Como perdi a timidez viajando sozinha em Minas Gerais

Tomei coragem e decidi viajar sozinha em Minas Gerais. Durante a experiência, acabei perdendo minha timidez e o medo de me sentir solitária como mulher viajante.

D1fcdefba4478fcb5cc229a516efccf8

Bruna

Jan 28, 2021

6min

viajar-sozinha-minas-gerais

Para muitas mulheres, a experiência de viajar sozinha pode causar um certo nervosismo. Isso porque, a timidez nos impede de ser o tipo de pessoa que puxa assunto e fica amiga da galera toda vez que vai em um hostel. 

Esse sentimento é comum, e atinge muita gente. Em grupos e fóruns sobre viagens, já vi várias pessoas pedindo dicas de como perder a timidez e fazer amigos na viagem. Aqui no blog, a Torisa já deu dicas para pessoas introspectivas que querem viajar. 

É possível aprender a ser mais sociável e deixar de sentir aquela trava na hora de falar com outras pessoas. Puxar assunto depende apenas de ser alguém agradável e perceber como a outra pessoa responde a suas tentativas de conversa. 

É claro, existem pessoas que não querem mesmo papo e preferem ficar sozinhas, mas não são todas!

Eu considero Minas Gerais o estado ideal para conhecer pessoas que gostam de bater papo. É claro, existem pessoas extrovertidas e mais caladas em todo canto, mas se existe uma característica forte entre os mineiros é gostar de conversar. 

Aqui, vou dar algumas dicas de lugares excelentes no estado, seja como turista ou voluntária em Minas Gerais com a Worldpackers. 

Como perder a timidez e conversar com as pessoas



Existem pessoas que tem uma facilidade imensa em puxar conversa com desconhecidos. Elas chegam, falam oi e já começam um longo papo sobre qualquer coisa. Eu não sou uma dessas pessoas - estou longe disso. 

Eu costumava achar que estava incomodando ou sendo chata, falando sobre coisas cotidianas. Entretanto, com a vida e especialmente viajando sozinha, descobri que estava olhando tudo isso pelo lado errado porque, em geral, se as pessoas puxam assunto de forma educada, eu não me incomodo. 

E, ainda, se não estou muito afim de conversar, eu apenas não continuo o assunto, ainda que esteja respondendo de forma educada. É isso que as pessoas costumam fazer e está tudo bem.

Por isso, aqui vão algumas dicas pra você usar na próxima vez que estiver viajando sozinha pela primeira vez e quiser conversar com alguém:

1. Acorde pro café da manhã 

Se estiver em um hostel ou pousada, tente acordar cedo e aproveitar o café da manhã com os outros hóspedes! 

Esse é o momento em que a maior parte das pessoas estão hospedadas no mesmo local se reúnem. 



É o momento ideal para começar a conhecer as pessoas e talvez até combinar planos para o dia. Sente-se com alguém, pergunte de onde a pessoa, o que faz ali e deixe o assunto ir!  

2. Procure estar próximo 

Evite se sentar sozinho ou afastado, procure ficar perto! 

É difícil conversar com alguém se você está afastado das pessoas. Algumas conversas podem surgir pelos motivos mais bobos e espontâneos, mas para isso acontecer, você precisa estar perto de alguém! 

3. Elogios sinceros

Faça elogios ou pergunte sobre algo que elas têm em mãos. Falar sobre como gostou do chapéu de alguém ou que achou a camisa bonita pode ser uma forma bacana de começar uma conversa. 

Se a pessoa estiver lendo um livro que você conhece, você pode pode fazer algum comentário sobre ele também. 

4. Pergunte

Peça informações e pergunte sobre a região. É claro, você pode descobrir quase tudo no Google, mas aproveite sua viagem também para conversar, ouvir a opinião das pessoas. 

Como viajar sozinha para Minas Gerais como voluntária

Quem viaja sozinha mas vai como voluntária tem uma chance ainda maior de conseguir conhecer outras pessoas. 

Primeiro, porque você já tem um assunto para iniciar a conversa. Segundo, assim que você chegar já será apresentado aos outros voluntários, funcionários fixos e anfitriões, então, já estará conhecendo algumas pessoas. Ou seja, você já começa com uma vantagem!

Em muitos locais, ao se apresentar para o anfitrião, você pode dizer que é uma pessoa tímida mas que tem a intenção de trabalhar isso e está aberto a conhecer pessoas e, quem sabe, ele pode te ajudar nesse processo.



Lugares para viajar sozinha em Minas Gerais

Minas Gerais é bastante diverso, com muitas regiões e climas diferentes em um mesmo estado. 

Se você está viajando sozinha em Minas Gerais, especialmente em baixa temporada, é melhor procurar lugares mais centrais, que não fiquem tão vazios. Afinal, a chance de conhecer pessoas em um local com mais gente é bem maior!

Organizei aqui dicas de lugares e anfitriões que acredito que vão ser bacanas pra você que quer viajar sozinha, conhecer novas pessoas nesse estado maravilhoso e perder a timidez de vez!

1. Ouro Preto, Varanda Hostel



Ouro Preto é uma cidade histórica incrível, com vários museus e atividades culturais. 

Foi na primeira capital do estado, antes chamada de Vila Rica, que muitos momentos importantes da história de Minas Gerais aconteceram. A praça Tiradentes, no centro da cidade, está sempre repleta de turistas.

Localizada a menos de 100km de distância da capital Belo Horizonte, a cidade é um ótimo lugar para quem vem de qualquer parte do Brasil. Além disso, a vida noturna na cidade é agitadíssima. 

A Universidade Federal de Ouro Preto faz com que muitas pessoas se mudem pra lá para estudar. Com tantos jovens na cidade, é de se esperar que muitas festas e agitos aconteçam por lá!

O Varanda Hostel recebe voluntários pela Worldpackers com vagas para o turno da noite! Ele fica em uma região maravilhosa da cidade, tem uma visão belíssima da Igreja Nossa Senhora do Carmo e está perto de muitos pontos turísticos e da praça central. 

Os anfitriões, Thiago e Luiz, foram bem avaliados por todos os voluntários que estiveram lá. 

2. Tiradentes, Hostel Tiradentes



Ainda na pegada das cidades históricas, pertinho de Ouro Preto fica a cidade de Tiradentes! Por ser uma cidade história, também conta com museus e programação cultural rica. Como é comum em Minas Gerais, as igrejas são uma obra de arte por si próprias.

Outra atração da cidade são as trilhas e cachoeiras que podem ser feitas por ali. A trilha da Serra do Carteiro é uma grande atração para os viajantes. 

As trilhas e cachoeiras são bem sinalizadas, com placas indicando o caminho e trechos que facilitam a subida. No mês de janeiro, é possível conferir a Mostra de Cinema de Tiradentes, que acontece desde 1998. A mostra é um evento cultural de relevância nacional, exibindo muitos filmes e produções do país todo.

O Hostel Tiradentes fica na parte central da cidade, bem perto da rodoviária. A Kamila, o Otávio e o papito, o mascote, recebem muitos elogios dos viajantes que passaram por lá como voluntários. É um lugar perfeito pra conhecer pessoas, fazer amigos e comer bastante pão de queijo.

3. Belo Horizonte, Friends & Hostels



BH é a capital de Minas Gerais e é definitivamente uma daquelas cidades você precisa conhecer sem falta! Uma cidade grande com ares de interior, Belo Horizonte encanta por sua simplicidade. 

As atrações são para todos os gostos: baladas, festas, eventos culturais aos montes, museus, prática de esporte… mas o carro chefe é o famoso boteco! E, para quer conhecer gente, sentar em um bar com cerveja gelada e comida boa é o caminho certo.

Seja dando um passeio pela Lagoa da Pampulha, ou indo nos museus do circuito da Praça da Liberdade, o que não falta por aqui é lugar e possibilidade de conhecer pessoas. 

Uma ótima opção também é ir até o Mercado Central, pedir uma broa de queijo ou um pão com pernil e queijo minas no Comercial Sabiá e bater papo com o pessoal que estiver por lá. 

Escrevi um Guia para conhecer Belo Horizonte que pode te ajudar muito na sua viagem!

O Friends & Hostels abriu suas portas há pouco tempo e já tem feito sucesso com os voluntários. Localizado em uma região próxima a parte central da cidade, o hostel tem tudo para se tornar um grande querido dos voluntários.

Com todas essas dicas e opções de lugares para viajar sozinha em Minas Gerais, ficou fácil fácil embarcar de vez sem medo de se sentir solitária. 

E, lembre-se, perder a timidez é um processo que leva tempo, não é da noite para o dia. Dê tempo a si mesmo, um passo de cada vez e vá em frente! 




Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor






Mais sobre esse tema