão, porém, até no inverno a cidade pode apresentar semanas chuvosas. 

Como muitos dizem, não pegar chuva em Ubatuba é questão de sorte, por isso, quando for para a cidade, planeje ao menos uma semana de estadia, para assim ter mais chances de pegar dias com sol.

6. Fechando o roteiro

Nem todos os guias do mundo são capazes de enumeras todas as maravilhas que essa cidade possui. Ubatuba é um dos cantinhos do mundo mais ricos em belezas naturais e patrimônio ambiental preservado. É impossível não se emocionar com a beleza de suas praias, trilhas e cachoeiras e com a comunhão em que vivem todas as espécies de vida em suas matas. 

Junto de toda essa beleza, a cidade ainda possui ótima infraestrutura, além de uma vida noturna badalada e cheia de opções, ou seja, Ubatuba atende todos os gostos. 

Com tantas opções de passeios, acaba saindo em vantagem quem consegue ficar mais tempo neste paraíso e, para isso, ser voluntário pela Worldpackers é uma ótima opção de vivência e economia. Trocando suas experiências por hospedagem você consegue viver realmente tudo que a cidade tem a oferecer sem pressa e analisando todos os roteiros possíveis. 


Mariana em praia de Ubatuba

Quem viaja como voluntário pelo mundo agrega por onde passa e em forma de pagamento recebe as melhores experiências que uma pessoa pode ter na vida. Nada paga e nada traz a mesma felicidade que tem um viajante ao jogar seu corpo no mundo. Seja em Ubatuba, Berlim ou Tóquio, faça parte do grupo de viajantes mais feliz do mundo e ajude a construir mais e mais experiências espetaculares de vida.


C63b0dde9f775bc2162d23ccba6e9e2a

Mariana

Set 06, 2019

Expert em viajar gastando pouco, nomadismo digital e voluntariado pelo Worldpackers. Instagram @mar.ianac <3


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor