Voluntariando em um monastério na Ásia

Não importa se você acredita ou não em carma: fazer o bem neste mundo sempre será algo que irá construir seu caráter e te trazer alegria no final. Passar um tempo no Centro de Meditação e Monastério Thabarwa é definitivamente uma experiência que te fará crescer como ser humano e aprender sobre as interações humanas.


18d8803b9635dfa1522b170527742ad5

Gustavo

Living my dream of travelling the world! :) After 12 months volunteering in Asia/Oceania, now ...

+ Ver mais

Out 28, 2018

Elevando o karma em Myanmar

Thabarwa (“natureza original”) é um Monastério Budista e Centro de Meditação, localizado em Thanlyin, no Myanmar (ao sul da cidade de Yangon), que também é uma comunidade de aproximadamente 3500 pessoas: além de pessoas saudáveis, existem doentes, pessoas sem membros do corpo, cegos, HIV positivos, pobres, velhos, crianças, jovens, adultos, desabrigados.

A filosofia budista é, dentre outros ensinamentos, de aceitar e cuidar de todo ser vivente que necessite de ajuda ou cuidado (humanos, animais, plantas) e por isso a comunidade recebe pessoas de todas as condições de braços abertos e com todas as necessidades básicas de cuidados providas gratuitamente.

Entendido isso, posso explicar sobre o voluntariado: você simplesmente chega na recepção e diz que quer passar um tempo voluntariando por lá e eles imediatamente te aceitam, te dão moradia e comida de graça. A hospitalidade é incrível de se ver e bota tudo em perspectiva na sua vida.

Elevar o karma ajudando pessoas

Uma vez por lá, e após a calorosa recepção dos anfitriões (Loic e cia) e dos outros voluntários, você descobre que há um leque grande de opções do que é possível voluntariar por lá: ajudar os monges nas ‘rondas’ durante o dia, atividades com os pacientes da comunidade (fisioterapia, ‘fazê-los dançar’, ajudar com feridas e machucados, passear com eles, leva-los nas pagodas, dar banho etc), ajudar a preparar o arroz para a comunidade, dar aula de inglês e cozinhar para os outros voluntários.

Cada uma dessas atividades traz uma dificuldade e um aprendizado diferente: eu resolvi participar de todas e ver de perto o dia a dia de pessoas reais com problemas reais do Myanmar, e foi tudo muito enriquecedor e gratificante.

Além das opções de voluntariados, também há opções de atividades para os voluntários, como meditação guiada e aulas de Birmanês (língua falada no Myanmar, eu mesmo aprendi algumas frases por lá).

A meditação guiada é uma ‘estrela’ a parte na experiência toda: Eu tentei algumas vezes e descobri muito sobre meu corpo e mente! 

Não precisa ser necessariamente uma experiencia espiritual a meditação, pois no meu caso me ensinou bastante sobre como funciona minha fisiologia e como é possível, com o controle da mente, suprimir alguns impulsos instintivos do subconsciente.

Elevar o karma ensinando quem precisa

São fornecidas todas as refeições do dia (café da manhã, almoço e jantar) e estas são extremamente bem-feitas, saudáveis e fartas. 

Claro que os ingredientes são os mais básicos, pois esses são provenientes apenas do que os monges coletam nas ‘rondas’ durante o dia, porém, por vezes era possível preparar algo mais elaborado pelo que foi fornecido aos monges também. A base de ingredientes são arroz, legumes e frutas, a equipe do almoço (Lucho e cia) fazem milagres e nos surpreenderam todo dia!

As acomodações são básicas nos moldes Birmaneses: cama com rede de proteção contra mosquitos, banho de balde com água fria e não há Wi-Fi nas áreas comuns (tem na recepção). De forma alguma isso atrapalha a experiência por lá, pois na verdade isso é que torna a experiência mais impactante e real, levando assim a um aprendizado maior.

Elevando o karma

Quanto a água, não há do que se preocupar: existe uma equipe de engenharia na comunidade que fez possível água limpa e encanada para todos os prédios. Durante minhas duas semanas por lá não tive nenhum problema com estômago ou qualquer doença.

Enfim, viver o dia a dia de um monge , interagir e cuidar de diversos pacientes da forma como o pessoal do Thabarwa faz irá com certeza mudar seu modo de ver a vida. Te fará perceber que felicidade não se traduz no que você tem, mas sim no que você faz.

Tenho somente a agradecer por essa experiência e gostaria de convidar a todos que façam esse voluntariado também!

Grande abraço, viajantes! 😊



18d8803b9635dfa1522b170527742ad5

Gustavo

Living my dream of travelling the world! :) After 12 months volunteering in Asia/Oceania, now ...

+ Ver mais

Out 28, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Gustavo saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor