Uma semana na Bélgica vivendo a cultura local

Em maio tive a minha primeira experiência como Worldpacker em Genk, Bélgica. Eu e minha namorada ficamos por uma semana na casa do Geo e do Jos, cuidando de seu cachorro e jardim. Nesse relato, conto um pouco do nosso dia a dia e o que achamos de ser Worldpacker na Bélgica.


653ae9355fce48b1d8817154b387dcdb

Fernanda

I left Brazil to live everything the world has to offer and give the best of me. I believe that g...

+ Ver mais

Ago 22, 2018

Fernanda fotografando na Bélgica

1. Dia a dia em Genk

As tarefas foram fáceis e bem distribuídas durante nossa estadia. Todos os dias nós fazíamos dois passeios, um pela manhã, geralmente às 8h e outro à noite, por volta de 22h, com o cachorro Nuby.

Tivemos diferentes funções em toda a parte externa da casa a cada dia. O quintal e a fronte da casa tem muitas árvores e por isso há bastante folhas secas caídas no chão. As atividades consistiram em varrer o espaço de convivência de fora da casa, onde há mesas e cadeiras; juntar folhas caídas no jardim e colocar dentro de recipientes de lixo; cuidar da área na frente da casa, garagem e calçada; organizar e limpar parte da garagem. No último dia ajudamos a levar todo o material recolhido durante a semana ao local de recicláveis da cidade.

Geralmente terminávamos as tarefas a tarde e ficávamos livres para sair ou fazer o que quiséssemos até o momento do segundo passeio com o Nuby.

É uma casa grande e bonita. Nós ficamos em um quarto privado muito confortável. Podíamos usar a cozinha sempre que queríamos e também assistir TV na sala. O quintal é bem grande e tomamos sol vários dias.



2. Vantagens de ser um worldpacker na Província de Limburgo

Nossos anfitriões foram muito receptivos conosco. Desde o momento que chegamos em Hasselt, cidade próxima onde eles nos buscaram, até o momento que fomos embora. Eles foram sempre atenciosos em como estávamos nos sentindo durante a estadia.

Embora essa oportunidade seja na Bélgica, não é preciso falar inglês ou holandês, porque um dos anfitriões é brasileiro e o outro é belga e não há com o que se preocupar, porque os dois falam português, o que torna a comunicação muito fácil para quem conhece o idioma.

Nós podíamos usar a lavanderia para lavar nossas roupas e toda a comida foi por conta deles, o que nos ajudou a economizar pois praticamente não gastamos. Nós tivemos café da manhã com muitas opções de comida e bebida todos os dias. O Geo foi cuidadoso conosco e nos preparou lanches muito saborosos. Comemos excelentes pratos típicos da Bélgica, cozidos por eles mesmos, o que deu um gosto super especial.

Durante nossa semana em Genk nossos anfitriões nos levaram para conhecer a cidade de Maastricht, na Holanda. Também fomos para Aachen, na Alemanha, onde fizemos meditação em grupo. É incrível como em apenas uma semana nós estivemos em três diferentes países. Antes de ir embora, visitamos o C-Mine, um centro de cultura onde você encontra cinema, restaurante, exposições gratuitas e uma experiência divertida de labirinto.



3. Localização

A casa fica bem perto de um mercado que é localizado dentro de um shopping. Em três minutos você está lá e ao lado do centro do município, onde há diversos restaurantes e bares. Há uma feira com várias comidas e música ao vivo em um dia da primeira semana do mês. A estação de trem e o terminal de ônibus ficam localizados a uns dez minutos andando.

Em nosso tempo livre nós aproveitamos para conhecer a cidade. Caminhamos por um parque que fica a dois minutos da casa e vimos vários animais, como coelhos, galinhas e bodes. Dentro desse parque também há um lago muito bonito cheio de patos, onde nós sentamos e aproveitamos a vista para relaxar.

Em nosso dia de folga nós fomos a Bruxelas, capital do país. De trem levamos aproximadamente 1h40 para chegar a cidade. A passagem de ida e volta foi bem barata, €12,80 para cada. O Geo e Jos nos indicaram diversos lugares incríveis e nos explicaram como íamos a cada um, o que foi maravilhoso porque assim conseguimos conhecer os principais pontos turísticos e curtimos o dia todo.

Essa foi uma experiência muito boa porque eu vivi uma vida local muito tranquila e aprendi diversas coisas sobre a Bélgica. Comi pratos típicos e conheci os costumes belgas do jeito mais autêntico possível. 

Além disso, foi uma ótima chance de conhecer Bruxelas, que é uma capital lindíssima. Então, se você curte um estilo de vida mais calmo de uma cidade menor e gostaria de aprender mais sobre a cultura belga essa é a oportunidade para você. 



653ae9355fce48b1d8817154b387dcdb

Fernanda

I left Brazil to live everything the world has to offer and give the best of me. I believe that g...

+ Ver mais

Ago 22, 2018


Gostou? Não esqueça de deixar Fernanda saber :-)


Deixe seu comentário aqui

Escreva aqui suas dúvidas e agradecimentos ao autor