Dicas e informações para conhecer a praia de Maragogi

Maragogi é uma das praias mais famosas do Brasil, o mar azul e muitas belezas naturais são os destaques. Se você tá pensando em viajar para lá, confira esse guia.


0abc9e942e7f514952c38fa1bda6888d

Rosana Romão

Set 04, 2019

Jornalista, corredora e mochileira. Amo meu Ceará, mas sou curiosa e quero conhecer o mundo. Bora?

Informações de viagem para a pr

A praia de Maragogi, no Alagoas, é mundialmente conhecida devido às suas águas mornas e cristalinas. A tonalidade do mar e de suas piscinas naturais são tão intensas que o local também é chamado de “caribe brasileiro”, mas essa não é a única característica que torna esse destino um dos mais visitados do país. A areia clarinha, o clima tropical, os coqueiros e a culinária à base de frutos do mar complementam o pacote.

Se você já pensou em visitar a cidade ou tem curiosidade sobre seus atrativos turísticos, continue a leitura e aproveite este guia.

Confira todas as dicas para conhecer a praia de Maragogi:

1. Localização

Maragogi está localizada no litoral norte de Alagoas, no tão desejado Nordeste brasileiro. A cidade fica a 127 quilômetros da capital Maceió e 135 quilômetros de Recife — municípios que recebem voos nacionais e internacionais. Independentemente do ponto de partida, o trajeto terrestre é percorrido em aproximadamente 02h30. No entanto, a estrada pernambucana apresenta melhores condições de infraestrutura e sinalização.

2. Como chegar


Placas de aeroporto

Existem várias formas de chegar na praia de Maragogi, conheça as principais.

  • Avião

Os dois aeroportos internacionais próximos à Maragogi são os da capital pernambucana (Aeroporto Internacional dos Guararapes) e da capital alagoana (Aeroporto Zumbi dos Palmares). Em Recife há mais opções de voos e tarifas mais atrativas, já em Maceió há uma quantidade menor de voos e na maioria das vezes com conexão.

A distância dos aeroportos para Maragogi é praticamente a mesma e o percurso pode ser feito de várias formas: ônibus, veículo próprio, transfer ou aluguel de carro. A opção mais econômica é o ônibus, mas fique atento aos horários de partida para conciliar com o voo de chegada.

  • Ônibus

A empresa responsável pelo trajeto Recife — Maragogi e Maceió — Maragogi é a Real Alagoas. O ônibus parte nas rodoviárias de ambas cidades. É importante verificar as datas e horários das saídas, pois as linhas que fazem esse percurso são limitadas. O ideal é entrar em contato com a empresa para informar-se sobre as opções disponíveis e fazer as reservas.

Chegando pelo Aeroporto de Recife há mais uma opção: um ônibus que tem como destino o município de Barreiros (PE) ou São José da Coroa Grande (PE) — cidades próximas da divisa de Pernambuco com Alagoas. Contudo, esse ônibus tem várias paradas no caminho e ao chegar no final da linha o viajante precisa pegar uma van até Maragogi.

  • Carro

Quem vem de Maceió deve utilizar as rodovias AL-105 e AL-101 e passar por cidades como Paripueira, Pedro Calvo e Japaratinga. Caso opte por esse caminho, fique atento à estrada porque ela tem falhas na pista e não é bem sinalizada. À noite, redobre a atenção. Já para quem parte de Recife, o percurso é feito pela PE-060, uma estrada com boa infraestrutura e alguns trechos duplicados.

  • Transfer

Existem várias agências que oferecem o serviço de traslado para Maragogi partindo de Maceió e de Recife. Para isso, utilizam carros privativos ou compartilhados, a critério do cliente. Na primeira opção é cobrada uma taxa única e na segunda opção o valor é pago por passageiro. É uma boa opção para quem gosta da privacidade e conforto de um carro, mas não tem intenção de dirigir.

Caso opte pelo transfer, pesquise também os horários que as agências vão a Maragogi para levar clientes que passarão o dia na cidade. São horários extras que podem ser úteis para você, no entanto comunique ao agente que a sua intenção é permanecer na cidade e não fazer o bate e volta. Lembre-se de consultar a empresa com antecedência e confirme os horários de partida.

3. Melhor época

Como as principais atrações de Maragogi são as praias e as piscinas naturais, a viagem fica muito melhor em dias de tempo aberto, pois é quando as águas ficam ainda mais claras e nítidas, além da tão desejada temperatura tropical. Como acontece na maioria dos destinos do Nordeste, o sol está presente em Maragogi na maior parte do ano.

A média da temperatura anual é de 25º C, com um vento agradável constante. Quando o tempo fecha, costuma abrir algumas horas depois. O período chuvoso vai de abril a agosto e nessa época a água não fica tão transparente. Já no período seco, de outubro a janeiro, há poucas chances de chuvas e o sol evidente deixa a cor da água ainda mais vibrante. Por esse motivo, é a época mais recomendada para a visita.

Em outubro a cidade recebe o Festival da Lagosta e em novembro os preços ainda estão razoáveis.

4. Hospedagem em Maragogi


Anfitrião disponível para trabalho em troca de hospedagem

Maragogi tem uma grande infraestrutura hoteleira, com opções para todos os gostos e bolsos: hostels, pousadas, hotéis e resorts. Para os mochileiros que buscam economizar há ainda mais uma opção: oferecer um trabalho em troca de hospedagem em Maragogi. Pensando nisso, a Worldpackers conecta viajantes e anfitriões que buscam uma experiência turística mais real e marcante.

Já pensou programar uma viagem com hospedagem gratuita? O valor que você pagaria pela estadia pode ser investido em outras atividades do seu interesse, como passeios e baladas, tornando a sua viagem ainda mais produtiva e interessante. A plataforma pode ser acessada pelo site e pelo aplicativo, com filtros personalizáveis e recomendações de viajantes.

Por exemplo, em Maragogi há uma oportunidade imperdível. Que tal receber hospedagem gratuita e em troca ajudar com o café da manhã e limpeza de um hostel e ter o restante do dia livre para aproveitar a praia? Além disso, o viajante ainda tem três dias de folga na semana, café da manhã, quarto e cozinha compartilhada , lavanderia gratuita, pranchas de surf, suporte e seguro Worldpackers. Deu para entender porque eu descrevi como oportunidade imperdível? E essa é apenas uma delas, confira outras vagas de voluntariado por lá:

5. Transporte na cidade

Maragogi é considerada uma cidade pequena, com 335 km² de área. Por esse motivo, é possível fazer alguns trajetos a pé, principalmente para quem se hospeda na área central. Há poucos táxis e não há transporte público, apenas umas vans que circulam na cidade levando passageiros que transitam para outras cidades. Caso queira personalizar os passeios ou deslocar-se para os atrativos turísticos, vale a pena alugar um carro.

6. Alimentação

Os principais pratos servidos na cidade levam camarões, lagostas e peixes. Os restaurantes têm preços atrativos se comparados aos restaurantes de capitais e ainda oferecem uma deslumbrante vista para a praia de Maragogi. Vamos às dicas desses lugares.

Em São Bento, vá até o Restaurante do Mano e saboreie uma lagosta com pirão. Quer uma experiência gastronômica? Que tal fazer uma refeição com os pés na areia curtindo a brisa do mar? Então experimente o delicioso camarão do Meraki enquanto observa a vista para a praia.

Para opções com melhor custo-benefício não é preciso ir muito longe. No centro de Maragogi há restaurantes com refeições bem servidas e preços atrativos, como o Odoiá, a Comedoria Marítima, o Taocas e o Tapioca da Martha.

7. O que fazer


Casinhas de São Miguel dos Milagres

Sem dúvidas, a principal atração são os Galés de Maragogi, mas como há muitas praias próximas, vale a pena inserir outras atividades no roteiro. Veja algumas sugestões:

  • fazer o passeio de buggy pelas praias;
  • ver o artesanato na orla durante a noite;
  • ir às praias de Japaratinga e São Miguel dos Milagres;
  • conhecer o trabalho da Associação Peixe-boi;
  • tirar fotos no coqueiral da Praia do Patacho;
  • conferir as atrações da Fazenda Marrecas Eco-Hotel.

Ah, antes de fazer as reservas de passeio, lembre-se de verificar a tábua das marés.

Viu como a praia de Maragogi é um ótimo destino para a sua próxima viagem? Seja para um final de semana, um feriado prolongado ou mesmo para passar as férias, você vai se divertir com um dos mais famosos aquários naturais do Brasil. O melhor é que o lugar é válido para todos os tipos de públicos: viajantes solo, casais, grupos de amigos e famílias. Ah, antes de fazer as reservas lembre-se de verificar a tábua das marés.

Gostou do artigo? Ficou com alguma dúvida? Então deixe o seu comentário aqui.


0abc9e942e7f514952c38fa1bda6888d

Rosana Romão

Set 04, 2019

Jornalista, corredora e mochileira. Amo meu Ceará, mas sou curiosa e quero conhecer o mundo. Bora?


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor