Guia para viajar barato para o Rio de Janeiro

Confira as dicas necessárias para viajar barato para o Rio de Janeiro e curtir praias, parques, trilhas e bares e aproveitar a cidade maravilhosa.


0abc9e942e7f514952c38fa1bda6888d

Rosana Romão

Jun 28, 2019

Jornalista, corredora e mochileira. Amo meu Ceará, mas sou curiosa e quero conhecer o mundo. Bora?

dicas para viajar barato para o Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é uma das cidades mais visitadas do Brasil e do mundo. É cenário de filmes e novelas, inspiração para poetas e músicos, e, claro, destino desejado por muitos viajantes.

No entanto, é comum ouvir reclamações sobre os preços cobrados pelos serviços oferecidos na cidade, o que afasta alguns visitantes. Entretanto, é possível viajar barato para o Rio de Janeiro. Quer saber como? Então continue a leitura!

Essas são minhas dicas para viajar barato para o Rio de Janeiro:

1. Como chegar


Alguns voos promocionais podem ajudar a viajar barato para o Rio de Janeiro

O primeiro desafio é chegar na cidade: carro, ônibus ou avião? A resposta depende de muitos fatores: distância, tempo de viagem e nível de conforto exigido pelo viajante. Caso não tenha uma preferência muito clara, vale fazer um quadro com prós e contras de cada meio de transporte para decidir o mais apropriado para as suas necessidades e condições financeiras.

A vantagem do carro é que você pode dividir o valor do combustível com outras pessoas e tem mais liberdade para trafegar na cidade com o veículo. O ônibus costuma ser a opção mais econômica, no entanto existem promoções de passagens aéreas que oferecem um bom custo-benefício.

2. Hospedagem


Dicas de hospedagem econômica

A estadia é um dos pontos mais importantes no roteiro, afinal, será o lugar onde você terá apoio e poderá descansar todos os dias. Além de ser um lugar agradável, confortável e acessível, é interessante que ele fique próximo às atrações da cidade e às estações de metrô. Dessa forma, você irá a pé para muitos lugares e seus deslocamentos serão mais econômicos.

Localização

Entre os bairros mais recomendados para hospedagem no Rio de Janeiro, estão:

  • Glória;
  • Botafogo;
  • Santa Teresa;
  • Leme;
  • Copacabana;
  • Ipanema.

Todos esses apresentam uma grande movimentação diária, portanto são considerados mais seguros. Além disso, oferecem fácil acesso ao transporte público e aos atrativos naturais e históricos. Os bares e casas de shows também são um fator positivo e possibilitam conhecer pessoas e aproveitar bem a noite carioca.

Algumas dicas não são apenas para destinos específicos, mas sim para economizar em todas as viagens! Se você quer se tornar um especialista no assunto, pode fazer o curso da Worldpackers de Como Viajar Barato e aprender todas as dicas para viajar mais e gastar menos.

Estadia

Conseguir hospedagem barata é muito bom, mas e se você pudesse se hospedar de graça? Sim, é possível! Com a Worldpackers você pode usar alguma habilidade sua para conseguir hospedagem gratuita.

Entre as opções disponíveis estão: área administrativa de hostels (recepção, check-in, passeios, festas), aulas em ONGs, escolas e projetos sociais, além de atividades ecológicas em fazendas. Por exemplo, você pode trabalhar com permacultura ou agrofloresta, ajudar na construção de um castelo, atuar com fotografia e vídeo ou recepcionar hóspedes em um hostel.

Essas são só algumas das opções, mas existem inúmeras oportunidades. Além da hospedagem gratuita e algumas refeições grátis, essa experiência traz muitos aprendizados, amizades e intercâmbio cultural.

Lembre-se de ver as avaliações sobre o local e conversar com pessoas que já trabalharam nesses locais. Tire todas as suas dúvidas com o anfitrião e caso sinta alguma dificuldade, conte com a Worldpackers para prestar o suporte necessário.

3. Como se locomover

Depois de chegar na cidade, a dúvida é sobre como realizar os deslocamentos. O transporte público pode até demorar ou ficar muito lotado, mas, sem dúvidas, é a opção mais econômica. Confira o valor das tarifas (consulta realizada em 2019):

  • Ônibus - R$ 4,05;
  • Metrô - R$ 4,60;
  • VLT (veículo leve sobre trilhos) - R$ 3,80.

Para utilizar o transporte público de forma mais eficiente, adquira o RioCard, o bilhete único carioca. Ele serve para todos os transportes e tem boas integrações.

Para facilitar os seus deslocamentos, baixe o aplicativo Moovit, pois ele indica todas as opções de transporte com precisão e detalhamento de horário.

Há, também, o Bondinho de Santa Teresa, que liga o Centro ao bairro de Santa Teresa, passando pelos Arcos da Lapa. A passagem custa R$ 20 e inclui ida e volta. Os moradores cadastrados, as pessoas acimas de 65 anos, estudantes da rede pública uniformizados e com vale estudante e os portadores de vale social não pagam o embarque.

4. Alimentação

Esse é um item essencial e costuma ter preços altos, mas calma. Algumas vagas da Worldpackers incluem refeições, então veja essa possibilidade antes de fazer os cálculos. 

Caso queira fazer refeições por conta própria ou deseja um tipo de alimentação específica, há duas opções: fazer compras no supermercado e cozinhar ou comprar um prato feito (PF).

Depois de decidir, basta caminhar um pouco e conversar com os moradores para descobrir supermercados, mercadinhos, feiras e restaurantes com preços mais acessíveis. No entanto, estabeleça um orçamento para isso e tente segui-lo para evitar imprevistos.

5. Praias


As melhores praias do Rio de Janeiro

Chegou uma das melhores partes do roteiro: as praias do Rio de Janeiro. Não há necessidade de falar que elas são belas pois isso é notório. Os únicos cuidados que você deve ter são: consultar a previsão do tempo, sempre levar protetor solar e sombrinha na bolsa e hidratar-se com frequência.

Confira as principais praias da cidade maravilhosa:

  • Copacabana;
  • Ipanema;
  • Arpoador;
  • Secreto;
  • Vermelha;
  • Reserva;
  • Joatinga;
  • Prainha.

6. Atrações gratuitas e econômicas

Se você curte passeios culturais, escolha alguns museus do Rio e coloque na sua lista. A maioria deles tem pelo menos um dia da semana com entrada gratuita. Portanto, veja o site do museu de seu interesse, confira qual o dia com entrada livre e coloque na sua agenda.

Quer um lugar para se exercitar e contemplar a natureza? Vá à Lagoa Rodrigo de Freitas ou à orla de Copacabana/ Ipanema. Se gosta de aventura, programe-se para fazer a trilha da Pedra Bonita. Ela é de nível fácil, é acessível de ônibus e dá para aproveitar o passeio em um único turno. E mais: no caminho você pode conhecer a casa onde o famoso arquiteto Oscar Niemeyer morou nos anos 50.

Gosta de vida noturna agitada? Há vários barzinhos espalhados pela cidade, além da programação cultural local. Informe-se sobre as opções disponíveis no período em que estará no Rio e desfrute.

Viu como é possível viajar barato pro Rio de Janeiro? Com planejamento e organização é possível montar um roteiro acessível e aproveitar bem a cidade maravilhosa. Ou seja, por mais que o custo de vida em uma cidade seja considerado alto, existem alternativas para fazer uma viagem mais econômica, como a hospedagem gratuita pelo Worldpackers.

Gostou da ideia? Então compartilhe esse texto com os seus amigos, quem sabe você não consegue companhia para essa aventura?


0abc9e942e7f514952c38fa1bda6888d

Rosana Romão

Jun 28, 2019

Jornalista, corredora e mochileira. Amo meu Ceará, mas sou curiosa e quero conhecer o mundo. Bora?


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor