Categorias

Um verão 5 estrelas limpando e arrumando no sul da Espanha

Em 2017 planejei uma viagem pra Espanha que mudou de rumo várias vezes. Primeiro ia morar e estudar, depois virou viagem de férias e por fim decidi que ia seguir morando na Europa por alguns anos como nômade digital, por vários países.


A94de3575f30c71e99546aa33cc4add7

Josane

Two years ago I left Brazil to live around the world. After I've been to Colombia for 6 months, n...

Ago 13, 2018

Parte da frente do El Cortijo de los Caballos

Comecei a buscar oportunidades pela Espanha, onde seria meu primeiro destino, e encontrei o El Cortijo de los Caballos, na cidade de Estepona, que tinha como principal vantagem, na minha opinião, a opção de quarto privado para acomodação. 

1. Rotina na prática

A experiência de cuidar, arrumar e ajudar na limpeza foi bem tranquila. O trabalho era uma média de 20 horas por semana, cerca de quatro horas por dia sempre no turno da manhã, com dois dias livres. Eu mesma era responsável por contabilizar as horas e decidir o melhor dia livre, junto com a dona do lugar.

El Cortijo de los Caballos é um espécie de pousada para eventos de casamento em uma pequena cidade do litoral sul da Espanha, então a dinâmica de hospedagem é um pouco diferente.

Todas as quartas-feiras uma família de convidados sai e outra nova chega para se hospedar e realizar o evento que sempre acontecia no sábado.

Por conta disso, as quartas, sábados e domingos são dias obrigatórios de trabalho com limpeza mais pesada, para deixar os quartos todos prontos para quem chega e também no dia da festa, além do domingo bem cedo, às 7h, quando era preciso limpar o espaço onde rolou o evento

Entre as principais tarefas, eu era responsável por limpar e arrumar os quartos, banheiros e áreas comuns, cuidar do jardim regando as plantas e passar roupa de cama (com máquina industrial própria para isso, então é mais prático de fazer, era a tarefa que mais gostava, ficava lá sozinha, tranquila ouvindo minhas músicas enquanto passava todos os lençóis).

2. Hospedagem cinco estrelas para o voluntário

O espaço, como um todo, é feito de casas e charmosos chalés para o hóspedes e com os voluntários não é diferente. São duas opções de acomodação para voluntários, um pequeno chalé com banheiro e cozinha próprios para morar sozinho e uma casa grande de dois andares e com dois quartos para dividir com outro voluntário.

Eu fiquei nessa casa principal, meu quarto era um luxo só com cama king size, ar condicionado e com um linda vista para piscina e jardim. Cozinha completa com tudo que precisa para cozinhar. Sem dúvida a melhor hospedagem que um Worldpacker pode ter.

3. Hóspedes, staff e anfitrião

A relação com todos era muito boa no geral. Com os hóspedes o contato era mínimo, porque a limpeza era quase sempre quando não estavam.

O staff conta com um cara bem simpático que é uma mistura de gerente geral e faz-tudo que trabalha há anos lá e uma família de ucranianos que também vive por lá.

A dona do lugar é bem simpática e vai apenas algumas vezes na semana para ver como está tudo, sempre ajuda no que for possível e é um pouco exigente com o trabalho, nada mais justo.

4. Benefícios e facilidades na região

A pousada fica em um lugar um pouco isolado, onde há muitas casas de verão, então não é uma área urbana. Supermercados, farmácias, entre outros é possível encontrar caminhando cerca de 20 minutos. Por conta do sol forte do verão recomendo ir mais no fim do dia pra ficar menos sofrido. No primeiro dia em que você chega, a dona sempre te leva de carro para ajudar com a primeira compra.

Para ir a cidades como Marbella, deve andar 20 minutos até a estrada principal e tomar ônibus que leva mais ou menos uns 15 minutos pra chegar lá. Ir à Málaga, maior cidade da região, o ônibus leva cerca de uma hora. Para ambos os destinos sempre dá para pegar carona com a dona ou com o gerente da pousada que vão e voltam para lá quase todos os dias. 

Estrutura do El Cortijo de los caballos

5. Tempo livre

Como eu também trabalho como nômade digital, minhas horas livres são quase sempre para fazer esse meu trabalho principal. No calor do alto verão de lá, meu lazer se resumia em curtir a sombra e água fresca com meu computador, na beira da piscina.

Para quem quer curtir bares e vida noturna, minha dica é comprar comidas e bebidas e fazer a “pool party” em casa mesmo com os outros amigos voluntários, porque sair e voltar à noite para as cidades próximas é um pouco complicado. Vale a pena só se for para passar noite fora e dormir por lá, como fiz algumas vezes para visitar Málaga e Granada. Aí é pagar uma diária em um hostel se quiser economizar.

6. Hablas español?

A principal língua falada lá é o espanhol, a única língua que o staff fala. A dona do lugar é holandesa e também fala inglês.

A maioria dos hóspedes é de ingleses que curtem aproveitar o verão na Espanha (por motivos de UK não tem sol hehe), mas como o contato com eles é mínimo você vai falar pouco em inglês.

O trabalho é basicamente braçal, caso você tenha dificuldade em alguns desses idiomas, não será um problema. Eu já havia morado na Colômbia por seis meses, então foi uma ótima oportunidade para praticar meu espanhol.

7. Dicas para se dar bem

Como deu para perceber, El Cortijo de los Caballos é o típico lugar pra quem está querendo tirar férias no estilo “resort all inclusive”, em que a principal vantagem é o conforto de ficar lá dentro mesmo desfrutando de tudo. Um momento para relaxar e curtir o verão. 

Se sua intenção é uma viagem mais outdoor pra conhecer cidades não recomendo muito.

Por último: leve seu protetor solar!



A94de3575f30c71e99546aa33cc4add7

Josane

Two years ago I left Brazil to live around the world. After I've been to Colombia for 6 months, n...

Ago 13, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar jobeckman saber :-)


Comentários